Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Este governo não tem uma política de educação, mas faz política com a educação”
Amadeu Albergaria lamentou que os alunos não sejam uma prioridade para o Ministro da Educação.
“Na educação o rei vai nu e só a esquerda parece não querer ver. Este governo não tem uma política de educação, mas faz política com a educação. E este debate mostrou que, à cegueira das reversões sob o argumento do «porque sim», seguiu-se agora a cegueira em relação à realidade”. Foram estas as palavras iniciais de Amadeu Albergaria no debate com o Ministro da Educação.
De seguida, o Vice-Presidente da bancada do PSD enfatizou que “os alunos nunca são a prioridade para este Ministro. Se o fossem, não faltariam funcionários nas escolas há 2 anos. Se o fossem, não aconteceria o escandaloso caso de um aluno que ficou sem aulas durante todo um período por ausência de resposta do Ministro. Se o fossem, as escolas não seriam obrigadas a cortar no aquecimento das salas para conseguir pagar as contas no fim do mês. Se os alunos fossem a prioridade não se alterava os regulamentos do desporto escolar impedindo a participação dos alunos. Se os alunos fossem a prioridade não mudava, ao sabor da ocasião e dos humores, a avaliação externa. Se os alunos fossem a prioridade não se enganavam professores”.
Dirigindo-se ao governante, o parlamentar lembrou que “ser prioridade, não é encapotar, encobrir, disfarçar, fazer ações de propaganda ou incitar ao facilitismo para que surjam estatísticas simpáticas”. “Mais de dois anos depois, verifica-se que os alunos que foram sujeitos a provas finais reprovaram menos e tiveram mais sucesso nas provas de avaliação. Há trabalho a fazer? Sem dúvida. Mas não com é atalhos, com facilitismos, que desenvolveremos competências. Ter os alunos como prioridade é, com seriedade e com rigor, trabalhar para garantir que a educação sejam uma ferramenta para que estes possam, no futuro, concretizar os seus projetos de vida. E isso não está a acontecer”.
No que respeita a questões financeiras, Amadeu Albergaria referiu que o Ministro “corta no que não deve, assume mas não cumpre e promete o que não pode. Dizem que o orçamento da educação aumentou, mas então como explicam a quebra do investimento na requalificação e manutenção dos edifícios escolares? Como explicam o atraso nos pagamentos às escolas, às famílias, aos livreiros? Como explicam os atrasos nos concursos para a contratação do pessoal não docente, nos concursos do ensino profissional? Como explicam a falta de condições físicas e materiais para que os professores e técnicos possam trabalhar? Enquanto fazem eloquentes discursos sobre a utilização das novas tecnologias e novas metodologias, nas escolas o parque tecnológico permanece e torna-se cada vez obsoleto. Na Educação os atrasos e dívidas são cronometrados de acordo o ano civil orçamental e nunca com as necessidades dos alunos”.
Face a este cenário, Amadeu Albergaria sentenciou que “na educação o rei vai nu, e só a esquerda não querer ver”.

18-01-2018 Partilhar Recomendar
28-11-2018
Manuais escolares gratuitos: medida não promove a equidade e não promove a igualdade de oportunidades
    Germana Rocha considera que o Estado não pode criar mais injustiças.
27-11-2018
PSD quer corrigir as iniquidades em torno da atribuição dos manuais escolares gratuitos
    Segundo Ana Sofia Bettencourt os sociais-democratas pretendem contribuir para uma maior justiça social.
27-11-2018
Valorização dos professores: PSD quer corrigir as injustiças cometidas pelo governo
    Pedro Pimpão afirmou que urge corrigir a “grave violação” cometida pelo executivo.
26-11-2018
PSD quer que o governo volte às negociações com os professores
    Margarida Mano acusa a esquerda de ter andado a brincar com os professores durante toda a legislatura.
30-10-2018
Margarida Mano: “a educação não foi nem é uma aposta para este governo”
    A deputada considera que, também na área da educação, “o Orçamento é mais uma oportunidade perdida”.
11-10-2018
Governo das esquerdas “defrauda e engana” os profissionais da educação
    Germana Rocha apelou à seriedade, coerência e responsabilidade dos partidos da esquerda.
04-10-2018
Pedro Pimpão: Educação deve ser a aposta principal para o futuro do país
    Contudo, o social-democrata refere que com este governo a comunidade educativa tem enfrentado sérias dificuldades.
03-10-2018
Educação: cenário cor-de-rosa do PS não coincide com a realidade
    Susana Lamas recordou as consequências das cativações no sector.
21-09-2018
Pedro Pimpão defende valorização dos agentes educativos
    Intervenção do social-democrata no debate parlamentar sobre o início do Ano Letivo.
21-09-2018
Educação: sobranceria e irresponsabilidade do governo originam confusão, instabilidade e incerteza
    Margarida Mano elencou alguns dos problemas que enquadram o início deste ano letivo e pediu humildade ao Ministro.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas