Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD defende uma maior autonomia na contratação de profissionais por parte dos hospitais do SNS
Fátima Ramos rejeitou “o sectarismo ideológico e a visão distorcida da história” de PCP e BE.
O Parlamento apreciou, esta quinta-feira, um conjunto de iniciativas que visam alterar as regras de gestão, funcionamento e contratação das entidades hospitalares do Serviço Nacional de Saúde. Em nome do PSD, Fátima Ramos começou por referir que as iniciativas do Bloco e do PCP “enfermam do radicalismo e da irresponsabilidade habituais nestes partidos. As considerações que fazem, desde logo nas exposições dos motivos, revelam bem o sectarismo ideológico e a visão distorcida da história”.
No que diz respeito à iniciativa do PCP, refere a deputada, que “propõe a receita estatizante habitual: revogação das Parcerias Público-Privadas na saúde e extinção dos hospitais EPE, com a inerente perda de autonomia gestionária daí resultante. Não surpreende, por isso, a hipocrisia política do PCP de se referir a todos os Governos, incluindo o que apoia e suporta, como «os Governos da política de direita»”.
Já o Bloco de Esquerda, adianta a parlamentar, apresenta um projeto a excluir as entidades do SNS do âmbito de aplicação da Lei dos Compromissos. “Dito de outro modo, o Bloco não quer aplicar na saúde uma lei que se destina a combater a acumulação de pagamentos em atraso. Para o Bloco não é grave os hospitais públicos terem 800 milhões de euros de pagamentos em atraso, quase o dobro da dívida existente em 2015. O Bloco esquece que as empresas que fornecem os produtos têm de pagar aos seus trabalhadores e esquece que, se o Estado demora a pagar, essas empresas cobram mais, levam mais caro pelos produtos. Perde o SNS. Perdem as pessoas”.
Em sentido contrário, reconhece a deputada, vai a iniciativa do CDS no sentido de aligeirar a contratação de pessoal. “Passados os difíceis anos da crise, o PSD defende uma maior autonomia na contratação de profissionais por parte dos hospitais do SNS. Mas atenção, essa maior autonomia não quer dizer ausência de controlo e irresponsabilidade financeira. Deve ser enquadrada num planeamento orçamental rigoroso e numa perspetiva desejavelmente plurianual”.
A terminar, Fátima Ramos frisou que o PSD, como partido responsável e reformista, nunca se poderia rever nos princípios e nas soluções legislativas preconizadas por comunistas e bloquistas.

18-10-2018 Partilhar Recomendar
08-02-2019
“Participação dos cidadãos no processo de decisão em saúde é fundamental para se alcançarem decisões justas, equilibradas e transparentes”
    Essa preocupação, adianta Isaura Pedro, está refletida na Lei de Bases da Saúde que o PSD apresentou.
08-02-2019
“Requisição civil decretada simboliza a falência da capacidade negocial de um governo em desespero”
    Ângela Guerra apelou ao governo para que “emende a mão” e deixe de tentar “virar portugueses contra portugueses”.
08-02-2019
Hospital do Senhor do Bonfim é o espelho do “exagero, irresponsabilidade e irracionalidade” da governação socialista
    Simão Ribeiro colocou em evidência “a diferença abissal” entre as promessas socialistas e a realidade.
06-02-2019
“Aguardar 1000 dias por uma consulta é fortalecer o SNS?”
    No debate quinzenal com o Primeiro-Ministro, Fernando Negrão lamentou que António Costa não “sinta vergonha de ter feito parte do governo que deixou o país em bancarrota”.
01-02-2019
Transporte não urgente de doentes: PSD defende um regime justo, equilibrado e que respeite as necessidades dos utentes
    Ana Oliveira teceu críticas às iniciativas apresentadas pelo BE, PEV e PCP.
01-02-2019
PSD apoia a criação de um Registo Nacional de Esclerose Múltipla
    José António Silva elencou as mais-valias da criação deste registo.
31-01-2019
Funções dos Técnicos Auxiliares de Saúde justificam a existência de uma carreira própria
    Miguel Santos afirmou que a reintegração destes profissionais nas carreiras especiais da saúde não pode continuar a ser adiada pelo governo.
31-01-2019
Luís Vales louva esforço que o SNS tem realizado na procura das melhores respostas às necessidades dos doentes oncológicos
    O deputado enalteceu a abnegação e a elevada competência dos profissionais de saúde que se dedicam a esses doentes.
31-01-2019
PSD defende o reforço dos Cuidados Paliativos
    Ricardo Baptista Leite apresentou o Projeto de Resolução do PSD.
31-01-2019
PSD quer que o governo conclua rapidamente o processo negocial da carreira de técnico superior de diagnóstico e terapêutica
    A iniciativa dos sociais-democratas foi apresentada por Ângela Guerra.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas