Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Finanças públicas: PSD afirma que Governo não está empenhado na implementação da Lei de Enquadramento Orçamental
O deputado Hugo Carneiro confrontou hoje o Governo com o atraso na implementação da Lei de Enquadramento Orçamental (LEO), aprovada em 2015, mas que continua hoje por aplicar. Em causa está a falta de compromisso e de empenho, acusa o PSD.

“Em causa está a reforma das finanças públicas, não estamos a discutir apenas a aplicação de novas regras contabilísticas na Administração Pública, estamos a falar de uma reforma que é muito mais abrangente” e “estruturante”, defendeu o deputado social-democrata, numa audição do secretário de Estado do Orçamento requerida pelo PSD.

Hugo Carneiro confrontou o governante com um relatório do Tribunal de Contas (TdC) “muito crítico sobre a capacidade do Governo em implementar a LEO”. Designadamente, sublinhou o deputado, aquele tribunal aponta para “atrasos na concretização de determinados objetivos, ausência de calendarização, ausência de coordenação entre entidades, ausência de recursos ou a não utilização dos recursos que estão disponíveis à UniLEO [Unidade de Implementação da Lei de Enquadramento Orçamental] e uma indefinição do quadro legal sobre esta matéria”.

Reconhecendo a complexidade de uma lei como a LEO, Hugo Carneiro lembrou que em 2018 o Governo pediu a prorrogação da sua implementação por dois anos. Agora, diz o deputado social-democrata, não há desculpa para que o Governo continue sem a implementar.

“O que podemos concluir é que existe uma ausência de compromisso do Governo nesta matéria”, considerou Hugo Carneiro, para quem “esta incapacidade executiva tem uma consequência muito prática: ao não concluirmos a reforma das finanças públicas, não estamos a aumentar a transparência na gestão dos dinheiros públicos”.



Principais perguntas colocadas ao Secretário de Estado do Orçamento:

– Qual é o âmbito do Grupo de Trabalho criado pelo Governo para acompanhar esta matéria?

– Como é que o Governo compatibiliza as exigências do TdC, que estabeleceu um prazo até abril para o Governo informar o tribunal das decisões que tenham sido tomadas com vista à implementação da LEO, com o mandato do referido Grupo de Trabalho até maio?

– Quais são as novas calendarizações, projeto a projeto, que o Governo pretende apresentar relativamente à implementação da lei, numa altura em que, segundo o relatório do TdC, há uma série de projetos que já deveriam ter sido iniciados e concluídos e até hoje ainda não o foram?

– Ainda de acordo com o relatório do TdC, porque é que em três anos, só foram gastos sensivelmente 550 mil euros dos cerca dos nove milhões de euros para esse período (e tendo em conta que o custo total desta reforma andará entre os 50 e 60 milhões de euros, segundo o Governo)?

– Porque é que as pessoas à frente da UniLeo não estão dedicadas a 100% a este processo, pondo-se em causa o seu grau de comprometimento quando têm que se dividir por outras tarefas de gestão do Estado?

11-03-2020 Partilhar Recomendar
10-07-2020
Champions League em Portugal: Esperemos que os benefícios ultrapassem as perdas das isenções de impostos que o Governo vai dar
    Lina Lopes questionou ainda se o Governo vai tomar medidas, por forma a assegurar a saúde pública e evitar um surto epidémico.
09-07-2020
Tudo o que contribua para a proteção dos contribuintes é positivo
    António Ventura afirmou que “o PSD considera positivo tudo o que contribua para o caminho da simplificação, de clarificação, da melhor transparência e da proteção dos contribuintes”.
08-07-2020
Mário Centeno não tem “condições para exercer com independência e credibilidade o cargo de governador”
    Duarte Pacheco reafirma que o PSD é contra a nomeação de Mário Centeno para o cargo de governador do Banco de Portugal.
07-07-2020
Regulação do comércio eletrónico: “é necessário adaptar o IVA à era digital”
    Alberto Fonseca considera que é necessário colmatar algumas lacunas legislativas.
30-06-2020
Resgate de PPR sem penalizações: Parlamento aprova proposta do PSD
    A proposta permite o regate sem penalização dos subscritores de Planos de Poupança Reforma até 31 de dezembro.
26-06-2020
Alterações à Lei de Enquadramento Orçamental marcadas pela falta de transparência
    Margarida Balseiro Lopes contestou as alterações introduzidas pelo Governo.
09-06-2020
“Alguém acredita na independência do Banco de Portugal governado pelo Dr. Centeno”
    Duarte Pacheco defende a existência de um “período de nojo” entre o exercício de funções governativas e de governador do Banco de Portugal.
09-06-2020
Duarte Pacheco critica “teatro” do Governo que culmina na saída do ministro das Finanças
    O deputado espera que não venha a ocorrer “uma remodelação premiada à revelia do Parlamento” com a ida de Mário Centeno para governador do Banco de Portugal.
27-05-2020
Atraso nos reembolsos do IRS: Governo deve devolver rapidamente impostos que recebeu a mais
    O PSD considera inaceitável no atual contexto a demora nos reembolsos do IRS para as famílias portuguesas.
20-05-2020
Rui Rio: o BES é “o maior crime de colarinho branco em Portugal”
   
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas