Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Estamos a um mês da época de incêndios e ninguém sabe quais são os meios operacionais disponíveis”
Duarte Marques alerta que, mais uma vez, “está tudo atrasado”.
Feito o debate sobre o Relatório da Comissão Técnica Independente sobre os incêndios, Duarte Marques considera que hoje é o momento de discutir as propostas dos partidos e de concretizar algumas dessas propostas que o governo não tirou do papel.
No entender do social-democrata, esta é também o momento para lembrar e confirmar que o Ministro da Administração Interna, na semana passada, neste mesmo Plenário, “garantiu que estava tudo pronto. Disse que a Diretiva Única estava aprovada, chamou ignorantes a alguns deputados ao dizer que a Diretiva Financeira tinha sido publicada, tentando confundir as pessoas. O senhor Ministro tentou enganar esta câmara e depois chegou a Pedrógão e aí confirmou que a Diretiva Operacional seria aprovada em breve. Confessava a sua primeira fake news. Depois disse outra: que será aprovada no período mais cedo da história”. A este propósito, o social-democrata recordou as datas de aprovação desde 2013, que comprovam que, mais uma vez, o Ministro faltou à verdade, e lembrou que “estamos a um mês da época de incêndios e ninguém sabe quais são os meios operacionais que vão estar disponíveis, porque o governo tem o trabalho atrasado”.
“E o Ministro e o Primeiro-Ministro, em vez de estarem neste debate, a darem a cara pelo governo, depois de estarem praticamente um ano sem pôr os pés na Autoridade Nacional de Proteção Civil, numa manobra de teatro e propaganda, convocam os comandantes distritais para irem, a esta mesma hora, apresentar o dispositivo. Isto é propaganda, devia estar aqui e devia ter lá ido antes. Devia perguntar ao Ministro da Administração Interna porque é que está tudo tão atrasado, mais uma vez”.
O social-democrata deixou ainda o alerta de que a Diretiva Operacional de Meios, a que diz quantos carros e quando homens vão estar disponíveis, já devia estar no terreno. “É com base nelas que as Câmaras Municipais preparam os seus planos de proteção da floresta. O governo tentar dizer às pessoas que está tudo aprovado e, na verdade, é o caos”.

13-04-2018 Partilhar Recomendar
17-03-2010
Contratação de estudos de segurança a entidades privadas gera dúvidas
    Jorge Bacelar Gouveia alerta para a necessidade de imparcialidade e transparência
09-03-2010
Vigilância do posto da GNR de Armação de Pêra por empresa de segurança privada por clarificar
    Jorge Bacelar Gouveia interroga ministro da Administração Interna
03-03-2010
Deputados do PSD exigem que Governo saia do gabinete e confirme degradação do quartel
    Ministro da Administração Interna acaba de considerar como não necessária a construção de um novo quartel da GNR em Oliveira do Bairro. É a resposta a uma Pergunta dirigida pelos deputados do PSD eleitos pelo círculo de Aveiro, após visita realizada àquele Concelho e, concretamente, às instalações daquela força de segurança
17-02-2010
Atraso na construção do Centro de Formação da GNR em Portalegre preocupa PSD
    Cristóvão Crespo denunciou os constantes anúncios de membros do Governo sobre início da obra que, até ao momento, ainda não arrancou.
17-02-2010
Hugo Velosa questiona disparidades das verbas do PIDDAC entre Açores e Madeira
    O deputado denuncia a existência de uma grande diferença entre as verbas definidas para as duas Regiões Autónomas sem que existam motivos que o justifiquem
17-02-2010
Bacelar Gouveia preocupado com homejacking na Região do Algarve
    Deputado do PSD questionou o Ministro da Administração Interna durante a discussão do Orçamento do Estado para 2010
17-02-2010
“Verba para a formação dos agentes é insuficiente”
    Luís Montenegro defende que a verba destinada à formação de novos agentes de segurança pública é insuficiente
05-02-2010
Número de efectivos da GNR de Tondela é insuficiente
    Actualmente com 38 guardas, quando deveriam ser 96
Início Anterior
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas