Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Rui Rio: “o melhor Orçamento” para o Governo “é aquele que tem mais carga fiscal”
O Presidente do PSD criticou ainda o facto de o Governo “não apostar nas pequenas e médias empresas” e de ignorar o “reforço da poupança”.
Sublinhado a “falta de sentido estratégico” do Orçamento do Estado para 2020, Rui Rio acusou António Costa de apresentar um Orçamento que aumenta a carga fiscal em 0,2% do PIB. “Isto significa que os portugueses vão pagar mais 434 milhões de euros de impostos”, referiu.
No debate na generalidade do Orçamento do Estado para 2020, o líder do PSD criticou o Primeiro-Ministro por considerar que o seu melhor Orçamento é aquele que contém “maior carga fiscal” e recordou que os socialistas atacaram o brutal aumento de impostos que houve no tempo da troika. Contudo, “de lá para cá os senhores já fizeram mais 5 aumentos de impostos, o que dá um aumento de impostos brutal em cima daquilo que os senhores criticaram”. O resultado está à vista: “a classe média em Portugal anda meio ano a trabalhar para o Estado e só ao fim de meio ano é que começa a trabalhar para si próprio, tal é a carga fiscal que nós em Portugal temos”.
Referindo que se pedia uma inversão de caminho, o social-democrata questionou ao Primeiro-Ministro se considera que em Portugal a carga fiscal está ou não está demasiado alta e se temos ou não de fazer uma efetiva redução de impostos em Portugal.
Insistindo na falta de estratégia do documento, Rui Rio recordou que um dos problemas da economia portuguesa é o elevado endividamento externo. “As exportações cresceram 2,5% e as importações 5,2%. Agravou-se o saldo externo e para este ano prevê-se um crescimento das importações. Temos de apostar nas pequenas e médias empresas e temos de apostar no reforço da poupança para reduzir o endividamento externo”, defendeu o parlamentar, acrescentando que o Orçamento não aposta nas pequenas e médias empresas e não tem nada a pensar na poupança.
Além de críticas sobre a carga fiscal e a falta de rumo estratégico da proposta, o líder da “bancada laranja” questionou ainda António Costa sobre a transparência do documento, voltando a apontar que existe uma discrepância de 590 milhões de euros entre dois quadros do Orçamento sobre o saldo em contabilidade pública.
“O senhor Ministro das Finanças respondeu-me que eu não sabia nada disto. Então eu não sei nada disto, mas é preciso perceber, não onde está o Wally, mas onde estão os 590 milhões de euros?”, perguntou, sugerindo que talvez Mário Centeno até tenha enganado o Primeiro-Ministro.
09-01-2020 Partilhar Recomendar
10-01-2020
Orçamento não prepara “o nosso futuro coletivo”, mas projeta um Portugal que anda “a viver de ilusões”
    Rui Rio referiu que o PSD vota contra porque o documento não apresenta qualquer rumo ou estratégia.
10-01-2020
André Coelho Lima defende um tratamento de dignidade para as forças de segurança
    O deputado elencou um conjunto de problemas que afetam estes profissionais, fruto das cativações do governo.
10-01-2020
650 mil portugueses sem médico de família comprovam o falhanço da governação socialista
    Referindo-se às promessas do governo, Rui Cristina lembrou igualmente o novo hospital do Algarve que continua sem sair do papel.
10-01-2020
Governo infligiu uma degradação sem precedentes ao SNS
    Alberto Machado denunciou as consequências das cativações no setor da saúde.
10-01-2020
Ricardo Baptista Leite: “este é um Orçamento que faz mal à saúde”
    O Vice-Presidente da bancada do PSD alerta que os portugueses assistirão, em 2020, à continuação da deterioração do Serviço Nacional de Saúde.
10-01-2020
Eduardo Teixeira: este é um “Orçamento de ilusão”
    O deputado adianta que Portugal precisa de um Orçamento que contemple um efetivo crescimento económico, com mais e melhor retribuição e valorização salarial.
10-01-2020
Orçamento não contempla medidas de promoção do crescimento
    Álvaro Almeida acusou Mário Centeno de estar a comprometer o futuro do país.
10-01-2020
Sofia Matos: será que o governo socialista conhece o país que governa?
    A deputada sinalizou as limitações das medidas orçamentais dirigidas aos jovens.
09-01-2020
Governo deixou os edifícios do Estado abandonados e a ruir quando tínhamos pessoas sem sítio para morar
    Filipa Roseta deixou ainda o alerta em relação à utilização do dinheiro das pensões dos portugueses no mercado imobiliário.
09-01-2020
“Portugal tem hoje um investimento público muito abaixo da média europeia”
    Cristóvão Norte denunciou “os truques e a encenações” do Ministro das Finanças.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas