Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Adão Silva: com o governo de António Costa “os serviços públicos falharam clamorosamente aos cidadãos”
O Vice-Presidente da bancada do PSD alertou que o SNS ficou muito degradado e não responde aos cidadãos.
Perante o anúncio do Primeiro-Ministro de que o Governo vai criar um roteiro para melhorar os serviços do Estado prestados aos cidadãos, Adão Silva foi perentório a assinalar que tal proposta revela que António Costa reconhece que durante a sua anterior governação “os serviços públicos do Estado falharam clamorosamente aos cidadãos”. Para ilustrar esta afirmação, o Vice-Presidente da bancada do PSD referiu que o relatório sobre a ADSE “deixa em pânico os funcionários públicos, pois diz que havia disponíveis cerca de 540 milhões de euros e que a verba está esgotada e que no próximo ano haverá um défice de 17 milhões de euros na ADSE”. Lembrando que em causa estão mais de 1 milhão de funcionários, o social-democrata questionou ao Primeiro-Ministro o que é que o Programa do Governo diz sobre esta matéria, “é que nós não encontrámos nada sobre esta questão perturbante”.
No que respeita ao Serviço Nacional de Saúde (SNS), setor que António Costa afirma que será a “joia da coroa”, Adão Silva questionou se estamos perante o reconhecimento de que durante o anterior governo esta área era “algo de pechisbeque”. “A ideia que há é que o SNS ficou muito degradado e não responde aos cidadãos. Aumentaram as listas de espera, as dívidas dos hospitais cresceram e os tais 5 hospitais não foram feitos. O que faltou no SNS foi investimento, e no Programa do Governo não está lá nada sobre investimento modernizador do SNS. A sensação com que ficamos é que ele não vai ser a joia da coroa, vais ser mais a continuação do pechisbeque que foi no governo anterior. Este Governo, em matéria de saúde, é muita parra e pouca uva, é muito roteiro e pouca meta”.
A terminar, o social-democrata abordou o tema das pensões para lembrar que, em abril de 2019, o Primeiro-Ministro garantiu que até junho tudo ficaria reposto em relação aos atrasos nas pensões. Adão Silva frisou que “as pensões demoram anos a ser atribuídas e agora o problema alargou-se à Caixa Geral de Aposentações. 300 dias que se espera já por uma pensão para os funcionários públicos. Onde é que está a resposta para os cidadãos, é que no Programa do Governo não existe resposta?”
30-10-2019 Partilhar Recomendar
10-02-2010
Rosário Águas e Clara Carneiro solicitam acesso a relatórios de acompanhamento e controlo das convenções na área da hemodiálise
    Deputadas pretendem aferir sobre o cumprimento das convenções, qualidade e acessibilidade da prestação destes cuidados de saúde nos últimos três anos
Início Anterior
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas