Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Brexit: governo português não atuou de forma atempada
Carlos Gonçalves lembra que, entre outros aspetos, estão em causa cerca de 400 mil cidadãos portugueses que residem em território britânico.
Carlos Gonçalves considerou importante a Proposta de Lei que visa aprovar medidas de contingência a aplicar na eventualidade de uma saída do Reino Unido da União Europeia sem acordo. Contudo, o parlamentar considera que tendo a decisão do Reino Unido aprovada no referendo de junho de 2016, já lá vão quase três anos, justificava-se que as iniciativas em termos de Plano de Contingência nas diversas áreas tivessem sido apresentadas de forma atempada para permitir uma preparação adequada para dar resposta a uma situação reconhecidamente excecional.
Focando-se no diploma, o social-democrata afirmou que a salvaguarda os direitos dos cidadãos britânicos residentes em Portugal prevista na Proposta assenta no pressuposto de um tratamento equivalente à significativa comunidade portuguesa residente no Reino Unido. “Convém lembrar que estão em causa os direitos dos cidadãos britânicos a residir em Portugal e os direitos, eu diria mesmo, o futuro, de uma comunidade portuguesa que reside em território britânico e que é estimada em cerca de 400 mil cidadãos. Pela importância desta matéria, o Governo deveria ter tido o cuidado de apresentar esta proposta com a devida antecedência para permitir, com tempo, a discussão deste diploma na Assembleia da República”.
Destacando a necessidade de apoio administrativo prestado pelos serviços consulares no Reino Unido aos cidadãos portugueses lá residentes, o parlamentar lamentou que o governo não tenha domado medidas adequadas para que os serviços consulares estivessem capacitados para responder à procura expectável face a uma situação excecional. “A nossa comunidade continua a ter uma enorme dificuldade em conseguir uma simples marcação para o agendamento nos postos consulares existentes no Reino Unido e quando o consegue, o tempo de espera para ser atendido, é, em média, superior a três meses”.
A terminar, Carlos Gonçalves adiantou que, para além das questões dos direitos dos cidadãos, a saída do Reino Unido da União Europeia pode vir a provocar também um enorme impacto na nossa economia, na nossa agricultura, no nosso turismo e até na nossa política externa. “Apesar disso, não existe ainda qualquer estudo oficial que nos permita fazer uma avaliação correta do impacto do Brexit para Portugal e para os portugueses. É caso para perguntar o que é que andou a fazer o Governo?”
27-03-2019 Partilhar Recomendar
26-04-2019
PSD questiona governo acerca da situação consular na cidade brasileira de Santos
    José Cesário, Carlos Páscoa e Carlos Gonçalves questionaram o Ministro dos Negócios Estrangeiros.
16-04-2019
Brexit: Projeto de Resolução do PS “é uma crítica clara ao Governo”
    Carlos Gonçalves considera que o PS não está confortável com o trabalho que o Governo desenvolveu nesta matéria.
27-03-2019
Ensino Superior: PSD quer que o governo crie um regime de incentivos para os estudantes lusodescendentes e portugueses emigrados
    José Cesário lamenta que das 3500 vagas, apenas 247 tenham sido ocupadas no último concurso.
15-03-2019
Deputados do PSD estão apreensivos com o futuro do Ensino de Português em França
    Os sociais-democratas querem explicações do Ministro dos Negócios Estrangeiros.
27-02-2019
PSD questiona governo sobre integração dos professores do Ensino Português no Estrangeiro nos concursos do ensino básico e secundário
    José Cesário, Carlos Gonçalves e Carlos Páscoa querem explicações do Executivo.
15-02-2019
Venezuela: “Maduro já não tem condições para continuar no poder”
    Fernando Negrão reiterou o apoio do PSD a Juan Gaidó.
06-02-2019
“Aguardar 1000 dias por uma consulta é fortalecer o SNS?”
    No debate quinzenal com o Primeiro-Ministro, Fernando Negrão lamentou que António Costa não “sinta vergonha de ter feito parte do governo que deixou o país em bancarrota”.
01-02-2019
António Ventura exige solidariedade da França para as Políticas Comuns
   
17-01-2019
Brexit: impreparação do governo fragiliza cidadãos e empresas
    Inês Domingos considera “lamentável” e “inadmissível” a inoperância do governo.
17-01-2019
Brexit: PSD recomenda a implementação de um Plano de Ação de Contingência
    Rubina Berardo considera que o governo tem de “acelerar o passo” e acautelar os diferentes cenários.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas