Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Funcionamento dos mecanismos de investigação criminal em Portugal está em risco
Fernando Negrão acusa Governo de “falta de responsabilidade” no combate ao crime grave

O funcionamento dos mecanismos de investigação criminal em Portugal, à luz do modelo em vigor, põe em causa o combate ao crime mais grave alerta Fernando Negrão em pergunta dirigida ao Ministério da Justiça, entregue recentemente na AR.

De acordo com o actual modelo de investigação criminal, em particular no que se refere à criminalidade organizada e violenta, cabe ao ministério Público (MP) a direcção do inquérito e à Polícia Judiciária (PJ) a decisão da prossecução táctica e técnica das investigações numa arquitectura legal que pressupõe um diálogo entre ambos.

Contudo, o Procurador Geral da República (PGR) afirmou recentemente em entrevista ao semanário Expresso que «existem várias cabeças a pensar e o MP não controla» acrescentando que «este tipo de criminalidade é, por norma, da competência exclusiva da PJ» não desmentindo que «a sua “unidade” só delega a investigação à PSP e à GNR». Para além disso, Pinto Monteiro disse que “a PJ já se recusou a fazer investigações” concluindo que «entregar à PJ um processo para o qual não está motivada e cuja informação partiu de outra polícia é condená-la ao abandono».

Para Fernando Negrão estas revelações põem em causa o funcionamento do actual modelo de investigação criminal acusando Governo de “uma total falta de responsabilidade e de capacidade de antecipar a resolução dos problemas que já minam a própria aplicação do quadro legal vigente”.

31-03-2010 Partilhar Recomendar
03-03-2010
Deputados do PSD exigem que Governo saia do gabinete e confirme degradação do quartel
    Ministro da Administração Interna acaba de considerar como não necessária a construção de um novo quartel da GNR em Oliveira do Bairro. É a resposta a uma Pergunta dirigida pelos deputados do PSD eleitos pelo círculo de Aveiro, após visita realizada àquele Concelho e, concretamente, às instalações daquela força de segurança
24-02-2010
Orçamento da Justiça suscita conjunto de questões pela parte do PSD
    Sociais-democratas questionaram o Ministro sobre o Orçamento e outras questões relativas à Justiça
17-02-2010
Atraso na construção do Centro de Formação da GNR em Portalegre preocupa PSD
    Cristóvão Crespo denunciou os constantes anúncios de membros do Governo sobre início da obra que, até ao momento, ainda não arrancou.
17-02-2010
Hugo Velosa questiona disparidades das verbas do PIDDAC entre Açores e Madeira
    O deputado denuncia a existência de uma grande diferença entre as verbas definidas para as duas Regiões Autónomas sem que existam motivos que o justifiquem
17-02-2010
Bacelar Gouveia preocupado com homejacking na Região do Algarve
    Deputado do PSD questionou o Ministro da Administração Interna durante a discussão do Orçamento do Estado para 2010
17-02-2010
“Verba para a formação dos agentes é insuficiente”
    Luís Montenegro defende que a verba destinada à formação de novos agentes de segurança pública é insuficiente
05-02-2010
Número de efectivos da GNR de Tondela é insuficiente
    Actualmente com 38 guardas, quando deveriam ser 96
28-01-2010
PSD foi a “locomotiva” do combate à corrupção
    Carlos Peixoto afirmou, na Assembleia da República, que “o PSD sempre esteve na linha da frente” deste combate.
03-12-2009
“Amplo consenso” em relação à proposta do PSD
    Aguiar-Branco saúda o anúncio da viabilização da Comissão Eventual de combate à corrupção
Início Anterior
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas