Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“As alterações climáticas constituem um dos maiores desafios que a humanidade tem pela frente”
O parlamentar sublinhou que o PSD sempre colocou na sua agenda e na sua ação política o ambiente e o clima.
“Todos sabemos que as alterações climáticas constituem um dos maiores desafios que a humanidade tem pela frente. Todos sabemos que estamos num contrarrelógio para garantir o sucesso das nossas intenções e que dentro de poucos anos o que podemos fazer será irrelevante para o resultado final desta batalha. Todos sabemos também que Portugal é dos países mais sujeitos aos impactos das Alterações Climáticas e às suas consequências devastadoras. Esta realidade sempre foi muito clara para o PSD, que sempre colocou na sua agenda e na sua ação política, o ambiente e o clima”. Foi com estas palavras que Bruno Coimbra iniciou a sua intervenção, esta terça-feira, no debate do Projeto de Resolução que recomenda ao Governo a criação de um fundo de emergência para as alterações climáticas.
De seguida, o social-democrata recordou que na anterior legislatura, sob a governação do PSD, Portugal assumiu um papel liderante a nível internacional, unindo numa única estratégia de crescimento: a economia, o ambiente e a política climática. “Foi nesse contexto que colaborámos na preparação do Acordo de Paris. Foi assim que revimos o Programa Nacional para as Alterações Climáticas. Que revimos a Estratégia Nacional de Adaptação às Alterações Climáticas. Que definimos o Quadro Estratégico para a Política Climática. Foi com o Governo do PSD que Portugal ascendeu em todos os rankings internacionais em matéria de política climática, entrando mesmo no TOP3 mundial”.
No que respeita à iniciativa em debate, o parlamentar afirmou que esta retoma de uma já feita pelo CDS aquando da discussão do Orçamento para este ano. Uma proposta que tem alguma pertinência, mas que colheu à época a abstenção do PSD. “O PSD absteve-se, numa lógica de não sobrecarga das contas públicas, por entender que o próprio fundo ambiental já tem mecanismos e formas de atender a esta prioridade. Fizemo-lo nessa altura, como fazemos hoje. Fizemos propostas, apontámos à implementação de medidas de combate às alterações climáticas e exigimos que a gestão e distribuição do Fundo Ambiental fosse mais transparente. Fizemo-lo nessa altura, como fazemos hoje”.
De acordo com Bruno Coimbra, cabe ao Ministro do Ambiente e da Transição Energética a gestão, aplicação e direcionamento do Fundo Ambiental. “O Ministro do Ambiente deve assumir essa responsabilidade de forma clara. O Fundo Ambiental, que já financia diversos projetos nesta área, pode e deve estar disponível para reforços e alocações extraordinárias em situações urgentes ou de força maior. “E deve, assim, atender às situações de maior urgência também no quadro das alterações climáticas”, concluiu o parlamentar.
16-04-2019 Partilhar Recomendar
15-05-2019
Ambiente: preferir os anúncios ao desempenho e a propaganda à ação só pode trazer maus resultados no futuro
    Bruno Coimbra deixou o alerta: “Portugal está na primeira fila dos países europeus que são e serão mais afetados pelas alterações climáticas”.
15-05-2019
Autonomia dos sistemas multimunicipais de água tem sido gravemente prejudicada
    Maurício Marques alerta que a ação do governo está a criar estrangulamentos nos investimentos necessários.
15-05-2019
Seca: medidas velhas que não acompanham as novas realidades
    Sublinhando que Portugal é um país particularmente vulnerável às alterações climáticas, Emília Cerqueira frisou que precisamos de novas abordagens para mitigar estes problemas.
15-05-2019
Berta Cabral: Programa Casa Eficiente 2020 “foi um fiasco e um logro”
    A deputada denunciou que a taxa de execução deste Programa é inferior a 1%.
15-05-2019
Nível de execução do PO SEUR “é um desastre”
    António Costa Silva lamentou que o governo não esteja a aproveitar os financiamentos que são 85% a fundo perdido.
15-05-2019
Declaração de estado de emergência climática é uma ação simbólica ou implica a adoção de medidas concretas?
    Jorge Paulo Oliveira questionou os bloquistas sobre o objetivo das suas propostas.
11-04-2019
Berta Cabral: “o ambiente pode contar com o PSD”
    A deputada considera que é fundamental dar continuidade à mudança de mentalidades.
11-04-2019
“Não podemos continuar a privilegiar o descartável num planeta que não o é”
    Bruno Coimbra considera que “o plástico é hoje uma calamidade” e que é preciso agir.
11-04-2019
António Topa: o plástico tornou-se um problema sério para a humanidade
    O parlamentar considera que é urgente atuar e encontrar alternativas ao seu uso.
11-04-2019
Proibição da venda de frutas e legumes acondicionados em cuvetes que contenham plástico ou poliestireno trará custos para os produtores agrícolas
    António Lima Costa manifestou a preocupação dos sociais-democratas com esta situação.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas