Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD desafia António Costa a apresentar Moção de Confiança
A propósito dos incêndios, Hugo Soares criticou a “soberba, displicência e negligência” do Primeiro-ministro e desafiou-o a pedir desculpa aos portugueses.
No primeiro debate quinzenal após os trágicos incêndios de 15 e 16 de outubro, Hugo Soares questionou a António Costa se já está em condições de pedir desculpa aos portugueses.
No início do debate, o líder parlamentar do PSD deixou uma “palavra para os heróis nacionais, que não precisaram de ouvir do governo que tinham de se bastar a si próprios. Os que sabiam no momento que combatiam sozinhos os momentos mais difíceis das suas vidas. Os patrões e os empregados que tentavam salvar as unidades onde trabalhavam, os agricultores que tentavam salvar os seus modos de vida, os pais que fugiam com as crianças, os idosos que estavam abandonados à sua sorte. Todos aqueles que perderam a vida sozinhos e a quem o Estado falhou. A quem o senhor Primeiro-Ministro falhou”. Perante este cenário catastrófico, o social-democrata assumiu a responsabilidade política que lhe cabe e, em nome da bancada do PSD, pediu desculpa aos portugueses.
De seguida, o parlamentar afirmou que o Primeiro-Ministro já devia ter assumido a sua responsabilidade. “Saltava pelos olhos que a responsabilidade do que aconteceu foi do Estado. Que aquelas pessoas a quem o Estado falhou deviam ser reparados nos seus danos pelo Estado”.
Recordando que ainda na passada sexta-feira a esquerda chumbou a iniciativa do PSD para indemnizar as vítimas dos incêndios e que a floresta é a mesma de há cinco anos, o social-democrata foi perentório a frisar que “o que falhou foi o Comando, foi a prevenção, foi o vosso desleixo, foi a Proteção Civil e foi a vossa incompetência”. Face a este cenário, Hugo Soares desafiou António Costa a trazer ao Parlamento uma Moção de Confiança. “O senhor perdeu as eleições legislativas e quis ser o Primeiro-Ministro do Parlamento. O senhor perdeu agora a confiança dos portugueses. O senhor perdeu ontem a confiança do senhor Presidente da República. Por uma vez, seja um estadista e faça aquilo que a responsabilidade política obriga e traga a esta Câmara uma Moção de Confiança para provar ao país que continua a ter o Parlamento consigo”.
Perante a recusa do governante em avançar com uma Moção de Confiança, o líder da “bancada laranja” afirmou que António Costa “perdeu a oportunidade de mostrar que lidera e que tem a confiança do Parlamento. Na verdade, já não está aí a fazer nada, o senhor fazia um favor ao país se apresentasse a sua demissão ao Presidente da República.”
A terminar, Hugo Soares criticou a “soberba, displicência e negligência” de António Costa e comparou o atual governante com o anterior Primeiro-Ministro. “Há uns anos houve um Primeiro-Ministro que disse ao país que se fosse preciso perder eleições para fazer aquilo que os portugueses precisavam de fazer, dizia ele, então «que se lixem as eleições». Quero dizer ao senhor Primeiro-Ministro, sem medo das palavras, que o senhor para se manter no poder diz «que se lixem os portugueses»”.

18-10-2017 Partilhar Recomendar
Hugo Soares questiona o Primeiro-Ministro
Hugo Soares questiona o Primeiro-Ministro
03-11-2017
Nuno Serra quer saber qual o reforço previsto no Orçamento para a floresta e para a prevenção
    O Vice-Presidente da bancada do PSD questionou o Ministro das Finanças sobre esta matéria.
02-11-2017
Desde 2016 que o governo reduz as verbas destinadas à prevenção e combate aos incêndios
    Carlos Abreu Amorim recordou que nem nos anos da troika esse valor foi tão reduzido.
27-10-2017
Nuno Serra frisa que a culpa dos incêndios reside na descoordenação e no combate
    O Vice-Presidente da bancada do PSD afirmou que o relatório da Comissão Técnica Independente comprova essas falhas.
27-10-2017
Pedrógão Grande: “o relatório da Comissão Técnica Independente demonstra que tudo falhou”
    No debate sobre o relatório, Teresa Morais frisou que “o Estado não pode falhar outra vez”.
25-10-2017
Governo incapaz, incompetente e politicamente negligente merece censura
    Luís Montenegro acusou António Costa de reagir a incêndios como “tecnocrata de mediana categoria”.
25-10-2017
O governo reduziu o dispositivo de combate aos incêndios para um nível inaceitável
    Maurício Marques lamentou que o executivo tenha ignorado os vários alertas.
25-10-2017
Incêndios: PSD defende isenção de iva para os bens e serviços dos que contribuem para a reconstrução
    Manuel Frexes requereu ainda para o distrito de Castelo Branco o acesso ao cadastro simplificado e aos fundos europeus.
24-10-2017
Incêndios: governo nada fez para evitar que a tragédia se repetisse
    Pedro Alves quis saber o que levou o Primeiro-Ministro a manter a Ministra da Administração Interna em funções.
24-10-2017
Margarida Balseiro Lopes quer saber por que motivo o governo não prolongou a fase Charlie
    A deputada recordou que o IPMA avisou que o dia 15 de outubro seria o dia mais perigoso do ano.
24-10-2017
Aveiro: governo tentou nomear para segundo comandante operacional distrital um boy socialista
    Amadeu Albergaria afirmou ainda que “o governo socialista, comunista e bloquista abandonou as populações e os meios de socorro à sua sorte”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas