Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“A propriedade Intelectual assume hoje um papel de enorme relevância para o crescimento económico”
A afirmação foi proferida por Andreia Neto, que defendeu ainda o alargamento das competências do Tribunal da Propriedade Intelectual.
O Parlamento apreciou, esta quinta-feira, um Projeto de Lei que visa alterar a Lei de Organização do Sistema Judiciário, aditando a competência do Tribunal da Propriedade Intelectual. Em representação do PSD, Andreia Neto começou por reconhecer que a propriedade Intelectual assume hoje um papel de enorme relevância para o crescimento económico, para a criação de emprego e para o desenvolvimento do sistema de inovação, conquistando uma importância crescente no valor das empresas, tanto de caráter tecnológico como comercial.
Nesse âmbito, o Tribunal da Propriedade Intelectual criado aquando da Lei da Organização do Sistema Judiciário em 2013, teve o propósito de agilizar a tramitação dos processos judiciais no âmbito do Direito da Propriedade Intelectual, concentrando todos os processos existentes num único Tribunal com jurisdição nacional e com competência exclusiva e restrita. Contudo, reconhece a parlamentar, tendo por base as necessidades da especialização que estiveram na origem da criação deste Tribunal, aquela que hoje é aqui proposta e que dizem respeito ao alargamento da esfera de competência daquele tribunal, faz todo o sentido. “Uma vez que o Tribunal de Propriedade Intelectual não tem qualquer competência para julgar decisões em processos de contraordenação em matéria de direitos de autor e conexos, designadamente o recurso das decisões da Inspeção Geral das Atividades Económicas, aditar essa competência para julgar recursos de decisões em processos de contraordenação em matéria de direitos de autor e conexos, designadamente o recurso das decisões da IGAC nesta matéria, faz todo o sentido. Ou seja, dada a complexidade processual que está naturalmente inerente a estas matérias parece nos razoável manter a competência para os julgamentos de recurso na esfera dos tribunais atualmente competentes”.
A terminar, Andreia Neto frisou que o reconhecimento crescente, pelos agentes económicos, da importância e das vantagens associadas à utilização deste Tribunal tem conduzido a um aumento da procura pelos serviços prestados pelas autoridades públicas que detêm responsabilidades na área da proteção dos direitos de propriedade industrial, circunstância que acentua a premência na busca contínua de soluções que lhes permitam dar uma resposta célere e ajustada às reais necessidades dos cidadãos e das empresas.

10-01-2019 Partilhar Recomendar
08-03-2019
PSD favorável a alterações ao Código de Processo do Trabalho que tornem o sistema mais “eficiente, eficaz e célere”
    A posição dos sociais-democratas foi expressa pela deputada Susana Lamas.
07-02-2019
PSD recomenda a adoção de medidas urgentes em matéria de registos e notariado
    A iniciativa dos sociais-democratas foi apresentada por Emília Cerqueira.
30-01-2019
Carlos Peixoto desafia CDS a integrar um pacto para a justiça
    O Vice-Presidente da bancada do PSD recordou que os sociais-democratas apresentaram a todos os partidos uma proposta para melhorar o sistema de justiça.
30-01-2019
Violência contra as mulheres: é preciso passar do diagnóstico à ação
    Sandra Pereira lamentou que muito tenha ficado por fazer nos últimos anos.
30-01-2019
Os portugueses querem um governo que lute contra a corrupção
    Álvaro Batista colocou em evidência a inação da governação das esquerdas nesta matéria.
25-01-2019
Fernando Negrão acusa Governo de estar a “destruir o Serviço Nacional de Saúde”
    O líder da bancada do PSD lamentou a desumanidade e insensibilidade social manifestada pelo Primeiro-Ministro.
24-01-2019
PSD quer o Provedor de Justiça a coordenar e monitorizar a aplicação da Convenção sobre os Direitos da Criança em Portugal
    A proposta dos sociais-democratas foi apresentada por Andreia Neto.
16-01-2019
“Os advogados estagiários não podem ser os «novos escravos»”
    Sandra Pereira considera que “o país deve refletir sobre as condições de exercício da advocacia”.
16-01-2019
PSD não desiste da criminalização do enriquecimento ilícito
    Andreia Neto refere que o PSD não se cansará de continuar a procurar uma solução para criminalizar esse tipo de comportamentos.
11-01-2019
Sandra Pereira: “os crimes sexuais merecem o nosso mais profundo repúdio”
    No debate sobre alterações ao Código Penal a deputada alertou que manda a prudência que as alterações legislativas não se façam “a reboque da pressão mediática”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas