Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Paulo Cavaleiro: “esta Lei é uma oportunidade muito grande para a juventude”
Em causa a Lei que regula os Conselhos Municipais de Juventude.

Paulo Cavaleiro apresentou, esta quarta-feira, o Projecto de Lei conjunto do PSD, PS e CDS-PP que visa alterar o regime jurídico dos Conselho Municipais de Juventude. O social-democrata começou por declarar que “a promoção da participação cívica dos jovens na vida pública deve ser um objectivo central das democracias modernas”.

Segundo o parlamentar são conhecidas as críticas de várias entidades relativamente às soluções previstas no actual regime jurídico, que impedem o melhor funcionamento e eficácia dos conselhos municipais de juventude em diversos municípios, atendendo às características sócio-demográficas e cívicas distintas. Com o objectivo de alterar esta situação, por proposta do PSD criou-se um Grupo de Trabalho para analisar o “nível insuficiente da implementação da Lei n.º 8/2009 e o número ainda significativo de municípios que ainda não adoptaram um conselho municipal de juventude nos exactos termos previstos naquela Lei”, bem como “estudar as eventuais dificuldades e obstáculos à aplicação da Lei n.º 8/2009 que possam estar a ser criados pelo modelo actual” e “apresentar recomendações”. Grupo esse, que segundo o deputado, não contou com a presença de deputados do BE, PCP E PEV por decisão própria.

Paulo Cavaleiro lembrou que as diversas entidades auscultadas estão de acordo quanto à importância da existência da actual lei para regular o funcionamento deste órgão consultivo, reconhecem que as associações juvenis são uma mais-valia para os Municípios, mas entendem que algumas normas regulamentadas no actual regime jurídico devem ser alteradas, no sentido de melhorar e agilizar o modelo funcional dos CMJ.

“Este foi um processo ponderado e amplamente discutido pelos diversos intervenientes. O BE não participou em nenhum momento neste processo e não apresentou nenhuma proposta esteve igual a si mesmo e igual ao seu comportamento com a troika. Os jovens de certeza que também não apreciaram positivamente, esta atitude, assim como não o fizeram nas ultimas eleições. O PCP não participou no grupo de trabalho, porque as suas ideias fixas são sempre as melhores, o povo é que ao longo de mais de 30 anos não acha isso. Os mais jovens do PCP podiam ter dado aqui um bom exemplo e que se pede às futuras gerações, fazer diferente, mudar a cassete”.

Paulo Cavaleiro concluiu a sua intervenção afirmando que “é precisa mais disponibilidade e procura de consenso. Esta é uma posição onde se perdem algumas coisas, mas sobretudo ganham os portugueses. Este é um processo, que temos de continuar acompanhar para garantir que se atingiu o objectivo, maior participação dos jovens na vida da sua terra. Esta Lei é uma oportunidade mas também uma responsabilidade muito grande para a juventude, estou certo que não a vão perder”.

19-10-2011 Partilhar Recomendar
02-07-2019
PSD propõe a criação de uma Comissão para preparar o Futuro
    Margarida Mano lembrou que os deputados estão no Parlamento “para servir o Presente e preparar o Futuro”.
07-06-2019
Revogação da acreditação do laboratório antidopagem foi um “desprestígio para o desporto nacional”
    Pedro Pimpão lamentou a demora do governo na alteração à Lei Antidopagem no Desporto.
14-05-2019
Voto aos 16 anos: proposta é ineficaz e não passa de uma mera ação populista do PAN
    Laura Magalhães entende que “lançar uma revisão constitucional a menos de 5 meses das eleições legislativas não é a forma séria de debater este problema”.
14-05-2019
Joana Barata Lopes acusa o PAN de “instrumentalizar os jovens”
    A deputada considerou “uma farsa política” a iniciativa do PAN para alterar a idade mínima de voto para os 16 anos.
09-05-2019
“Portugal tem hoje a maior carga fiscal de sempre, mas também a despesa fiscal nos máximos de sempre”
    Leonel Costa alerta que com a geringonça o montante de benefícios e isenções fiscais atingiu os 12 mil milhões de euros.
18-01-2019
Reconhecimento das edições do Campeonato de Portugal realizadas entre 1922 e 1938 compete à Federação Portuguesa de Futebol
    No debate de uma Petição nesse sentido, Joel Sá recordou que a FPF procedeu à constituição de uma Comissão de Análise para avaliar esta situação.
04-01-2019
Pedro Pimpão defende ecletismo do desporto português e um combate firme ao racismo e violência no desporto
    O deputado lamentou o atraso do governo na alteração ao regime jurídico do combate à violência, ao racismo, à xenofobia e à intolerância nos espetáculos desportivos.
13-12-2018
“PSD propõe a criação do regime jurídico do arrendamento urbano para efeitos de qualificação, educação e formação”
    Margarida Balseiro Lopes considera que esta é a resposta aos mais de 70 mil alunos deslocados que não conseguem ter vagas em residências.
05-12-2018
“O governo considera a auscultação dos parceiros do sistema desportivo uma mera formalidade”
    Leonel Costa lamenta que o governo se mostre indiferente aos reais interesses dos agentes desportivos.
24-10-2018
Margarida Balseiro Lopes lamenta demora do governo em legislar sobre o regime jurídico do associativismo jovem
    A deputada frisou que “o tempo arrastou-se e o processo tornou-se um embaraço político para o governo”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas