Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Miguel Frasquilho: “não podemos desperdiçar o que foi feito”
O social-democrata recordou que começam a surgir os primeiros sinais de recuperação.

“Portugal está em recessão desde o final de 2010, ou seja, já antes do início do programa de ajustamento. É um período de tempo muito longo que tem trazido muitos sacrifícios e muitas agruras aos portugueses”. Foi com este reconhecimento da situação em que o país se encontrava que Miguel Frasquilho iniciou a sua intervenção, esta sexta-feira, no debate sobre o Estado da Nação. Apesar deste historial, o Vice-Presidente da bancada do PSD recordou que têm surgido algumas notícias encorajadoras. “Na área internacional já sabemos que as exportações têm-se mantido dinâmicas, mas também na vertente interna têm surgido notícias encorajadoras. As vendas a retalho mostram dois meses consecutivos de crescimento real, a produção industrial mostra que em maio houve um crescimento de 4,5%, o terceiro maior da União Europeia. No mercado de trabalho os números de desemprego apontam para uma situação menos negativa. A execução orçamental até maio mostra um melhor desempenho das constas públicas e dados positivos para a receita fiscal. Finalmente, a síntese de conjuntura da Universidade Católica prevê um crescimento positivo no segundo trimestre de 2013, o primeiro depois de 10 trimestres de recessão”.

Miguel Frasquilho reconheceu que estes dados são insuficientes, mas lembrou que estes são apenas os primeiros sinais da economia real que podem indiciar que alguma coisa está a mudar. “Os sacrifícios que os portugueses têm passado não foram em vão. Não podemos desperdiçar o que até agora foi feito”, concluiu o social-democrata.

12-07-2013 Partilhar Recomendar
28-07-2020
Governo só respondeu a metade das perguntas dos deputados
    O Governo apenas respondeu a 265 das 461 perguntas que o PSD entregou no Parlamento.
24-07-2020
Rui Rio: políticas do Governo vão determinar “o sucesso da recuperação do País”
   
24-07-2020
Estado da Nação: PSD defende mais transparência e apoios para as regiões autónomas
    Luís Leite Ramos, Paulo Moniz e Sara Madruga da Costa questionaram o Primeiro-Ministro.
24-07-2020
Verba das multas dos passageiros sem testes à Covid deve ser canalizada para o SNS
    Ricardo Baptista Leite afirma que o dinheiro deve ser canalizado para a criação das 400 camas de cuidados intensivos que o Governo prometeu para o inverno e que continuam sem aparecer.
24-07-2020
Debate do Estado da Nação: Rui Rio teme “asneiras do passado” e “rendas garantidas” no hidrogénio
    O Presidente do PSD questionou o Primeiro-Ministro sobre a política energética, nomeadamente o projeto da produção de hidrogénio em Portugal.
22-11-2019
Rui Rio e Pinto Balsemão eleitos para o Conselho de Estado
   
21-11-2019
Transição Digital: governo deve estabelecer metas e prazos
    Filipa Roseta apelou à “coragem política” do executivo para “firmar, cumprir e estabelecer metas e prazos”.
14-11-2019
Grupo Parlamentar do PSD elegeu Coordenadores e Vice-coordenadores
   
10-07-2019
António Costa governa em permanente modo de “reality-show”
    Fernando Negrão acusou o Primeiro-Ministro de falar de um “país virtual”, “para a fotografia”, “pintado de cor-de-rosa”, em que o Governo “fez tudo bem”, mas que é desmentido diariamente pela realidade.
10-07-2019
“O Primeiro-Ministro falhou na proteção da saúde dos portugueses”
    Ricardo Baptista Leite enumerou um conjunto de promessas que António Costa fez e não cumpriu.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
25-09-2020 Sessão Plenária
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas