Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Cristóvão Norte: “o crescimento económico não é prioridade para este governo”
A acusação foi deixada pelo deputado no debate do Programa do Governo.
Cristóvão Norte confrontou António Costa com os resultados da política económica do seu governo. O social-democrata fez suas as palavras do Presidente da República, que afirmou que o crescimento económico que se tem verificado não satisfaz, e recordou que, durante a anterior governação de António Costa, Portugal caiu para a 21 posição em termos de PIB per capita entre os 28 Estados-Membros da União Europeia. “A verificar-se esta tendência, não tardará a chegar o dia em que acordaremos como o país mais pobre no continente mais rico do mundo. Esta é uma jornada para o fundo, que só pode contentar quem não tem ambição de construir um país mais próspero e que ofereça melhores serviços aos cidadãos”.
Apesar desta realidade, acrescenta Cristóvão Norte, “a questão do crescimento económico não é prioridade para este governo, não é encarada como um problema”. Como tal, adianta, “não carece de solução, não merece resposta, não merece tratamento. Não há referências à iniciativa privada, o que é um péssimo prenuncio e denuncia a lógica estatizante”.
Assinalando que em matéria de rendimentos Portugal não está a convergir com os restantes países europeus, o parlamentar declarou que este é um problema que temos de vencer, adiantando que não o conseguiremos fazer sem reformas estruturais, nem com uma carga fiscal recorde que o governo de demitiu de reduzir.
De seguida, Cristóvão Norte enfatizou que “este governo viverá em liberdade condicional, pois tudo o que pode fazer vai ter de que ter o acordo e aceitação da esquerda e essas não serão nunca reformas estruturais que relancem o país para crescimento económico”.
A terminar, Cristóvão Norte desafiou o Primeiro-Ministro a garantir aos portugueses que não vai aumentar impostos, acrescentando o deputado que se o governo avançar com o englobamento dos rendimentos “não só teremos mais impostos como isso implicaria um golpe mortal no mercado da habitação”.

30-10-2019 Partilhar Recomendar
30-10-2019
Açores: António Ventura elencou o que ficou por fazer nos últimos 4 anos
    O deputado desafiou o governo a passar das palavras à ação.
30-10-2019
Emídio Guerreiro acusa o governo de se comportar como as lojas que aumentam os preços antes dos saldos
    Na base da acusação está a mudança das datas de encerramento das Centrais do Pego e de Sines.
30-10-2019
Fernando Negrão: “este será um Governo para gerir, não para governar”
    O parlamentar considera que o Programa do Governo “traz-nos uma mão cheia de nada”.
30-10-2019
Adão Silva: com o governo de António Costa “os serviços públicos falharam clamorosamente aos cidadãos”
    O Vice-Presidente da bancada do PSD alertou que o SNS ficou muito degradado e não responde aos cidadãos.
04-07-2019
Governo transpõe diretivas europeias fora de prazo e sem os pareceres das entidades especializadas
    Inês Domingos fala em desrespeito pelo Parlamento.
03-07-2019
Maioria parlamentar trata as matérias relevantes “de forma avulsa”
    Cristóvão Crespo censura a política fiscal do governo e fala numa estratégia “colada com cuspo”.
02-07-2019
20 países da União Europeia cresceram mais do que Portugal em 2018
    Apontando vários exemplos do falhanço governativo do PS, Inês Domingos adiantou que é tempo de “escolher uma alternativa reformista”.
19-06-2019
Governo das esquerdas é “forte com os fracos e fraco com os fortes”
    António Leitão Amaro fala numa “carga fiscal máxima para serviços e investimento público no mínimo”.
19-06-2019
Virgílio Macedo acusa a Autoridade Tributária de ter realizado um “arrastão fiscal”
    O deputado considera que as ações de cobrança de impostos na estrada “só aprofundam o sentimento de perseguição tributária dos contribuintes".
19-06-2019
PSD critica desproporção da atuação do Estado em relação à cobrança de dívidas
    Inês Domingos recordou que ao mesmo tempo que se faziam ações de cobrança de impostos na estrada, o PS votava contra a divulgação da lista dos grandes devedores à banca.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas