Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Costalândia” ou “Centenolândia”: Duarte Pacheco diz que Governo apresentou país imaginário
O deputado confrontou o Primeiro-Ministro com o retrato do país real que sofre com o aumento da carga fiscal.
Duarte Pacheco acusou António Costa de se apresentar no debate do Orçamento a falar de um país imaginário que o social-democrata não sabe se chama de “Costalândia ou Centenolândia”.
No debate na generalidade do Orçamento do Estado para 2020, o parlamentar frisou que Portugal tem “um Orçamento que aumenta 15 impostos, que cria novas contribuições, que atualiza o IRS abaixo da inflação, mas o governo acha que todos estes impostos são pagos pelos extraterrestres e, por isso, a carga fiscal não aumenta. Este país imaginário é aquele em que 590 milhões de euros da despesa desaparecem e o Primeiro-Ministro não tem qualquer explicação, provando a falta de rigor da peça orçamental que apresenta aos portugueses”.
Adianta o parlamentar que esse país imaginário é aquele em que o Primeiro-Ministro faz referência “que o país vai ser inundado de investimento público, quando constatamos que aquilo que é apresentado é um valor igual em percentagem do PIB ao que apresentou no ano passado e que não executou”.
“É este país em que o governo que fala da maravilha dos serviços públicos, mas em que as escolas encerram por falta de pessoal, em que na saúde as pessoas desesperam para ser atendidas, em que na segurança as viaturas estão paradas, em que os portugueses fazem filas de madrugada para serem atendidas na segurança social e em que os reformados esperam meses e anos para ter a sua pensão deferida”.
A terminar, Duarte Pacheco disse a António Costa que “este país tão diferente é o dos portugueses, o que nos apresentou é o país do PS, o país socialista, o país da Centenolândia ou da Costalândia”.
09-01-2020 Partilhar Recomendar
09-01-2020
“Orçamento não tem estratégia e não tem futuro”
    Emília Cerqueira registou ainda a “contrição pública” de Catarina Martins.
09-01-2020
“Este é um Orçamento sem ambição, sem visão de futuro, sem estratégia, sem rumo e sem responsabilidade”
    Luís Leite Ramos fala numa “peça literária de pura ficção”.
09-01-2020
Carlos Peixoto assinala consequências das cativações nas forças de segurança
    O Vice-Presidente da bancada do PSD fala num “quadro negro”.
09-01-2020
“Orçamento representa uma total ausência de ambição e de compromisso com o futuro”
    Afonso Oliveira atestou que este é um “Orçamento de desistência”.
09-01-2020
Álvaro Almeida: a saúde não é uma prioridade deste Orçamento
    O deputado considera que “o SNS está pior hoje do que estava quando o anterior governo socialista tomou posse”.
09-01-2020
Rui Rio: “o melhor Orçamento” para o Governo “é aquele que tem mais carga fiscal”
    O Presidente do PSD criticou ainda o facto de o Governo “não apostar nas pequenas e médias empresas” e de ignorar o “reforço da poupança”.
19-12-2019
Rui Rio acusa o Governo de “fraude democrática” na elaboração do Orçamento do Estado
    O líder do PSD fala em “contas que não batem certo” e em 590 milhões de euros que se “evaporam”.
18-12-2019
“O Orçamento de 2020 será recordista da carga fiscal”
    Afonso Oliveira garantiu que o caminho seguido pelo PSD seria o de descer a carga fiscal gradualmente.
18-12-2019
Duarte Pacheco: Orçamento agrava 15 impostos para todos os portugueses
    O social-democrata frisa que “este Orçamento tem a carga fiscal mais alta de sempre”.
Início Anterior
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas