Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Atrasos e dívidas do governo afetam a saúde dos madeirenses
Sara Madruga da Costa e Rubina Berardo reuniram com o Secretário Regional da Saúde.
As deputadas Sara Madruga da Costa e Rubina Berardo e o Secretário Regional da Saúde, Pedro Ramos, estão de acordo: é urgente que a ADSE acelere o pagamento dos reembolsos aos beneficiários na Madeira, e o novo Hospital do Funchal só será uma realidade devido aos esforços do PSD e do Governo Regional.
“Os beneficiários da ADSE têm sentido grandes constrangimentos no seu dia-a-dia derivado dos atrasos dos reembolsos”, alertou a deputada social-democrata Sara Madruga da Costa, sublinhando que os “problemas têm origem” em Lisboa, pois é o Governo da República quem tem competências nesta área.
A parlamentar madeirense falou esta semana aos jornalistas à saída de uma reunião de trabalho no Funchal com Pedro Ramos, onde a questão do novo hospital foi central. “A aprovação do Hospital da Madeira [como Projeto de interesse Comum] pelo Conselho de Ministros foi o culminar de um trabalho intenso e de muita persistência e pressão do Governo Regional e do PSD”, lembrou Sara Madruga da Costa, apontando a pressão política exercida pelos deputados social-democratas e pelo executivo regional como fundamental para o desenrolar do processo.
Também o secretário regional da Saúde, destacou o papel do PSD e do Governo Regional na concretização deste projeto. Uma decisão, diz Pedro Ramos, que se peca por tardia. “Este projeto foi aprovado por unanimidade em julho de 2018, e a decisão do Conselho de Ministros não poderia ser outra”, explicou, insistindo: “Vem com três anos de atraso”.
“Após a nossa denúncia na semana passada e depois de um atraso de três anos o Governo da República finalmente aprovou a candidatura do Governo Regional para o novo Hospital da Madeira”, concordou Sara Madruga da Costa, acrescentando que a nova fase vai igualmente “exigir muito trabalho” da parte da Região, para que a República aprove um cronograma financeiro, com cabimento já no próximo Orçamento de Estado.
Noutro plano, a deputada em São Bento, recordou aos jornalistas que são os próprios responsáveis nacionais pela ADSE, a reconhecer que os atrasos no pagamento de reembolsos na Madeira são responsabilidade do governo da República. “Na audição ao Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, o Engenheiro João Proença reconheceu [perante os deputados na Assembleia da República] que os atrasos no pagamento dos reembolsos são da responsabilidade do Governo da República e não do Governo Regional”, disse Sara Madruga da Costa, acrescentando que na mesma audição João Proença, que preside ao Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, admitiu ser fundamental alargar a cobertura da ADSE na Região Autónoma.
“É preciso esclarecer a população. O Governo Regional está envolvido num processo do qual não tem qualquer responsabilidade”, completou Pedro Ramos, frisando que a Região está a cumprir com todas as obrigações perante a ADSE, que continua a falhar com os madeirenses. “Não existe qualquer dívida da Região para com a ADSE. O que existe é uma dívida da ADSE para com a Região.”

04-10-2018 Partilhar Recomendar
28-09-2018
O Hospital da Madeira não pode ser arma de arremesso político
    Sara Madruga da Costa lamenta que o governo tenha demorado três anos a tomar uma decisão sobre uma infraestrutura que é fundamental para os madeirenses.
28-09-2018
Sara Madruga da Costa desafia partidos da Geringonça a aprovarem taxa de IVA reduzida para a Investimentos Habitacionais da Madeira
    A deputada considera “inaceitável” que duas entidades que prosseguem os mesmos objetivos tenham “um tratamento fiscal completamente diferente”.
26-09-2018
Os portugueses não podem confiar na palavra do Primeiro-Ministro
    A propósito do Infarmed, Fernando Negrão lembrou a António Costa que “quem não tem palavra não tem credibilidade”.
21-09-2018
Madeira: Sara Madruga da Costa reúne com delegação regional da Ordem dos Psicólogos
    A deputada lamentou que o governo da República não siga o exemplo dado pelo governo Regional na contratação de profissionais.
20-09-2018
Saúde: “a realidade contraria a propaganda do governo”
    Ricardo Baptista Leite considerou “antissocial e totalmente incompreensível” a decisão do governo de excluir todos os doentes com necessidades paliativas da Rede Nacional de Cuidados Continuados.
19-09-2018
Fátima Ramos participa nas cerimónias do 39º aniversário do Serviço Nacional de Saúde
    A deputada destacou a importância destas iniciativas num momento em que o SNS vive várias dificuldades.
13-07-2018
“A geringonça está a mutilar o Serviço Nacional de Saúde”
    Adão Silva considera que a atual governação originou um “SNS mutilado, claudicante e sem servir às pessoas”.
12-07-2018
Governo volta a falhar no Hospital de Santarém
    Os deputados eleitos pela Região constataram essa realidade após reunirem com a Administração do Hospital Distrital de Santarém.
12-07-2018
“A Madeira e os madeirenses estão a ser vítimas de um boicote por parte do governo”
    Segundo Paulo Neves a atitude do executivo caracteriza-se pelo incumprimento das promessas e da Lei.
06-07-2018
Promessa de nova esquadra da PSP em Porto Santo continua por cumprir
    Sara Madruga da Costa afirmou esperar que o governo não volte atrás com a sua palavra.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas