Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Portugal deve encarar a Cooperação Estruturada Permanente como uma grande oportunidade
Carlos Eduardo Reis afirma que Portugal pode e deve encarar isto como uma grande oportunidade.
Carlos Eduardo Reis entende que as Forças Armadas do século XXI não podem ser apenas o garante da integridade territorial ou da soberania nacional, têm de ser um agente ativo na promoção da segurança internacional e da proteção dos cidadãos em tempo de paz.
No debate sobre a participação de Portugal na Cooperação Estruturada Permanente, o deputado afirmou que esta Cooperação “é uma resposta aos desafios globais e pode, se cumprida, ser uma solução global, contribuindo mesmo para reforçar o chamado pilar europeu da organização.”
Para o social-democrata, Portugal pode e deve encarar isto como uma grande oportunidade e o Mar, com a nossa vocação atlântica, a Lusofonia como relação preferencial, e a potenciação da nossa indústria através do Fundo Europeu de Defesa, são boas áreas de aposta.
“Um país que esteve na criação da NATO não pode ficar na cauda da Cooperação Estruturada Permanente. Os novos riscos são invisíveis: o facto de não terem rosto exigem respostas globais e integradas por parte dos agentes do Estado, mas requerem uma intensificação da educação dos cidadãos para estes riscos que geram insegurança, nomeadamente a digital.”
Carlos Eduardo Reis defende que se deve trabalhar na prevenção ou mitigação dos seus efeitos, no que à segurança dos cidadãos e dos seus bens diz respeito, afirmando o deputado que se cumprir estes desígnios “a Europa vai liderar a agenda da educação para o risco.”
Carlos Eduardo Reis frisa ainda que a Cooperação Estrutura Permanente é um desafio e uma oportunidade demasiado grande “para Portugal prescindir de criar condições para estar na primeira linha da defesa e segurança.”

11-03-2020 Partilhar Recomendar
11-04-2019
Pedro Roque alerta para efeitos negativos para a instituição militar resultantes de um sistema de avaliação desadequado
    O alerta foi deixado no debate de uma Petição da Associação Nacional de Sargentos.
20-03-2019
Rui Silva: preservação da soberania nacional é intocável
    O deputado alertou ainda para o efeito das cativações no setor da Defesa.
13-03-2019
Com a privatização dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo a Empordef passou a dar lucro
    Leonel Costa recordou que as receitas da Empordef eram canalizadas para tapar os prejuízos dos Estaleiros.
15-02-2019
Bruno Vitorino contesta morosidade do processo de atribuição de pensões de preço de sangue
    O deputado considera que “é inaceitável e imoral a demora e burocracia associadas a situações tão sensíveis como esta”.
07-02-2019
PSD evoca memória dos membros do Congresso da República Portuguesa mortos na Grande Guerra
    Conceição Bessa Ruão declarou o apoio do PSD à iniciativa que visa consagrar a memória de João Francisco de Sousa, José Afonso Palla e José Botelho de Carvalho Araújo.
23-01-2019
PSD disponível para contribuir para a construção de um consenso alargado nas matérias relativas à Defesa Nacional
    José de Matos Correia afirmou que, contrariamente ao que o PS fez no passado, os sociais-democratas atuarão com coerência e responsabilidade.
23-01-2019
Lei de Programação Militar: PSD questiona o Ministro sobre duplo uso dos equipamentos a adquirir
    Marco António Costa quis saber quais são esses equipamentos, qual o seu custo e qual a sua dupla utilização.
19-12-2018
Rui Silva: “tratar, cuidar, amparar e curar os nossos militares é um imperativo nacional”
    O deputado manifestou o apoio do PSD à reafetação dos Hospitais Militar Principal e de Belém aos serviços de retaguarda do Hospital das Forças Armadas.
26-10-2018
“PCP é conivente com as políticas que têm destruído as Forças Armadas”
    Bruno Vitorino frisa que a Polícia Marítima precisa de mais operacionais, mais meios e de modernos equipamentos.
24-10-2018
Tancos: “é preciso apurar politicamente tudo, doa a quem doer”
    Carlos Peixoto realça a gravidade do caso e enumerou algumas das questões que o PSD quer ver esclarecidas na Comissão de Inquérito.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas