Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Governo “enganou os portugueses” ao anunciar que a suspensão da Linha Circular do Metro levaria à perda de fundos
António Ventura: “a vida tem dignidade em qualquer situação”
Numa intervenção de oposição à Eutanásia, o deputado saudou Rui Rio por permitir que cada deputado exprimisse livremente a sua opinião. ler mais >
“Devemos nós, para evitar o nosso sofrimento psicológico, impor um sofrimento físico a quem dele não queira padecer? Penso claramente que não!”
No debate sobre a eutanásia, André Coelho Lima afirmou ser “pelo princípio da não ingerência na vida de cada um de nós”. ler mais >
Sofia Matos: deve-se conferir aos cidadãos a possibilidade de escolher viver ou morrer
Favorável à eutanásia, a deputada alertou que a sua regulamentação não pode significar menor investimento do Estado na rede de cuidados paliativos. ler mais >
Cláudia Bento: “a eutanásia não é um ato médico, é uma violação da ética médica”
A deputada considera que “nunca poderá haver a garantia absoluta que o pedido da eutanásia é verdadeiramente livre e inequívoco”. ler mais >
Agenda
Canal Parlamento
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas
Sistema de distribuição eletrónica dos processos judiciais: PSD chama Ministra da Justiça ao Parlamento
Os deputados querem que a governante preste esclarecimentos sobre a fiabilidade do sistema.
O Grupo Parlamentar do PSD entregou hoje um requerimento para a audição da Ministra da Justiça para prestar esclarecimentos sobre a fiabilidade do sistema de distribuição eletrónica dos processos judiciais, que tem sido posta em causa.

Tal como se lê no documento entregue pelos social-democratas, “a fiabilidade do sistema de distribuição eletrónica dos processos judiciais tem sido, nos últimos tempos e em mais do que uma instância, posta em causa, por alegadamente possibilitar a manipulação dos sorteios dos processos, o que não só é grave, pois põe em causa o respeito pelo princípio do juiz natural, como... ler mais >
PSD quer ouvir Bernardo Alabaça e representantes de museus no parlamento sobre DGPC
Na base do requerimento estão as apreensões manifestadas pelas associações e agentes culturais face à nomeação de Bernardo Alabaça para responsável máximo da DGPC.
O PSD apresentou um requerimento a pedir a audição parlamentar, com caráter de urgência, do recém-nomeado diretor-geral do Património Cultural, Bernardo Alabaça, e dos presidentes do Conselho Internacional de Museus da Europa e da Associação Portuguesa de Museologia.
No requerimento, o Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata solicita a audição do recém-nomeado responsável máximo da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), e dos presidentes do Conselho Internacional de Museus da Europa (ICOM-Europa) e da Associação Portuguesa de Museologia (APOM), Luís Raposo e João Neto, respetivamente.
Em causa estão apreensões manifestadas pelas associações e agentes culturais face à nomeação de Bernardo Alabaça para responsável máximo da DGPC, na passada... ler mais >
PSD chama Ministro do Ensino Superior para explicar tratamento discriminatório dado à Universidade dos Açores em detrimento da Madeira
O PSD quer ouvir o Ministro da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior sobre o anúncio de reforço do financiamento da Universidade dos Açores e eventual discriminação política em relação à Universidade da Madeira.
O Grupo Parlamentar do PSD apresentou um requerimento para ouvir «com caráter de urgência» o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior bem como o Reitor da Universidade da Madeira a propósito do reforço do financiamento da Universidade dos açores.
“Esta diferença de tratamento entre a Universidade dos Açores e a Universidade da Madeira é injustificável e inqualificável”, referiu a deputada social-democrata madeirense Sara Madruga da Costa, acrescentando que “pode inclusivamente ser qualificada como uma inaceitável discriminação política que urge clarificar e sobretudo corrigir”.
Os sociais-democratas querem assim ouvir o ministro e o Reitor da Universidade da Madeira, para obter todos os esclarecimentos necessários e obrigar o Governo da República a... ler mais >