Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Bruno Coimbra: governação recente ficou marcada por “intenções, anúncios e pouca concretização”
O parlamentar frisa que na área do ambiente é necessária uma governação corajosa.
No debate sobre o Programa do Governo e as suas intenções para a legislatura, Bruno Coimbra começou por dizer ao Ministro do Ambiente e da Ação Climática que o que deixa o PSD apreensivo “é que a sua governação recente não passou de muito mais que isso: intenções, anúncios e pouca concretização”. Segundo o deputado o Ministério pode ter a Ação Climática no nome, “mas isso por si só não capta carbono se não houver a coragem para afrontar, incomodar e para implementar as mudanças que se exigem na sociedade, na economia e nas outras áreas da governação”.
Para o social-democrata, na área do ambiente é necessária uma governação corajosa. “É fácil dizer que se governa para 2050, mas a estratégia tem de ser mensurável ao longo do tempo e não pode ter lacunas por onde a eficácia se esvai. E há lacunas várias: todos queremos reduzir as emissões, todos queremos descarbonizar a economia, mas o senhor meteu na gaveta os compromissos de curto prazo que tínhamos garantido no passado recente e continua a ser brando onde tinha de ser forte, como por exemplo no setor da energia ou mesmo na defesa do interesse nacional na relação com os nossos parceiros europeus”.
De seguida, Bruno Coimbra assinalou que no Programa do Governo vemos também a fiscalidade verde integrada na estratégia para a descarbonização assumida num quadro de neutralidade fiscal. Contudo, referiu o deputado, “como se não bastasse o seu governo ter sido o recordista da maior carga fiscal de sempre”, quando o Ministro assumiu o seu cargo “herdou a reforma da fiscalidade verde que dava sinais certos à economia e promovia comportamentos sustentáveis e que tinha como princípio base uma neutralidade fiscal real. Se hoje fala de fiscalidade verde e em neutralidade fiscal tem que dizer como, tem de dizer quanto e de que forma. E tem de se comprometer, pois nós vamos exigir a prestação de contas e a responsabilização por aquilo que anuncia mas contradiz, apresenta e depois adia”, concluiu o deputado.
30-10-2019 Partilhar Recomendar
09-07-2020
PSD defende grupo de trabalho para acompanhamento da remoção de amianto
    Os sociais-democratas acreditam que é responsabilidade de todos os grupos parlamentares acompanhar e escrutinar o processo de remoção do amianto.
24-06-2020
Protocolo de remoção do amianto: PSD quer conhecer documento assinado entre Governo e Municípios
    Os parlamentares apresentaram um requerimento aos ministros da Educação e da Coesão para terem acesso ao documento.
18-06-2020
Descargas poluentes na Pateira de Fermentelos não são aceitáveis
    O deputados do PSD pretendem saber se o Governo tem conhecimento da existência de descargas poluentes.
18-06-2020
Construção de uma Pequena Central Hidroelétrica em Vale das Botas deve ser bem ponderada
    O deputados do PSD lembram que esta obra "tem sido alvo de contestação das populações e dos autarcas".
05-06-2020
Política ambiental do governo é marcada por muito anúncio e pouca ação
    Bruno Coimbra lamenta a inércia do executivo.
05-06-2020
Dia Mundial do Ambiente: precisamos de políticas que garantam uma maior sustentabilidade e eficiência de recursos
   
04-06-2020
Portugal deve fazer a transição para uma economia neutra em carbono
    Hugo Carvalho deixou claro que o desígnio dos sociais-democratas passa por uma aposta em medidas de apoio a uma economia verde.
12-05-2020
Governo deve esclarecer se é contra o prolongamento da central nuclear de Almaraz
    Os deputados do PSD questionam o Governo sobre que diligências realizou “com vista ao mais rápido encerramento da Central Nuclear de Almaraz.”
06-05-2020
Covid-19: PSD propõe campanha de sensibilização sobre o depósito dos resíduos domésticos
    Bruno Coimbra sublinhou que, em tempos de crise pandémica, a gestão de resíduos ganha ainda maior importância.
04-05-2020
É urgente a remoção de plantas invasoras nos afluentes do Tejo – Aravil, Ponsul e Zêzere
    O PSD questionou o Ministro do Ambiente e da Ação Climática sobre as ações que o Governo português pretende desenvolver para remover plantas aquáticas invasoras do rio Tejo e dos seus afluentes.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
25-09-2020 Sessão Plenária
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas