Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Mónica Quintela considera imprudente estabelecer uma presunção jurídica a favor da residência alternada
A parlamentar entende que “não se afigura prudente a consagração legal de tal presunção jurídica por desconsiderar o superior interesse da criança”.
O Parlamento apreciou, esta sexta-feira, uma Petição que solicita alterações legislativas com vista a estabelecer a presunção jurídica da residência alternada para crianças com pais separados. Mónica Quintela, intervindo em nome do PSD, começou por saudar os peticionários e por recordar que o quadro legislativo vigente se verifica que o mesmo permite e incentiva até que, nos processos de regulação das responsabilidades parentais, seja fixada a residência alternada da criança, por acordo entre as partes ou, na falta deste, por decisão do tribunal. Segundo a deputada, o Código Civil refere que “o tribunal decidirá sempre de harmonia com o interesse do menor, incluindo o de manter uma relação de grande proximidade com os dois progenitores, promovendo e aceitando acordos ou tomando decisões que favoreçam amplas oportunidades de contacto com ambos e de partilha de responsabilidades entre eles.” Também o regime geral do processo tutelar cível, adianta a parlamentar, consagra o primado do superior interesse da criança, impondo aos tribunais que estes decidam sempre em conformidade com esse princípio.
Tendo em conta este cenário, a deputada refere que “estabelecer uma presunção jurídica a favor da residência alternada, irá onerar excessivamente os progenitores e crianças cuja realidade desaconselhe e até impeça que essa alternância seja fixada, impondo-lhes de forma intolerável a demonstração ao tribunal de que tal presunção jurídica lhes é prejudicial, tendo que ilidir a mesma. Isto por si só, além de potenciar conflitos entre as partes, irá desproteger as crianças e progenitores vítimas de violência doméstica e abusos sexuais ou quaisquer outros contextos familiares perniciosos ao salutar e harmonioso desenvolvimento da criança”.
A terminar, Mónica Quintela louvou a iniciativa dos peticionários, mas sublinhou que não se afigura prudente a consagração legal de tal presunção jurídica por desconsiderar o superior interesse da criança. “O Grupo Parlamentar do PSD está disponível para enquadrar qualquer iniciativa clarificadora que seja necessária efetuar de forma a que os tribunais fixem o regime de residência alternada sempre que tal corresponda ao superior interesse da criança, não cabendo nesse interesse a fixação de uma presunção legal. O que nos move é o interesse da criança, sendo intolerável qualquer sofrimento que lhe seja imposto”, concluiu a parlamentar.
15-11-2019 Partilhar Recomendar
27-05-2010
PSD dá hipótese ao PS de alterar “aberração jurídica” relativa ao crime continuado
    Em causa está a norma aprovada pelo PS que permite que um indivíduo que cometa vários crimes de violação sobre uma mesma pessoa seja pudido apenas por um crime.
27-05-2010
José Pedro Aguiar-Branco e Fernando Negrão questionam Procurador-Geral da República
    Em causa está o destino dos despachos de arquivamento proferidos no âmbito do processo de acompanhamento «n.º 62/2009 – Livro H», que envolve o Primeiro Ministro. Os deputados querem que as últimas duas respostas dadas pelo Procurador-Geral da República em relação a este processo sejam desclassificadas [foram classificadas como «confidenciais» perante os serviços da Assembleia da República], de modo a que possam ser “integralmente disponibilizadas no respectivo site e estar, desse modo, acessíveis a todos os cidadãos, incluindo os senhores jornalistas”.
19-05-2010
PSD apresenta alterações ao Código Penal e ao Código de Execução de Penas e Medidas Privativas da Liberdade
    As alterações propostas pelo PSD incidem sobre matérias de Crime Continuado e Liberdade Condicional (Código Penal) e sobre matéria de Regime Aberto no Exterior e Licenças de Saída Jurisdicionais (Código da Execução das Penas e Medidas Privativas da Liberdade).
19-05-2010
PSD apresenta alterações ao Código de Processo Penal
    Deputados defendem que, uma vez concluída a avaliação à reforma penal de 2007, é momento de se proceder a alterações cirúrgicas ao Código de Processo Penal, na sequência de recomendações do Observatório Permanente de Justiça Portuguesa
19-05-2010
PSD propõe alteração ao período das férias judiciais
    Deputados consideram que o Decreto-Lei 35/2010, de 15 de Abril, embora vise corrigir um problema criado pelo Governo na anterior legislatura, poderá representar um factor de perturbação, contribuindo para o avolumar da incerteza e insegurança jurídicas.
14-05-2010
PSD denuncia atrasos na finalização dos programa de apoio ao empreendedorismo e à criação do próprio emprego (PAECPE)
    Paulo Baptista Santos dirigiu um conjunto de perguntas ao Secretário de Estado do Emprego e da Formação Profissional, com carácter de urgência
06-05-2010
PSD preocupado com aumento dos atrasos dos processos nos tribunais
    Deputados questionam o Ministério da Justiça na sequência da publicação recente de dados sobre o movimento processual nos tribunais de 1ª instância no ano de 2009.
23-04-2010
PSD concorda com a possibilidade dos advogados romenos e búlgaros poderem exercer a sua profissão no nosso país
    A questão é decorrente da entrada destes dois países na União Europeia
22-04-2010
“O PS adiou, durante anos, um combate sério e rigoroso à corrupção”
    Fernando Negrão lamentou a postura dos socialistas em relação ao fenómeno
22-04-2010
Corrupção: PS apostou na quantidade e esqueceu-se da qualidade
    Francisca Almeida recordou que graças ao PSD existe uma Comissão de Inquérito para acompanhar este fenómeno
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas