Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Transição Digital: governo deve estabelecer metas e prazos
Filipa Roseta apelou à “coragem política” do executivo para “firmar, cumprir e estabelecer metas e prazos”.
“Cada um de nós que está aqui sentado nesta sala vais ser avaliado pela capacidade de entender o que se está a passar hoje na sociedade digital. Vai ser avaliado não nas próximas, mas pelas próximas gerações. Por todo o lado se multiplicam alertas. Os cidadãos estão a falar com tecnologias do século XXI, os governos estão a ouvir com tecnologias do século XX e a responder com soluções do século XIX”. Foi com este alerta que Filipa Roseta iniciou a sua intervenção, esta quinta-feira, no debate Temático sobre Transição Digital.
De seguida, a parlamentar recordou que no Programa do Governo o PS falha “ao ser pouco ambicioso ou omisso no estabelecimento e compromisso concreto firmado em números, com metas e prazos”, e falha também ao limitar “os desafios da Transição Digital a uma discussão de como se irão distribuir os fundos europeus”. Frisando que corremos o risco de no fim do frenesim da distribuição de fundos pode não ficar uma alteração significativa para as próximas gerações, a deputada refere que “é determinante estabelecer compromissos com metas e prazos. Estabeleçam um compromisso com metas e prazos de fundar uma escola digital para todos, dos 0 aos 100 anos de idade, menos focada em passar graus e mais determinada em desenvolver competências. Uma escola que entende que a inovação pode vir de qualquer pessoa. Uma escola digital não para competir, mas para complementar o sistema tradicional de ensino. Assumam o compromisso, com metas e prazos, para a plena digitalização do Estado até 2030. A tecnologia digital é a arma que precisamos para atacar de frente a burocracia e corrupção”, sustentou a parlamentar.
Filipa Roseta vincou ainda a ideia de que o objetivo desta revolução tecnológica passa obrigatoriamente por melhorar a vida das pessoas, potenciar o humano sem o agredir nem substituir.
A terminar, a social-democrata referiu que, contrariamente ao que se verificou em revoluções anteriores, “nesta a escassez de recursos materiais ou a nossa localização geográfica não é um problema estratégico que nos impeça de acompanhar o desenvolvimento. Só é preciso coragem política para firmar, cumprir e estabelecer metas e prazos.”

21-11-2019 Partilhar Recomendar
06-04-2020
Rui Rio apresenta propostas para minorar os efeitos da crise na vida das empresas e das famílias
   
11-03-2020
Educação: governo deve avaliar a criação de um grupo de recrutamento da Intervenção Precoce
    Carla Madureira lembra que é ao governo que compete organizar os concursos de docentes.
11-03-2020
Alertas do Fórum da Competitividade demonstram fracasso das políticas socialistas
    Isabel Meirelles recorda que o Fórum prevê que em 2024 Portugal passe a ser um dos 4 países mais pobres da União.
05-03-2020
Grupo de Recrutamento nas áreas da Expressão Dramática e do Teatro não é prioritário para o Governo
    Gabriela Fonseca refere que esta postura do governo origina várias situações de precariedade.
28-02-2020
“O défice de qualificações da população é um problema que continua bem presente”
    Para Ofélia Ramos este é talvez o desafio mais estruturante e estratégico para o futuro do país.
26-02-2020
PSD acusa o Governo de errar na estratégia europeia
    Duarte Marques frisa que Portugal não pode aceitar as negociações sobre o Quadro Financeiro para 2021-27.
18-02-2020
Orçamento Plurianual da União Europeia: PSD rejeita cortes na verba destinada a Portugal
    Isabel Meirelles quis saber se o Primeiro-Ministro está disponível para recorrer a decisões mais duras, como o veto do Orçamento da União Europeia.
14-02-2020
Carla Madureira: é preciso garantir mais justiça e equidade aos docentes contratados com horários incompletos
    A deputada entende que “é tempo de o governo assumir o compromisso de garantir um tratamento justo destes profissionais”.
13-02-2020
Regime de autonomia e gestão das escolas permitiu dar “um salto qualitativo do sistema educativo”
    António Cunha manifestou a oposição do PSD a um regresso a modelos de gestão e administração do século passado.
04-02-2020
PSD quer corrigir as injustiças na atribuição dos manuais escolares
    Cláudia André afirmou que os manuais escolares devem ser gratuitos para todos os alunos da escolaridade obrigatória ou para todas as famílias cujos rendimentos brutos anuais sejam inferiores a 40 000 euros.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
15-04-2020 Comissões parlamentares
16-04-2020 Sessão Plenária
16-04-2020 Comissões parlamentares
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas