Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Eduardo Teixeira: este é um “Orçamento de ilusão”
O deputado adianta que Portugal precisa de um Orçamento que contemple um efetivo crescimento económico, com mais e melhor retribuição e valorização salarial.
Eduardo Teixeira considera que este é mais um “Orçamento de absoluta continuidade na senda da austeridade”. “Se este é o melhor para o Governo, não o é certamente para os Portugueses. Este não é o Orçamento que os portugueses mereciam, após tantos e tantos anos a pagar de forma multiplicadora impostos que incidem direta e indiretamente sobre o seu trabalho e o seu rendimento”.
No debate do Orçamento do Estado para 2020, o social-democrata afirmou que este Orçamento traz aos portugueses “mais um brutal aumento de impostos, que só nos últimos três anos já vai somando aumentos de 1.740 milhões de euros, sem se conseguir reduzir o peso da despesa pública face ao produto (PIB), e prevê que a nossa dependência externa ainda se acentue mais, com as importações a continuarem a crescer acima do que se elevam as nossas exportações”.
Dirigindo-se ao Ministro das Finanças, Eduardo Teixeira referiu que o sacrifício e o esforço dos portugueses são esmagados por uma brutal carga fiscal, que acumula recordes ano após ano. E além dos portugueses, também a economia vai sofrer com este Orçamento. “Continuaremos a crescer tristemente de forma anémica. Não existem medidas efetivas de apoio e incentivo às pequenas e medias empresas, que consigam contemplar uma economia mais robusta, mais competitiva e preparada para o futuro”.
Depois de lançar a dúvida sobre se este é um Orçamento para executar, ou se como os anteriores não passa de uma “peça fictícia” adulterada pelas cativações, Eduardo Teixeira acusou Centeno de não concretizar o investimento público. “Este modelo cativador é bem demonstrativo de um governo que gere na arbitrariedade, na insensibilidade social, sempre à custa da redução do investimento e dos serviços públicos que se presta aos cidadãos. Falta assim uma errata ao Orçamento que no final avaliaremos aquilo que não será concretizado. Parece a arte da ilusão, prometem, anunciam, orçamentam, aprovam, mas não gastam no que é necessário, e, tristemente, é sempre na redução do investimento que se adia, adia e volta a adiar. E é este o grande segredo, o seu segredo, para o não défice e para o pseudoequilíbrio das contas públicas, com o consequente definhar dos serviços públicos bem à vista de todos nós”.
A terminar, o social-democrata caracterizou este como um “Orçamento de ilusão e fictício”. Em sentido contrário, remata, “o que Portugal precisa é de um Orçamento que contemple um efetivo crescimento económico, com mais e melhor retribuição e valorização salarial, mais poder de compra para os cidadãos, menos impostos e melhores serviços públicos”.

10-01-2020 Partilhar Recomendar
10-01-2020
Orçamento não prepara “o nosso futuro coletivo”, mas projeta um Portugal que anda “a viver de ilusões”
    Rui Rio referiu que o PSD vota contra porque o documento não apresenta qualquer rumo ou estratégia.
10-01-2020
André Coelho Lima defende um tratamento de dignidade para as forças de segurança
    O deputado elencou um conjunto de problemas que afetam estes profissionais, fruto das cativações do governo.
10-01-2020
650 mil portugueses sem médico de família comprovam o falhanço da governação socialista
    Referindo-se às promessas do governo, Rui Cristina lembrou igualmente o novo hospital do Algarve que continua sem sair do papel.
10-01-2020
Governo infligiu uma degradação sem precedentes ao SNS
    Alberto Machado denunciou as consequências das cativações no setor da saúde.
10-01-2020
Ricardo Baptista Leite: “este é um Orçamento que faz mal à saúde”
    O Vice-Presidente da bancada do PSD alerta que os portugueses assistirão, em 2020, à continuação da deterioração do Serviço Nacional de Saúde.
10-01-2020
Orçamento não contempla medidas de promoção do crescimento
    Álvaro Almeida acusou Mário Centeno de estar a comprometer o futuro do país.
10-01-2020
Sofia Matos: será que o governo socialista conhece o país que governa?
    A deputada sinalizou as limitações das medidas orçamentais dirigidas aos jovens.
09-01-2020
Governo deixou os edifícios do Estado abandonados e a ruir quando tínhamos pessoas sem sítio para morar
    Filipa Roseta deixou ainda o alerta em relação à utilização do dinheiro das pensões dos portugueses no mercado imobiliário.
09-01-2020
“Portugal tem hoje um investimento público muito abaixo da média europeia”
    Cristóvão Norte denunciou “os truques e a encenações” do Ministro das Finanças.
09-01-2020
“Orçamento não tem estratégia e não tem futuro”
    Emília Cerqueira registou ainda a “contrição pública” de Catarina Martins.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas