Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Para o governo o PCP passou a ser um “zero à esquerda”
Álvaro Batista considera que se trata de uma “desconsideração” por um partido que tem sido “muleta do governo”.
Álvaro Batista entende que António Costa procurou criar uma “crise artificial, um golpe de teatro do governo para não ter de prestar contas aos portugueses”. Segundo o parlamentar, com esta atuação o governante pretende “não prestar contas das promessas por cumprir, pela negação da realidade, pelas faltas à verdade e para não se falar mais da família socialista tão amplamente espalhada pelo governo e pela administração pública”.
De seguida, o social-democrata assinalou que este discurso do executivo é uma “desconsideração pelo PCP” que nos últimos 4 anos foi “muleta do governo”. Adiantando que o PCP deixou de contar para o governo, Álvaro Batista afirmou que apesar do PCP continuar a ser de esquerda, para o governo o PCP passou a ser um “zero à esquerda”.
Enfatizando que a educação não são só professores, mas também estudantes, pais e escolas, Álvaro Batista afirmou que os problemas não se resolveram na escola pública nem desapareceram com esta crise política artificial. “O amianto continua nos telhados das escolas, os precários do ensino secundário continuam a não ser integrados, há escolas em que chove nas salas como na rua. O que temos na educação é isto: esquerda 4 Orçamentos do Estado, estudantes zero”.

08-05-2019 Partilhar Recomendar
10-05-2019
António Costa revelou a sua falta de sentido de Estado e de responsabilidade
    Fernando Negrão sustentou ainda que “confiar ao PS a garantia das boas contas é como confiar à raposa a guarda do galinheiro”.
10-05-2019
Professores: proposta do PSD traduzia um firme compromisso de responsabilidade e de confiança do país para com a educação
    Em sentido contrário, lamenta Margarida Mano, temos um PS que considera “ludibriar as pessoas um talento digno de elogio”.
08-05-2019
Pedro Pimpão: “estamos perante uma crise encenada, uma farsa”
    O deputado acusou o governo de ter instrumentalizado os professores por mero “tacticismo político”.
08-05-2019
“António Costa pretende acabar a Legislatura como a começou: com um golpe parlamentar”
    Adão Silva sublinhou que para o PSD “o equilíbrio das contas públicas é inegociável”.
08-05-2019
“António Costa quis desviar as atenções dos portugueses do que verdadeiramente lhes está a correr mal”
    Germana Rocha fala em “golpe palaciano”.
16-04-2019
Pedro Alves acusa o governo de querer discriminar os professores
    O deputado lembra que o executivo enganou deliberadamente os professores.
16-04-2019
Professores: PSD defende a contabilização integral do tempo de serviço congelado
    Margarida Mano assume que este é o compromisso de governo que os sociais-democratas estão prontos para assumir a partir de outubro.
22-02-2019
Amadeu Albergaria: “o governo cativou a educação”
    O deputado lembrou que Portugal tem a maior carga fiscal de sempre, mas as escolas estão à míngua.
22-02-2019
Os portugueses sentem na pele os efeitos do grave desinvestimento no Serviço Público de Educação
    Segundo Germana Rocha os portugueses estão cansados de ver a execução substituída pela cativação.
22-02-2019
“Também na educação esta foi uma legislatura perdida”
    Pedro Pimpão defende que os portugueses precisam de respostas concretas e não de escapatórias, promessas e anúncios.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas