Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Covid-19: A sociedade civil esteve presente quando o Estado Social esteve ausente
Hugo Carvalho enalteceu a resposta dada pela sociedade civil em tempos de pandemia.

Hugo Carvalho considera que o nosso valor como sociedade mede-se pela forma como apoiamos os mais frágeis. No entender do social-democrata, o Estado Social não pode ser o apoio de apenas alguns, nem pode ser menos do que a situação exige. Para o deputado, a verdadeira resposta do Estado Social à pandemia da Covid-19 não foi a do PS, mas sim a da melhor característica de uma democracia segura: a sociedade civil. “Foram as horas extra e o trabalho incansável dos profissionais de saúde que nunca poderão ser suficientemente compensados, mas a quem o Governo podia pagar a horas o que deve. Foram as horas extra da polícia e das forças de segurança, dos professores, dos trabalhadores dos resíduos, do setor alimentar, da distribuição e dos transportes que mantiveram um país a funcionar. Foram as pequenas empresas e pequenos comerciantes, a quem o Governo disse para adiantarem os salários dos seus trabalhadores que logo pagaria o apoio. Tendo falhado. Foram os sócios gerentes de pequenos restaurantes, que o Governo e o PS, acham ricos e, portanto, sem direito a usufruir dos seus descontos. Foram as IPSS, que garantem a resposta social de proximidade, a quem o Governo continua a atrasar pagamentos.  Foram os fornecedores a quem o estado continua a não pagar as suas dívidas.”

Em sentido contrário, aponta Hugo Carvalho, o Governo não deu respostas aos trabalhadores a recibos verdes, aos trabalhadores da cultura, aos feirantes e vendedores ambulantes, trabalhadores de ginásios, trabalhadores do turismo, nem aos trabalhadores precários da ciência. “Estas pessoas esperam os pequenos apoios que tanto precisam, ouvem o Ministro das Finanças dizer que lhes está a atrasar os reembolsos do IRS de propósito, enquanto aceleram as transferências de centenas de milhões de euros para o Novo Banco.”

O parlamentar, deixou ainda um sério alerta sobre a situação dos jovens com formação superior, que sempre trabalharam e se esforçaram, e que foram atirados da instabilidade profissional que tinham e que hoje têm de ir pedir comida aos bancos alimentares. “A minha geração é, em democracia, a que pior conhece o conceito de crescimento económico, a que mais adia o futuro, a que mais pode perder rendimentos”, avisou o deputado.

Lembrando que esta é também a geração mais bem qualificada, a que é capaz de se reinventar e que tem que ser aproveitada numa recuperação económica, Hugo Carvalho alerta que se voltarmos a deixar cair esta geração “vamos estar a olhar para um futuro em que as contribuições para a Segurança Social são de salários baixos, em que o talento e as qualificações não abundam e que fazem de Portugal, mais uma vez, um país remediado.”

28-05-2020 Partilhar Recomendar
06-05-2020
Direitos dos alunos não podem ser colocados em causa
    António Cunha deixou uma palavra de apreço para com as escolas, os seus diretores e corpo docente, pois estes têm sido inteligentes e diligentes na resolução dos problemas das escolas.
06-05-2020
“Apoios às empresas devem ser dados a quem precisa, de forma justa e célere”
    Hugo Carvalho considera que Portugal precisa de medidas ágeis direcionadas à capitalização das empresas.
06-05-2020
Banca: não distribuição de dividendos deixa mais verbas disponíveis para o “financiamento da economia real”
    Carlos Silva alerta que os bancos vão ser muito pressionados pelo aumento de malparado ao longo deste e do próximo ano.
06-05-2020
Covid-19: garantir o apoio aos gerentes das empresas é reparar “uma injustiça flagrante”
    Cristóvão Norte afirmou que o PSD não podia compactuar com esta realidade.
05-05-2020
Certificação mais transparente de máscaras de uso social
    O PSD solicitou ao governo a divulgação da lista dos laboratórios reconhecidos pelo Estado para este processo tão importante no momento que estamos a viver.
05-05-2020
Fim de medidas excecionais para reclusos quando terminar a fase de calamidade
    O PSD defende que as medidas excecionais de flexibilização de execução de penas devido à pandemia de covid-19 devem terminar quando o País ultrapassar a situação de calamidade.
30-04-2020
“As autarquias têm estado na linha da frente no combate à pandemia Covid-19”
    Márcia Passos refere que os autarcas "não têm poupado esforços em prol do bem-estar das suas populações."
30-04-2020
Jorge Paulo Oliveira: “a ação dos autarcas portugueses tem sido absolutamente notável”
    O social-democrata destacou o papel do Poder Local na resposta à pandemia Covid-19.
30-04-2020
Governo tem que responder às necessidades reais da economia e das empresas
    Afonso Oliveira frisa que “a resposta do Governo tem que ser muito mais forte, por forma a que não ocorram encerramentos e falências de empresas.”
30-04-2020
Clara Marques Mendes: lay-off simplificado tem demasiada burocracia
    A Vice-Presidente da bancada do PSD afirmou que o lay-off simplificado está a ser "tudo menos simplificado".
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas