Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Violência no desporto: PSD acusa o Governo de inação
André Coelho Lima confrontou o Governo com a falta de atuação na prevenção e no combate aos fenómenos de violência no desporto.
André Coelho Lima confrontou hoje o Governo com a falta de atuação na prevenção e no combate aos fenómenos de violência no desporto, a propósito do caso Marega.

Confrontando o ministro da Administração Interna numa audição na Comissão da especialidade, o deputado social-democrata lembrou que semanas antes do episódio com o jogador Marega no estádio de Guimarães, houve uma situação idêntica num outro jogo e num outro estádio que não mereceu qualquer intervenção por parte do Governo.

“A mediatização, neste caso, acontece por força da intervenção do atleta. A partir daqui tudo sucedeu, o que não teria acontecido sem a intervenção do atleta. Este é o ponto que nos tem que fazer refletir”, sublinhou o também vice-presidente do PSD, que ironizou: “Se tivéssemos de dar um resultado a este episódio era Marega 1 – Governo 0, porque o Marega intervém e depois tudo vem a seguir. Sem o Marega intervir, provavelmente nós não estaríamos aqui.”

O caso de Marega, acrescentou, é muito importante do ponto de vista pedagógico e educativo, “mas também é muito importante não cairmos no erro de surfar a onda da mediatização e esquecermo-nos no momento imediatamente a seguir.”

Para o deputado do PSD o problema não está na falta de leis nem de estratégia pública para a prevenção e o combate da violência no desporto, mas sim na falta de atuação. “Nós não estamos a questionar a existência de estratégia pública, estamos a questionar a falta de ação pública para cumprimento dessa mesma estratégia que consensualmente está adequada” a este tipo de fenómenos.

O social-democrata lembrou ainda que a violência não se manifesta apenas entre os adeptos, mas que esta é também fomentada “pelos dirigentes, pelos jornais desportivos, pelo fenómeno desportivo no seu todo que leva a uma consagração de uma espécie de regime paralelo” no desporto. “A violência gera a violência”, disse.

Eis algumas perguntas com que o PSD confrontou o Governo:

  • É verdadeira a notícia de que haveria uma equipa da PSP em vigia de adeptos em Guimarães e em Braga? Se sim, porquê?
  • O Governo consegue garantir que existem e estão disponíveis todos os meios necessários para identificar todos os infratores para este tipo de crime e de contraordenação?
  • Quais os planos de intervenção aos vários níveis – da dissuasão, da prevenção, da profilaxia, da atuação, da repressão – que o Governo e a Autoridade para a Prevenção e o Combate à Violência no Desporto têm previstos para atacar, reprimir e prevenir os fenómenos dos chamados comportamentos coletivos, como o racismo e a violência?
04-03-2020 Partilhar Recomendar
06-07-2020
Bombeiros envolvidos no combate aos incêndios rurais não receberam pagamento de junho
    Para o PSD, “esta situação é lamentável, uma verdadeira vergonha para o país e um tremendo desrespeito pelos homens e mulheres que arriscam a própria vida para proteger os seus concidadãos”.
02-07-2020
“O PSD está na defesa absolutamente intransigente das nossas forças de segurança e forças policiais”
    André Coelho Lima recusa uma diminuição dos efetivos das forças e serviços de segurança.
02-07-2020
Governo respondeu ao desembarque de emigrantes ilegais com “incapacidade e incompetência”
    André Neves entende que estes casos passam aos nossos parceiros a imagem de Portugal não consegue lidar com este problema.
02-07-2020
PSD enaltece papel das forças de segurança durante a pandemia
    Sara Madruga da Costa afirmou ainda que, tal como os profissionais de saúde, as forças de segurança têm e tiveram um papel muito importante no Estado de Emergência e no Estado de Calamidade.
02-07-2020
Populações do Interior sentem-se inseguras e desprotegidas
    Duarte Marques afirma que este sentimento é consequência da cada vez menor presença de efetivos das forças de segurança.
26-06-2020
Dívidas do Governo aos bombeiros podem fazer perigar a capacidade operacional das corporações
    Cancela Moura apelou ao Governo para que pague os 30 milhões euros que deve aos bombeiros.
23-06-2020
Voos da Sevenair: Finanças atrasam pagamentos aos agentes da GNR que prestam serviço nos aeródromos
    Para o PSD, é “inaceitável que estes serviços gratificados em aeródromos estejam com um atraso de 18 meses”.
04-06-2020
Governo voltou a tributar as compensações e subsídios auferidos pelos bombeiros voluntários
    Jorge Paulo Oliveira recorda que a isenção, criada em 2013 pelo PSD, foi retirada em 2017 pelos socialistas.
26-05-2020
Faltam meios aéreos no combate a incêndios pelo quarto ano consecutivo
    O PSD acusa o Governo de não colocar à disposição das populações os meios aéreos necessários de combate a incêndios nos distritos de Braga, Portalegre, Setúbal e Beja.
18-05-2020
Condições das forças de segurança, PSD quer ouvir os responsáveis da PSP e GNR
    O PSD considera que este é o momento para se fazer uma análise e um balanço acerca das condições que foram e são proporcionadas às forças de segurança para exercerem cabalmente as suas funções.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas