Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Carla Barros chumba o desempenho da política do Instituto da Droga e da Toxicodependencia
Social-democrata não compreende o estado a que chegou este Instituto Público.

Carla Barros não compreende o estado em que se encontra o Instituto da Droga e da Toxicodependencia. Segundo a deputada "não foi neste estado que o PSD deixou o IDT, IP em 2005". Muito custa transmitir aos portugueses que este governo socialista abandonou completamente as temáticas da droga e da toxicodependência. "Estamos perante um organismo que esgota os seus recursos na gestão da sua própria estrutura interna, ficando, assim, incapaz para se focar no indivíduo e nas rápidas e mutantes respostas que a sociedade exige", afirmou.

Em reunião de Comissão Parlamentar com a Ministra da Saúde, Carla Barros disse que "os portugueses defrontam-se perante um IDT, IP eminentemente burocrático onde o fluxo comunicacional entre os vários níveis orgânicos (Delegações Regionais; Centros de Respostas Integradas; e Equipas de Tratamento), é difícil ou inexistente". Para a social-democrata, "estes factos foram comprovados pelo PSD 'in loco' durante a visita da Comissão de Saúde ao distrito de Coimbra". "Acresce a esta realidade, recursos humanos desmotivados que acabam por abandonar o instituto, uns pela ausência de políticas estratégicas, outros pelo desinvestimento deste governo no tratamento. A formação interna e externa dos vários intervenientes da toxicodependência é inexistente. A política de prevenção primária/universal foi completamente abandonada, optando-se única e exclusivamente na prevenção selectiva", disse.

Para Carla Barros, "o panorama traçado é um panorama geral. "Mas se, especificamente, analisarmos a prevenção, o tratamento e a reinserção muito haveria a apontar", considerou.

Ainda no decurso da reunião com a presença da Ministra da Saúde, Carla Barros questionou o Governo sobre as seguintes questões:

"Quais as razões que levam este governo socialista a não apresentar o Plano de Nacional de Combate ao Alcoolismo? Os portugueses esperam um programa com o horizonte 2010-2012, estamos a meados de 2010 e nada se conhece. Este atraso é incompreensível.

Entre 2007 e 2009 decorreu o Programa de Intervenção Focalizada (PIF), onde está o resultado deste trabalho? Que avaliação temos? Tivemos 23 projectos considerados de “topo” nos quais gastamos milhões e os portugueses não conhecem a avaliação destes gastos.

Queremos respostas firmes, claras e objectivas às perguntas dos Portugueses".

25-05-2010 Partilhar Recomendar
17-09-2020
PSD pretende reverter encerramento do serviço de consulta aberta do Hospital de Cantanhede
   
17-09-2020
PS chumba criação de uma subcomissão parlamentar para acompanhar a situação nos lares. PSD salienta que são necessárias novas soluções
   
10-09-2020
“Está ao nosso alcance manter o país aberto e a economia a funcionar”
   
24-07-2020
Agrupamento de Centros de Saúde de Santo Tirso/Trofa estão sem diretor executivo e sem presidente do conselho clínico
    Os parlamentares do PSD pretendem saber os motivos desta situação que afeta 115 mil utentes.
07-07-2020
Requalificação do “Pavilhão 5” do hospital da Guarda “é absolutamente crucial” para instalar o Departamento da Saúde da Criança e da Mulher
    O PSD considera “inaceitável que, quase cinco anos depois de o PS ter assumido responsabilidades governativas”, esta requalificação continue por concretizar.
02-07-2020
Deputados do PSD contestam “degradação do serviço de urgência do Hospital de Braga”
    Os sociais-democratas sublinham que “a ausência do serviço noturno de ultrassonografia é de extrema gravidade e mesmo perigosa.
26-06-2020
O acesso dos portugueses à saúde é uma “Via Sacra”
    António Maló de Abreu recordou que os atrasos no setor já se vinham a agravar antes da pandemia.
24-06-2020
Covid-19: diabéticos e hipertensos com direito a faltas justificadas, Parlamento aprova proposta do PSD
    Esta é uma medida que visa proteger dois grupos de risco no contexto de pandemia sanitária.
18-06-2020
Governo não reúne com os sindicados dos enfermeiros desde novembro
    Jorge Paulo Oliveira frisa que está na hora do Governo corrigir as injustiças que criou.
18-06-2020
PSD dirige uma palavra de enorme apreço e gratidão a todos os enfermeiros portugueses
    Carla Barros recorda que o PSD recomendou ao Governo que tome medidas de reconhecimento a todos os profissionais do SNS envolvidos no combate à pandemia.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
01-10-2020 Sessão Plenária
02-10-2020 Sessão Plenária
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas