Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Governo parece cada vez mais desejar o confronto com os profissionais de saúde”
Ângela Guerra enfatizou que o PSD não pactua com esta visão do governo “que desconsidera os profissionais de saúde”.
O PSD levou hoje a apreciação parlamentar o Decreto-Lei que “estabelece o regime remuneratório aplicável à carreira especial de técnico superior das áreas de diagnóstico e terapêutica, bem como as regras de transição dos trabalhadores para esta carreira”.
Segundo Ângela Guerra este é um problema que “o governo criou, deixou arrastar e resolveu mal”. De acordo com a deputada, o anterior governo deixou pronta em 2015 a nova carreira dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica, tendo chegado mesmo a publicar os diplomas respetivos no Boletim do Trabalho e Emprego. “O atual Governo suspendeu o processo e demorou dois anos a aprovar o Decreto-Lei n.º 111/2017, diploma que estabeleceu o novo regime jurídico desses profissionais, mas omitindo as regras de transição para a nova carreira, a sua estrutura e a nova tabela salarial. Entretanto, o Governo demorou mais um ano e meio em negociações com os sindicatos, para aprovar agora, unilateralmente, um diploma que faz tábua rasa dos direitos dos técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica”.
Já em 2019, recorda a deputada, o executivo publicou um Decreto em que estabeleceu regras de transição que colocam mais de 90% desses profissionais na base da nova carreira, ignorando todo o tempo de serviço por eles já prestado, o que, em muitos casos, afeta profissionais com 20 ou mais anos de serviço. “Dito de outro modo, para o Governo, um técnico superior de diagnóstico e terapêutica que inicie funções em 2019 deve ter a mesma posição salarial de outro técnico que exerça essas funções há 20 ou 25 anos. Além disso, o referido Decreto-Lei restringe fortemente quaisquer possibilidades de progressão até ao final da vida de trabalho dos técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica que hoje tenham mais tempo de serviço”.
Dirigindo-se às bancadas da esquerda, Ângela Guerra enfatizou que “o PSD não pactua com esta visão do Governo, uma visão que desconsidera os profissionais de saúde. O Governo há muito que já devia ter legislado. E devia ter legislado bem, evitando criar injustiças. Mas a verdade é que o Governo parece cada vez mais desejar o confronto com os profissionais de saúde, como aconteceu com médicos e enfermeiros, e agora parece também suceder com os técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica. A verdade é que Portugal tem hoje um Governo cuja incompetência e irresponsabilidade multiplicam as injustiças e as desigualdades entre os cidadãos, tratando uns como filhos e outros como enteados”.
A terminar, Ângela Guerra reiterou a ideia de que “o PSD estará sempre do lado da resolução dos problemas e é com esse espírito que contribuiremos para minorar uma injustiça de que os técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica são vítimas há quase duas décadas”.
12-04-2019 Partilhar Recomendar
14-06-2019
O SNS encontra-se num real “ponto de rotura”
    Ana Oliveira fala numa “guerra de ideologias” para ver quem tem mais dividendos políticos, “ignorando e desrespeitando os portugueses”.
14-06-2019
“O Serviço Nacional de Saúde está doente”
    José de Matos Rosa falou em “quatro anos de degradação, de desinvestimento e de falta de acesso dos utentes”.
14-06-2019
Luís Vales desafia o PS “a preocupar-se com as pessoas e concentrar-se nos gravíssimos problemas do SNS”
    O social-democrata considera que é altura de acabar com o “sectarismo ideológico da extrema-esquerda”.
14-06-2019
Populismo leva o BE a apresentar uma iniciativa já aprovada
    Simão Ribeiro recordou que o fim da cobrança de taxa moderadora nos cuidados de saúde primários já foi aprovado no Grupo de Trabalho da Lei de Bases da Saúde.
12-06-2019
O PS fingiu pretender abrir a farmácia que funcionava no Hospital de Loures
    Ana Oliveira contestou este comportamento e frisou que “a grave situação que o País vive em termos de acesso aos serviços e prestações de saúde só poderá ser ultrapassada com um governo que esteja verdadeiramente ao serviço das pessoas”.
07-06-2019
Deputados do PSD eleitos pela Madeira reúnem com estruturas sindicais dos enfermeiros
    Os parlamentares assinalaram que António Costa “tem maltratado os enfermeiros”.
04-06-2019
Fernando Negrão: não é só discutindo os grandes problemas que os cidadãos se reveem na política
    O Grupo Parlamentar do PSD arrancou com a iniciativa "+Cidadão+Democracia".
30-05-2019
Governo arrastou o SNS para uma “cruel desumanização”
    Cristóvão Norte enumerou um conjunto de consequências da “terrível provação” a que o governo dotou o SNS.
30-05-2019
“Este foi o governo que menos investiu na área da Saúde desde que estamos em democracia”
    Com esta atuação, refere Fátima Ramos, o executivo está a empurrar as pessoas para os privados.
30-05-2019
Dívidas aos bombeiros: ou a Ministra da Saúde mentiu ao Primeiro-Ministro ou o Primeiro-Ministro mentiu ao Parlamento
    Ângela Guerra lembrou que o Presidente da Liga dos Bombeiros desmentiu a informação dada por António Costa de que a dívida estava paga.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas