Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Rui Rio: o BES é “o maior crime de colarinho branco em Portugal”
Rui Rio questionou o Primeiro-Ministro no debate quinzenal sobre as ajudas do Estado ao Novo Banco (NB) e que vêm diretamente dos impostos dos portugueses, dinheiro que estará a servir para pagar “calotes empolados” da instituição financeira. “Ao todo, de impostos dos portugueses isto dá mais 2,1 mil milhões de euros para o Novo Banco, que recebeu 3 mil milhões do Fundo de Resolução. (…) Se aos 2,1 somarmos os 4,9 mil milhões de euros que já recebeu, neste momento a fatura de impostos apresentada aos portugueses do Novo Banco é de 7 mil milhões de euros”, contabilizou.

Rui Rio considera que o que se passou com o BES constitui “o maior crime de colarinho branco em Portugal”, “sem que a justiça tenha tido a capacidade julgar e muito menos de punir quem quer que seja”.

Sobre a gestão da atual administração, Rui Rio critica o pagamento de prémios e bónus futuros de 2 milhões de euros aos administradores. “O banco só dá prejuízo. Não se premeiam prejuízos. Os 2 milhões de euros querem premiar a forma eficaz como o conselho de administração do Novo Banco tem conseguido sacar o dinheiro dos impostos dos portugueses”, criticou.

A mais recente tranche, ao abrigo do Fundo de Resolução, de 850 milhões de euros é, segundo o líder do PSD, o culminar de sucessivas operações que merecem ser esclarecidas. Rui Rio citou o ministro das Finanças quando este disse que a transferência mais recente de 850 milhões de euros teria de ser paga mesmo sem a auditoria. “Mas tínhamos de pagar porquê? Nós temos de pagar se for devido, se não for devido não temos de pagar. E depois de 7 mil milhões de euros é bom aferir se é devido. (…) Os portugueses têm, neste momento, uma dúvida: o Governo conferiu a fatura que lhe foi apresentada pelo Novo Banco? (…) “Como é que os balanços do Novo Banco, vistos e revistos, pelo Banco de Portugal auditores e CMVM, todos os anos descobrem novas imparidades?”, questionou.

O líder do PSD lamenta que embora o mercado imobiliário tenha estado em alta e, mesmo assim, o Novo Banco tenha vendido imóveis “a preços mais baixos do que aqueles que estão registados no balanço”.

Rui Rio colocou, nesse sentido, três perguntas precisas ao chefe do Governo: “Tem a certeza de que não há créditos do NB vendidos ao desbarato”, “que não há imóveis vendidos a preços de favor” e “a quem estão a ser vendidos estes créditos e imóveis”?

Numa segunda ronda, o Presidente do PSD interpelou o Governo sobre se está disponível para fornecer ao Parlamento toda a documentação que sustenta as imparidades que o Novo Banco alega e que justificam os 850 milhões de euros que o Estado pagou há quinze dias.

20-05-2020 Partilhar Recomendar
14-02-2020
Alberto Fonseca critica atraso do governo na transposição de diretivas comunitárias
    O deputado sublinhou a importância destas diretivas para a competitividade da nossa economia, área que tem sido esquecida pelo “cativador” Mário Centeno.
14-02-2020
Eduardo Teixeira: onde está a proposta que o PS defendeu para a criação de um Conselho Nacional dos Supervisores?
    O deputado questionou aos socialistas se estão à espera da ida de Mário Centeno para a supervisão.
12-02-2020
PSD aguarda com paciência a indicação do governo para Governador do Banco de Portugal
    Duarte Pacheco recorda que o indigitado terá de ser ouvido no Parlamento.
04-12-2019
PSD pede ao Governo e ao PS que “deixem em paz” a poupança dos portugueses
    Álvaro Almeida frisa que “é o bem-estar e o futuro dos portugueses que está em causa”.
27-11-2019
Rui Rio: “Portugal precisa de menos impostos”
   
20-11-2019
“Foram transferidos 30 mil milhões de euros para offshores nos últimos 3 anos”
    Carlos Silva questionou onde andam agora os “megafones da esquerda parlamentar”.
14-11-2019
Grupo Parlamentar do PSD elegeu Coordenadores e Vice-coordenadores
   
30-10-2019
Cristóvão Norte: “o crescimento económico não é prioridade para este governo”
    A acusação foi deixada pelo deputado no debate do Programa do Governo.
04-07-2019
Governo transpõe diretivas europeias fora de prazo e sem os pareceres das entidades especializadas
    Inês Domingos fala em desrespeito pelo Parlamento.
03-07-2019
Maioria parlamentar trata as matérias relevantes “de forma avulsa”
    Cristóvão Crespo censura a política fiscal do governo e fala numa estratégia “colada com cuspo”.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
04-06-2020 Sessão Plenária
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas