Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Parlamento aprova projeto de lei do PSD para alargar “lay-off” aos sócios-gerentes

O Parlamento aprovou, esta quinta-feira, na generalidade, um projeto de lei do PSD para alargar o “lay-off” simplificado aos sócios-gerentes de micro e pequenas empresas. Atualmente, aplicava-se apenas a trabalhadores das empresas.

Em concreto, o diploma do PSD dispõe que as medidas excecionais do regime de “lay-off” se aplicam também, “com as necessárias adaptações, aos gerentes das micro e pequenas empresas, tenham ou não participação no capital da empresa, bem como aos membros de órgãos estatutários de fundações, associações ou cooperativas com funções equivalentes àqueles, que estejam exclusivamente abrangidos, nessa qualidade, pelos regimes de segurança social”.

Até agora, essa ajuda estava destinada apenas aos sócios-gerentes sem trabalhadores dependentes e com até 60 mil euros de faturação anual, mas, esta quinta-feira, o Governo aprovara em Conselho de Ministros a sua extensão aos sócios-gerentes com trabalhadores, fixando como único critério ter um volume da faturação anual não superior a 80 mil euros.

No dia 6 de abril, através do Conselho Estratégico Nacional, Rui Rio defendia a criação de um mecanismo de apoio aos sócios-gerentes das PME que entrassem em “lay-off”. Tratava-se de uma proposta de elementar justiça, relativamente a trabalhadores que, por terem uma participação no capital social das empresas, não têm qualquer apoio social nesta circunstância.

O projeto de lei social-democrata mereceu os votos a favor do PSD, CDS-PP, Chega, Iniciativa Liberal, PAN, PEV e Bloco de Esquerda. O PS foi o único a votar contra e o PCP a abster-se.

08-05-2020 Partilhar Recomendar
23-07-2020
Adão Silva: função do PSD é estar ao “serviço dos portugueses”
    O Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do PSD considera que "é preciso encontrar soluções no âmbito económico, no âmbito social, no âmbito político para que rapidamente Portugal reencontre os horizontes de esperança e de confiança".
17-07-2020
Covid-19: PSD defende reuniões epidemiológicas quinzenais no Parlamento, PS e PCP recusam
    Na votação, que decorreu esta quarta-feira na Comissão de Saúde, PS e PCP votaram contra a proposta apresentada pelos sociais-democratas.
13-07-2020
Covid-19: PSD defende reuniões epidemiológicas quinzenais e transmitidas pelo Canal Parlamento
    O PSD considera que é necessário “adotar, na nova fase que se avizinha, um novo modelo” que dê privilégio à “função parlamentar na defesa da saúde pública”.
19-06-2020
Voto de pesar pelo falecimento do primeiro profissional de Saúde vítima da COVID-19 em Portugal
    Os sociais-democratas entendem que o falecimento deste profissional de saúde evidencia o "enorme risco a que estão sujeitos os nossos profissionais de saúde".
04-06-2020
PSD apoia a criação de uma Comissão Eventual para acompanhar medidas de resposta à crise provocada pela pandemia
    Fernando Negrão declarou o apoio do PSD à criação desta Comissão Eventual.
03-06-2020
Adão Silva: “Tem 70 membros no Governo e encomenda o trabalho a um privado”
   
28-05-2020
Covid-19: A sociedade civil esteve presente quando o Estado Social esteve ausente
    Hugo Carvalho enalteceu a resposta dada pela sociedade civil em tempos de pandemia.
28-05-2020
Covid-19: Setores da Saúde, Segurança Social e Educação necessitam de uma maior atenção por parte do governo
    Rui Cristina, Ofélia Ramos, Lina Lopes e Firmino Marques confrontaram o Governo com as preocupações do PSD.
21-05-2020
É necessário corrigir os desequilíbrios criados com o regime excecional para o pagamento de renda
    Márcia Passos enfatizou que os sociais-democratas pretendem que as relações entre senhorios e arrendatários sejam claras.
21-05-2020
“Governo ocupou o espaço mediático com questões menores, esquecendo que há muitos portugueses a passar dificuldades”
    André Coelho Lima considera que o período de Estado de Emergência ficou marcado por um conjunto de matérias em que “o Governo não andou bem”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas