Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“É urgente encontrar soluções para que se possa atenuar ou mesmo inverter a tendência decrescente da natalidade”
Susana Lamas enfatiza que este é um debate que não pode ser mais adiado.
Susana Lamas enfatizou, esta quarta-feira, que para o PSD “o tema da Infância e Natalidade é demasiado sério para ficarmos retidos no passado, sem discutir o presente”. No debate sobre Políticas para a Infância e Natalidade, agendado pelo PSD, a parlamentar lamentou que os socialistas insistam em “reviver o passado”, adiantando que o PSD está “muito mais preocupado com o futuro”.
Recordando que o desafio demográfico é um dos principais desafios que se coloca à sociedade portuguesa, a deputada declarou que se trata de um problema que não se resolve a curto prazo, “mas é urgente encontrar soluções para que se possa atenuar ou mesmo inverter a tendência decrescente da natalidade. Não podemos adiar mais. É o futuro do país que está em causa e a nossa responsabilidade para com os portugueses exige-nos dar uma resposta – e nós, PSD, apresentámos essa resposta. Apresentamos um pacote de medidas que são por todos conhecidas”.
Contudo, adianta a deputada, o PSD não se fica pelas propostas e lança também um desafio: o PSD propõe um amplo debate, construtivo, sem decisões fechadas, em espirito de compromisso, para ser feito um trabalho sério, conjunto, consistente sobre o combate ao declínio demográfico.
No que respeita aos custos, a deputada admitiu que as propostas do PSD têm um impacto, mas lançou a questão: “quanto custa nada fazer? E a esta pergunta nós respondemos: nada fazer custa mais de 100 mil emigrantes por ano. Nada fazer custa crianças sem desenvolvimento cognitivo. Nada fazer custa a não renovação geracional. Nada fazer coloca em causa a sustentabilidade da Segurança Social”.
A terminar, Susana Lamas questionou à bancada do PS se a solução do problema está única e principalmente na captação de 75 mil imigrantes por ano. “É este o instrumento que consideram mais importante para superarmos o deficit demográfico? Captar imigrantes pode ser parte da solução, mas não pode ser nem o único nem o instrumento mais importante. Estão ou não dispostos a contribuir, a participar neste debate mais alargado”, questionou.

27-06-2018 Partilhar Recomendar
27-06-2018
“O Governo parece esquecer a importância de criar condições para que os portugueses jovens não deixem o país”
    Nilza de Sena considera que é crucial inverter o quadro demográfico preocupante que faz de Portugal o 6º país mais velho do mundo.
27-06-2018
Combater o problema demográfico deve ser um “desígnio nacional”
    Germana Rocha lembra que esta questão não se resolve com medidas pontuais, mas sim com reformas estruturais e adequadas.
27-06-2018
“O incentivo à natalidade é a prioridade das prioridades”
    Clara Marques Mendes anunciou que os sociais-democratas vão propor “a criação de uma Comissão Parlamentar Eventual para a análise e discussão de ideias, projetos e propostas para o combate ao declínio demográfico”.
05-06-2018
PSD desafia governo para “largo consenso” em matéria de natalidade
    Fernando Negrão considerou este “o maior problema do país” e lamentou o “vazio completo” de ideias por parte do executivo.
05-05-2016
Ignorar os problemas demográficos seria um erro que custaria muito caro ao país
    Amadeu Albergaria afirmou que as matérias da demografia, natalidade e família dizem respeito ao nosso futuro coletivo.
05-05-2016
“PS continua completamente alheado das políticas de natalidade”
    Clara Marques Mendes lamenta que os socialistas não acordem para o problema grave da demografia.
05-05-2016
Teresa Morais: “o país tem que adotar um verdadeiro plano estratégico de promoção da natalidade”
    A deputada considera que o Governo deve dar prioridade a este tema.
05-05-2016
Supressão do quociente familiar foi uma das maiores injustiças impostas pelo Orçamento de 2016
    Nilza de Sena considera que a revogação desta medida foi um retrocesso.
22-04-2016
Parentalidade: Clara Marques Mendes considera que o tema deve merecer amplo consenso
    A deputada defende que o debate sobre estas políticas deve ir além do âmbito parlamentar.
15-04-2015
Natalidade: PSD defende implementação de uma estratégia nacional que mobilize os portugueses
    Luís Montenegro apresentou as iniciativas dos sociais-democratas.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas