Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Violência doméstica: Ângela Guerra destaca importância da formação das forças de segurança
A deputada recordou que essa foi uma aposta feita pelo anterior governo.
O Parlamento realizou, esta sexta-feira, o debate de uma série de iniciativas sobre o reforço da proteção das vítimas de violência doméstica, propondo, designadamente, que o Governo proceda ao reforço da criação de salas de atendimento nas instalações das forças de segurança, e o reforço do investimento na sua formação especializada. Em nome do PSD, Ângela Guerra começou por frisar que “a qualificação permanente destes profissionais tem sido essencial, promovendo uma atuação mais adequada junto destas vítimas, para que possam confiar no sistema de apoio existente e por forma a revelar esta tipologia de crime que teima em permanecer invisível. Uma melhor capacitação de profissionais nesta área contribui também para a diminuição da vitimação secundária e da revitimação”.
De seguida, a parlamentar recordou que o anterior governo atribuiu no seu Programa notória prioridade à prevenção e combate à violência doméstica e de género, “prioridade que executou com evidência, designadamente, investindo intensamente na formação das forças de segurança, com vista à sua melhor preparação para intervir nesta matéria, com o reforço da Rede Nacional de apoio às vítimas de violência doméstica, com a introdução do acolhimento de emergência, e com a criação de uma Equipa de Análise Retrospetiva de Homicídio em Violência Doméstica”. “Entre 2012 e 2015, e de acordo com a informação reportada pelas próprias forças de segurança, mais de 10 000 elementos da PSP e mais de 13 000 elementos da GNR receberam formação específica, para além das várias dezenas de formadores que foram preparados para continuarem a replicar a formação em sistema de cascata. Foi igualmente promovido um importante estudo avaliativo dos espaços utilizados nos postos (PSP) e esquadras (GNR) para atendimento às vítimas de Violência Doméstica, desenvolvido a nível nacional. É, em nosso entender, evidente a melhoria registada ao longo dos últimos anos, quer, na formação, quer, no atendimento a estas vítimas, a maior parte das vezes em espaços específicos, também eles multiplicados ao longo do tempo, nas esquadras da PSP e nos postos da GNR por todo o país. Resta saber se o atual Governo continua a realizar o mesmo nível de investimento na formação das forças de segurança”.
No entender da deputada do PSD, o contínuo investimento na formação das forças de segurança, com vista à sua melhor preparação para intervir neste domínio tão sensível, é uma prioridade à qual deve ser dada continuidade e, que, desejavelmente, deverá ser reforçada, quer, através de ações de formação das forças de segurança, quer, pela cobertura integral do território nacional com salas específicas de atendimento.
A terminar, Ângela Guerra reforçou a importância do Relatório Anual de Segurança Interna volte a desagregar os homicídios conjugais, algo que deixou de ser feito desde que este governo tomou posse.

10-03-2017 Partilhar Recomendar
09-06-2020
Aristides de Sousa Mendes no Panteão Nacional: Se a família aceitar o PSD apoia
    Fernando Ruas expressou o apoio do dos sociais-democratas.
08-06-2020
Todos os atos ou práticas racistas são condenáveis
    Catarina Rocha Ferreira condenou veementemente todos os atos ou práticas racistas que se fundam em discriminações em função da origem racial.
12-12-2019
Sandra Pereira: “o crime de violência doméstica é um drama social”
    A deputada frisa que estamos permanentemente “interpelados a tomar todas e quaisquer medidas para a sua erradicação”.
14-11-2019
Grupo Parlamentar do PSD elegeu Coordenadores e Vice-coordenadores
   
07-11-2019
“A trabalho igual deverá sempre corresponder remuneração igual”
    Sandra Pereira declara que a disparidade salarial entre homens e mulheres representa uma “desigualdade estrutural inaceitável com que o PSD jamais se conformará”.
07-11-2019
PSD assume a presidência de cinco comissões parlamentares permanentes
    Luís Marques Guedes, António Topa, Firmino Marques, Pedro Roque e Fernando Ruas são os nomes indicados pelos sociais-democratas.
30-10-2019
Sandra Pereira diz que Programa do Governo “é uma completa desilusão” em matéria de violência doméstica
    A deputada refere que o Programa “é curto, vago, impreciso, não estabelece objetivos e não apresenta medidas concretas”.
05-04-2019
PSD favorável à revisão global da linguagem utilizada nas convenções internacionais relevantes em matéria de direitos humanos
    Teresa Leal Coelho recordou que esta iniciativa resulta de uma resolução do PSD e enfatizou que os sociais-democratas pretendem ir mais longe nesta matéria.
15-03-2019
PSD quer que o governo incremente medidas que permitam a melhoria da capacidade de resposta a situações de violência doméstica
    Sandra Pereira apresentou o Projeto de Resolução do PSD.
13-03-2019
Sandra Pereira considera que precisamos de 365 dias de luta contra a Violência Doméstica
    A deputada reiterou o desafiou do PSD para que se encontrem respostas eficazes para as vítimas.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
07-07-2020 Comissões parlamentares
08-07-2020 Sessão Plenária
08-07-2020 Comissões parlamentares
09-07-2020 Sessão Plenária
10-07-2020 Sessão Plenária
14-07-2020 Comissões parlamentares
15-07-2020 Comissões parlamentares
16-07-2020 Comissões parlamentares
17-07-2020 Comissões parlamentares
22-07-2020 Sessão Plenária
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas