Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Fernando Negrão: não é só discutindo os grandes problemas que os cidadãos se reveem na política
O Grupo Parlamentar do PSD arrancou com a iniciativa "+Cidadão+Democracia".
O Grupo Parlamentar do PSD arrancou hoje com a iniciativa "+Cidadão+Democracia", de contacto com cidadãos, com o líder parlamentar a defender que “não é só discutindo os grandes problemas do país que os cidadãos se reveem naquilo que é a política”.
Esta iniciativa, anunciada no final de maio, pretende ser um espaço de contactos diretos do grupo parlamentar social-democrata com cidadãos e instituições na Assembleia da República, e conta com a presença do líder da bancada, Fernando Negrão.
Segundo o líder, “o grupo parlamentar do PSD tem recebido inúmeras cartas, e-mails” de cidadãos “que vêm expor os seus problemas e muitas vezes também as suas dúvidas sobre o funcionamento da administração pública, porque têm problemas”.
Perante “esta avalanche” de contactos – que, segundo o deputado, se debruçam sobre os mais variados temas, desde a saúde, aos transportes e aos atrasos no pagamento de reformas - os sociais-democratas decidiram que tinham “de dar uma satisfação a estes cidadãos que se socorrem do grupo parlamentar do PSD”, e assim surgiu esta iniciativa.
“Nós temos que, de facto, dar a palavra ao cidadão. Nós temos de dar a palavra para percebermos aquilo que se passa na vida das pessoas e podermos dar a melhor resposta possível”, vincou.
A iniciativa "+Cidadão+Democracia" vai estender-se “até ao fim da legislatura” e a ideia é “receber o cidadão”, destacou Fernando Negrão, assinalando que isso é que diferencia estes encontros daqueles que o grupo parlamentar vai mantendo com associações e entidades e que consta da agenda parlamentar.
“Receberemos vários cidadãos semanalmente e, portanto, continuaremos a dar toda a força a esta iniciativa, porque achamos que não é só discutindo os grandes problemas do país que os cidadãos se reveem naquilo que é a política, naquilo que os políticos fazem”, advogou o líder da bancada do PSD.
Para o parlamentar, ou os deputados estão “virados, de facto, para ouvir e resolver os problemas concretos da vida dos cidadãos”, ou regista-se “este afastamento por parte das pessoas relativamente à política”.
Falando aos jornalistas sobre no final das reuniões de hoje, que decorreram no edifício novo da Assembleia da República, o presidente do grupo parlamentar do PSD afirmou que a esclerose lateral amiotrófica é um “problema muito grave”, que “diz respeito não só à pessoa que padece desta doença mas também a todos os familiares que têm que os apoiar”.
O social-democrata assinalou que, nos cuidados continuados e paliativos, “as respostas são escassas” e “não são aquelas que devem ser dadas, principalmente no que respeita à formação dos profissionais”.
Sobre a conversa com o cidadão e com a Sociedade Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica, Fernando Negrão disse ter sido “profícua, muito interessante” e que permitiu recolher “muita informação”, vincando que “de certeza” que o partido vai “continuar a insistir nesta questão da melhoria e de uma maior atenção por parte dos responsáveis políticos pela questão dos cuidados continuados”.
Questionado sobre passos concretos a tomar, o responsável indicou que o PSD tem atualmente “um projeto de Lei sobre os cuidados paliativos e sobre os cuidados continuados” e que ficou combinado “com a associação, e com o próprio cidadão” que eles irão dar o seu contributo, para depois o partido decidir se o diploma “pode ser melhorado, ou não”.
04-06-2019 Partilhar Recomendar
19-02-2010
PSD preocupado com o orçamento para o sector da saúde
    Deputados do PSD questionaram a Ministra da Saúde sobre a sua dotação orçamental
19-02-2010
OPINIÃO / Crise Social vs Orçamento de Estado
    Poderia começar este artigo pelo orçamento, contudo, vou colocar a tónica na crise social que se arrasta. Aconteceu há dias, entre uma utente e uma assistente social de um dos Centros de Saúde do Algarve – na verdade poderia ter acontecido em qualquer parte do país.
15-02-2010
Rosário Águas e Clara Carneiro pedem audição com presidente do Colégio de Especialidade de Ginecologia/Obstetrícia da Ordem dos Médicos e com o Coordenador do Plano Nacional de Saúde
    Deputadas questionam políticas governamentais de planeamento familiar e prevenção de doenças
11-02-2010
PSD contesta ausência do Programa Nacional de Combate à Obesidade Mórbida no Hospital de Braga
    Exclusão da unidade hospitalar de referência do Minho contraria tendência expressa pelos hospitais centrais e altamente credenciados do país
10-02-2010
Rosário Águas e Clara Carneiro requerem acesso a contrato de aquisição de vacinas contra a GripeA
    Deputadas querem conhecer qual o montante e quantidade de doses fornecidas
10-02-2010
Rosário Águas e Clara Carneiro solicitam acesso a relatórios de acompanhamento e controlo das convenções na área da hemodiálise
    Deputadas pretendem aferir sobre o cumprimento das convenções, qualidade e acessibilidade da prestação destes cuidados de saúde nos últimos três anos
Início Anterior
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas