Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Censos 2021: PSD apela à participação dos portugueses
Fátima Ramos sublinhou a importância deste levantamento como ferramenta para preparar o futuro de Portugal.
O Parlamento apreciou, esta quarta-feira, uma iniciativa que visa autorizar o governo a estabelecer as normas a que devem obedecer o XVI Recenseamento Geral da População e o VI Recenseamento Geral da Habitação, operação designada por Censos 2021.
Em nome do PSD, Fátima Ramos começou por felicitar o executivo pelas melhorias que pretende introduzir neste recenseamento e por agradecer a todas as entidades que se pronunciaram pelos contributos que deram.
De seguida, a parlamentar apelou a todas as pessoas e entidades que vão ser envolvidas nos censos, para que participem e que o façam com o máximo rigor e transparência. “A realização dos censos é de grande importância para o país. O conhecimento rigoroso das características estruturais da sociedade portuguesa é indispensável à tomada de decisão. O conhecimento das características demográficas e socioeconómicas da população é determinante para refletir sobre o que somos, como País, o que queremos, para onde queremos ir. A capacidade de antecipar problemas, detetar oportunidades e desenhar soluções é crucial ter informação rigorosa e de boa qualidade. Por estes motivos o PSD concorda com esta proposta legislativa”.
Contudo, adianta Fátima Ramos, a informação de nada serve, se não for utilizada para corrigir trajetórias. “Estamos perante um processo que envolve autarquias e muitas pessoas, que exige muito esforço de todos, mas cujo esforço será inglório se nos limitarmos a olhar para os dados e a não corrigir o que está errado. E quando olhamos para os dados verificamos que a situação em Portugal não tem evoluído da forma como se esperava quando foi o 25 de abril. Nomeadamente quando vemos a desertificação do interior”.
A terminar, a parlamentar sublinhou a importância de se recolher os dados, mas sobretudo de que o governo olhe para eles e corrija trajetórias quando elas não estão de acordo.
05-12-2018 Partilhar Recomendar
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas