Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Alojamento local: tudo faremos para que a esquerda não estrague uma atividade de sucesso
Berta Cabral lembrou que este setor tem contribuído para o crescimento económico, criação de emprego, fixação de pessoas nos seus territórios e para a reabilitação urbana.
“Nos últimos anos, o alojamento local fez surgir milhares de pequenas e microempresas, motivou a reabilitação de centenas ou mesmo milhares de imóveis abandonados, criou dezenas de milhar de empregos, pagou milhões em impostos, e tudo isto sem apoio público, sem benefícios fiscais, sem subsídios do Estado”. Foram estas as palavras iniciais de Berta Cabral no debate de várias iniciativas que visam alterar o regime jurídico da exploração dos estabelecimentos de alojamento local.
Perante as iniciativas da esquerda, a Vice-Presidente da bancada do PSD questionou a estas bancadas o que está por de trás destas iniciativas e “que lobbies se movimentam contra o alojamento local”. “A habitual aversão da esquerda à iniciativa privada é assim tão forte que prefere destruir em vez de construir? Como se explica o desentendimento do Primeiro-Ministro com o seu grupo parlamentar sobre a proposta do PS?”
De seguida, a deputada afirmou que os empresários do setor têm razões para temer pelo seu futuro e pelo futuro das suas famílias porque com as propostas da esquerda em debate neste Parlamento, não há dúvida de que irá imperar a lei dos mais fortes. “Com essas propostas as unidades hoteleiras ganham, os pequenos empresários perdem e o alojamento local ficará reservado exclusivamente para os que têm possibilidade de adquirir prédios inteiros”.
Dirigindo-se à esquerda parlamentar, Berta Cabral garantiu que no PSD “tudo faremos para que não estraguem uma atividade de sucesso que tem sido comprovadamente fator de crescimento económico, de criação de emprego, de fixação de pessoas nos seus territórios e de reabilitação urbana das nossas cidades, vilas e aldeias. O alojamento local promoveu a democratização da atividade turística e o aparecimento de muitas outras atividades conexas por esse país fora”.
A terminar, a deputada declarou que os problemas do arrendamento urbano de longa duração não se resolvem com a repressão do alojamento local, mas com medidas de discriminação positiva e incentivos fiscais orientados para o efeito. “O PSD está disponível para dar o seu contributo na discussão em sede de especialidade, mas não contem connosco para burocratizar nem para destruir um setor que se tem revelado como um dos mais dinâmicos da economia nacional”, rematou.

05-01-2018 Partilhar Recomendar
10-05-2018
Arrendamento: António Costa Silva apresenta propostas do PSD
    O Vice-Presidente da bancada do PSD enfatizou que as propostas “vão no sentido de defender inquilinos e senhorios e fazer com que o mercado do arrendamento funcione plenamente”.
10-05-2018
Esquerda “defende um Estado Mínimo” e entrega aos senhorios as funções do próprio Estado
    Emília Santos afirmou que o PSD defende uma política pública integrada para promover a reabilitação urbana, o arrendamento habitacional e a qualificação dos alojamentos.
08-05-2018
GPPSD promove Audição Pública e Debate. Conheça os Programas e Participe
   
04-05-2018
PSD anuncia medidas para dar "equilíbrio, estabilidade e sensibilidade social" a arrendamento
   
04-05-2018
“A esquerda parlamentar abomina a propriedade privada”
    Jorge Paulo Oliveira criticou a esquerda por querer «expropriar à força» os proprietários.
04-05-2018
PSD apresenta 9 propostas decisivas para defender inquilinos e senhorios
    António Costa Silva frisou que é com essa perspetiva que os sociais-democratas se apresentam a debate.
04-05-2018
Arrendamento: “as políticas públicas não podem ser feitas à custa dos proprietários e dos municípios”
    Emília Cerqueira sublinhou que as políticas públicas de habitação “são uma obrigação do Estado e é o Estado que tem o dever de as custear”.
02-05-2018
Arrendamento: António Costa Silva considera que estamos perante um PREC 2
    O social-democrata assinalou ainda as contradições entre as propostas do governo e do PS.
07-02-2018
Descentralização: também nesta matéria a palavra dada não foi palavra honrada
    Jorge Paulo Oliveira afirmou que o governo do PS está prisioneiro da esquerda mais radical que não quer a descentralização.
05-02-2018
Paulo Neves alerta que propostas do PS e do BE põem em causa a subsistência de unidades de Alojamento Local
    O deputado destacou a importância deste modelo de negócio para a economia da Madeira.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas