Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD pede mais investimento público nas áreas da soberania como a segurança
O apelo foi feito após uma visita a visitado uma “esquadra sem condições” em Lisboa.
Rui Rio defendeu esta quinta-feira que o Governo deve canalizar mais investimento público para as áreas de soberania, depois de ter visitado uma “esquadra sem condições” em Lisboa.
No final de uma visita de cerca de duas horas às instalações da 4.ª Divisão da PSP, na zona de Alcântara, Rui Rio disse ter escolhido uma “esquadra sem condições”, que replica muitas outras pelo país.
“Quem lá vai dentro vê que as condições em que os polícias aqui trabalham são muito fracas, reconheço a razão da PSP quando critica a forma como trabalha”, afirmou, numa iniciativa que ocorre duas semanas após uma grande manifestação das forças de segurança em Lisboa.
O líder do PSD defendeu que, desde que Portugal aderiu à União Europeia (em 1986, então CEE), “privilegiou muito o investimento público nas áreas que tinham uma participação comunitária”, o que não acontecia nem acontece nas funções de soberbia.
“Portugal tem de fazer um esforço no investimento público também nessas áreas que não têm comparticipação comunitária, mas que estão muito degradadas. Temos de fazer uma reflexão e canalizar o investimento público para áreas de soberania, designadamente a segurança e justiça”, afirmou, dizendo referir-se também aos tribunais.
Questionado se o PSD tenciona apresentar propostas nesse sentido, nomeadamente em sede orçamental, Rio defendeu que o partido apenas deve fazer propostas de “caráter simbólico”, depois de já ter afirmado noutra ocasião que o partido irá apresentar uma proposta “consentânea” com o compromisso eleitoral do partido de baixar o IVA da eletricidade de 23 para 6%.
“Em sede de Orçamento do Estado, temos de ter uma atitude responsável, não fomos nós que ganhámos as eleições, não é o nosso programa que está a ser executado, eu não poso chegar ao Orçamento do Estado e pôr lá todas as propostas que estavam no nosso programa, isso tinha um caráter até demagógico”, defendeu.
Para Rui Rio, “a oposição tem obrigação de fazer alertas e depois o Governo é que tem responsabilidade de saber como orienta o investimento público”.
Rio chamou a atenção também para o problema de habitação de muitos polícias, que são de fora do local onde trabalham, e têm de arranjar alojamento com os “baixos salários” que ganham.
“A PSP tem algumas instalações a preços razoáveis, mas de fraquíssima qualidade e pouca oferta”, apontou, apelando a que o Ministério da Administração Interna encontre uma solução para estes casos.
Rui Rio, que é também líder parlamentar do PSD, esteve acompanhado nesta visita pelo vice-presidente da bancada Carlos Peixoto e pelos deputados eleitos por Lisboa Filipa Roseta e Pedro Rodrigues.

05-12-2019 Partilhar Recomendar
10-01-2020
André Coelho Lima defende um tratamento de dignidade para as forças de segurança
    O deputado elencou um conjunto de problemas que afetam estes profissionais, fruto das cativações do governo.
09-01-2020
Carlos Peixoto assinala consequências das cativações nas forças de segurança
    O Vice-Presidente da bancada do PSD fala num “quadro negro”.
19-12-2019
“Pedrógão Grande sofreu uma das maiores catástrofes ocorridas em território nacional”
    João Marques deixou uma palavra de apreço e reconhecimento “às Instituições de Solidariedade, Fundações, Empresas, Associações e pessoas individuais e voluntárias que no terreno tudo fizeram para minimizar o sofrimento daquela população mártir”.
11-12-2019
“A atribuição da Nacionalidade Portuguesa é importante demais para que ande ao sabor dos ventos ou de brisas eleitoralistas”
    Catarina Rocha Ferreira declarou que a atribuição da nacionalidade portuguesa não pode ser feita “à la carte”.
29-11-2019
Deputados da Madeira reúnem com delegação regional da ASPP/PSP
    O subsídio de insularidade e a dificuldade destes profissionais em aceder a cuidados de saúde foram os principais temas abordados no encontro.
22-11-2019
“No PSD temos honra e uma sensação positiva sobre o que os portugueses fizeram em relação à sua história”
    Adão Silva sublinhou que “as liberdades não têm uma amarração temporal objetiva” e que todos os dias celebramos a construção da nossa democracia e da nossa liberdade.
20-11-2019
Números da violência doméstica deviam fazer corar de vergonha o PS e o governo
    Sandra Pereira enfatizou que “não é com anúncios que se resolvem os problemas”.
20-11-2019
Pedro Rodrigues denuncia propaganda enganosa do governo em matéria de segurança interna
    O deputado referiu que o sucesso propagandeado pelo governo visa ocultar um desinvestimento progressivo nas forças de segurança.
20-11-2019
Lei de Programação de Infraestruturas e Equipamentos das Forças de Segurança teve uma execução de apenas 60%
    Mónica Quintela culpou as cativações do governo por esta fraca execução e pelas suas consequências.
18-11-2019
PSD questiona o Governo sobre o atraso no pagamento dos honorários aos bombeiros
    Os sociais-democratas referem que persiste o problema registado em setembro.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas