Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD exige que o governo garanta a continuidade da assistência da população abrangida pelo Hospital de Braga
Os sociais-democratas estão preocupados com o futuro da gestão desta unidade hospitalar.
Os deputados do PSD querem explicações, por parte da Ministra da Saúde, sobre o futuro da gestão do Hospital de Braga. Numa pergunta dirigida à governante, os parlamentares recordam que o Hospital de Braga (HB), inaugurado em maio de 2011, é uma unidade hospitalar do Serviço Nacional de Saúde (SNS) gerida em modelo de Parceria Público-Privada, e que serve uma população na ordem dos 1,2 milhões de pessoas, principalmente dos distritos de Braga e de Viana do Castelo. Reconhecidamente um hospital de excelência, o HB tem consistentemente revelado um elevado desempenho e uma crescente atividade clínica, como o demonstram os respetivos indicadores assistenciais.
Sublinhando que se trada de um Hospital classificado como “Muito Bom”, constando sistematicamente entre os melhores hospitais do SNS e considerado pelo Tribunal de Contas com o “eficiente na utilização dos recursos”, os deputados recordam que terminando o contrato atual do HB em agosto de 2019, o Governo não cuidou de promover a realização de um novo concurso para a gestão daquele equipamento hospitalar do SNS.
Aliado a isso, adiantam, a Ministra da Saúde afirmou que “no final do atual contrato, em agosto de 2019, não tendo até agora havido um novo concurso, ele não poderá ser concluído de forma a acautelar um novo concurso com efeitos a agosto de 2019. Portanto, tem que se encontrar uma de duas soluções: ou o regresso à esfera pública ou a continuação em condições excecionais do atual modelo de gestão”. “A referida governante acrescentou na mesma ocasião, ainda, que, tendo o executivo suscitado, junto do parceiro privado, a possibilidade, «na pendência da organização do processo de um novo concurso para uma nova PPP, de se prolongar o atual contrato nas mesmas condições e tanto quanto é do conhecimento, houve já uma indisponibilidade definitiva do parceiro privado para continuar a operar». Verdade é que, em face das referidas declarações ministeriais, o parceiro privado veio hoje esclarecer, em comunicado que «mostrou-se desde o primeiro momento, disponível para o prolongamento do contrato de gestão da PPP do Hospital de Braga, dentro do atual modelo contratual, desde que esclarecidas as condições de execução do contrato e de sustentabilidade financeira da parceria». Significa isto que o processo negocial não deve considerar-se esgotado, considerando o Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata que constituirá um erro grave, com elevados custos para o Estado e que acarreta inegáveis prejuízos para os utentes do Serviço Nacional de Saúde, a reversão de uma parceria público-privada que demonstra ser eficiente e vantajosa para os cidadãos e o País”.
No documento, entregue na Assembleia da República, os sociais-democratas expressam a “sua forte preocupação relativamente aos cidadãos residentes nos distritos de Braga e de Viana do Castelo, servidos pelo HB, e entende dever advertir o Governo, formalmente, para as consequências imprevisíveis de uma decisão tomada de forma atabalhoada e pouco transparente”. Os deputados exigem mesmo que o governo:
Garanta ao País a continuidade da assistência da população abrangida pelo Hospital de Braga, independentemente do modelo de gestão;
Explique exaustivamente, perante a Assembleia da República, quais as motivações, custos e impacto para o Estado e para os doentes de uma eventual reversão da gestão para a esfera do Estado;
Apresente um estudo de custo-oportunidade de não continuação do contrato de gestão sob modelo PPP vs. reversão para gestão pública”.

Os sociais-democratas querem ainda que a Ministra revele quando pretende decidir o governo qual o futuro regime de gestão para o Hospital de Braga, por que razão não desencadeou o governo um novo concurso para a futura gestão no Hospital de Braga, se pretende o governo assumir a gestão pública do Hospital de Braga ou lançar um novo concurso para aquele efeito. “Garante o Governo a atual continuidade da assistência da população abrangida pelo Hospital de Braga, independentemente do modelo de gestão que vier a ser aprovado? Quais foram as motivações, quais os custos e qual o impacto para o Estado e para os utentes do Hospital de Braga, decorrentes de uma eventual reversão da gestão para a esfera do Estado? Dispõe o Governo de algum estudo de custo-oportunidade de não continuação do contrato de gestão sob modelo PPP vs. reversão para gestão pública?”, são outras das questões colocadas pelos deputados.

14-12-2018 Partilhar Recomendar
11-09-2019
“Fracasso, ilusão e desorganização é a trilogia triste que caracteriza a forma como António Costa governou”
    Adão Silva declarou que “nunca um governo cobrou tanto dinheiro em impostos e nunca um governo deixou degradar tanto os serviços públicos que deviam servir os cidadãos”.
19-07-2019
Nova Lei de Bases da Saúde não vai melhorar o acesso à saúde dos portugueses
    Ricardo Baptista Leite criticou os socialistas por se terem “encostado à esquerda radical”.
19-07-2019
“Esquerdas-unidas demonstraram o seu total desprezo pelos técnicos superiores das áreas de diagnóstico e terapêutica”
    Na base da acusação de José António Silva está o chumbo da iniciativa do PSD.
19-07-2019
“Vivemos a fase mais negra da história do SNS”
    Ricardo Baptista Leite fala em degradação do acesso dos utentes, numa crescente tensão social dos profissionais e numa desumanização do SNS.
10-07-2019
“O Primeiro-Ministro falhou na proteção da saúde dos portugueses”
    Ricardo Baptista Leite enumerou um conjunto de promessas que António Costa fez e não cumpriu.
05-07-2019
PSD defende a inclusão nos currículos escolares do ensino de suporte básico de vida e desfibrilhação
    Simão Ribeiro enfatiza que “a literacia em saúde é fundamental” e ajuda a salvar vidas.
04-07-2019
PSD disponível para contribuir para uma boa lei sobre ensaios clínicos de medicamentos para uso humano
    Sublinhando a inegável complexidade da matéria, Isaura Pedro sinalizou matérias que merecem uma ponderação cuidada.
02-07-2019
“Este governo é o campeão da destruição dos serviços públicos”
    Clara Marques Mendes afirmou que “o Governo fala dos pobres, mas desfavorece-os; prega a solidariedade, mas não a pratica”.
27-06-2019
Saúde: Miguel Santos considera que “foram 4 anos perdidos”
    O social-democrata considera que são 4 anos que vão ser muito complicados de recuperar.
27-06-2019
Saúde: “governo falha todos os dias para com os cidadãos mais vulneráveis”
    Ricardo Baptista Leite sublinhou que “quem não vai ao terreno, quem não fala com os doentes, quem não ouve os profissionais, nunca poderá ter noção das dificuldades dos cidadãos, nem de como governar adequadamente o país”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas