Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD questiona Ministra do Ambiente sobre Plano Nacional de Barragens
Sociais-democratas levantaram questões sobre os estudos de impacte ambiental existentes e sobre as barragens do Fridão e de Vale do Tâmega

A Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território e Poder Local ouviu, esta terça-feira, a Ministra do Ambiente esclarecer um conjunto de questões sobre o Programa Nacional de Barragens com elevado Potencial Hidroeléctrico. Da parte do PSD, António Leitão Amaro começou por lamentar a ausências de respostas da Ministra para as enumeras questões levantadas quer pelos sociais-democratas, quer pelos outros partidos, estudiosos e mesmo pelas populações afectadas pela construção das novas barragens. O deputado esclareceu que, pelo lado do PSD, não existe qualquer oposição à construção de barragens e ao aproveitamento dos recursos hídricos. O que os sociais-democratas não querem é que essas construções sejam realizadas a qualquer custo, sem considerar as alternativas, os impactos, sem promover o desenvolvimento local e sem assegurar o esclarecimento das populações. Para Leitão Amaro a actuação do Governo foi completamente “desastrada” e exemplo disso são as inúmeras falhas existentes nos estudos de impacte ambiental.

O social-democrata afirmou não perceber os motivos que levam o Governo a ocultar alguns estudos existentes e lembrou à Ministra que a Assembleia da República é uma autoridade nacional e que os deputados além do direito, têm o dever de receber e fiscalizar os projectos que vêm do Governo. António Leitão Amaro acusou ainda o Governo de “leviandade” pelo facto de ter assinado contratos para a construção das barragens, antecipado assim receitas, sem que todos os estudos estivessem aprovados.

O deputado concluiu a sua intervenção afirmando que o PSD é favorável à realização deste projecto desde que feito de  forma “limpa e transparente” e apelou para que a Ministra possa trazer “luz e transparência a este processo”.

Luísa Roseira centrou a sua intervenção na barragem do Fridão e recomendou à Ministra do Ambiente que se desloque a Amarante, sinta o ambiente e veja as reacções das populações à construção de mais uma barragem. Luísa Roseira alertou para o facto de, com a execução desta obra, o concelho de Amarante ficar emparedado entre duas barragens. A deputada terminou a sua intervenção recordando uma imagem de cheias registadas em 2002 e quis saber se com a construção da barragem de Fridão estas situações vão tornar-se mais frequentes.

Por fim, interveio o António Cabeleira. O social-democrata fez uma breve intervenção apenas para questionar a Ministra sobre a barragem de Vale do Tâmega. O deputado mostrou a sua intenção de saber qual a quota que a barragem vai ter e quais os impactos que isso terá para a região.

06-04-2010 Partilhar Recomendar
Conceição Jardim Pereira questiona Ministra do Ambiente sobre a Lagoa de Óbidos
Luísa Roseira questiona Ministra do Ambiente sobre o impacto da barragem de Fridão no concelho de Amarante
António Cabeleira questiona Ministra do Ambiente sobre a barragem de Vale do Tâmega
12-06-2019
“A cada minuto 7 mil pontas de cigarro são atiradas para o chão em Portugal”
    Chocada com o número, Berta Cabral enfatizou que “a prevenção é a palavra chave no âmbito da defesa do ambiente”.
05-06-2019
“O combate às alterações climáticas e a descarbonização da economia não se compadecem com narrativas nem propagandas”
    Bruno Coimbra lamentou que o governo tenha decidido abrandar o caminho e reverter e afrouxar o ímpeto reformista imposto pelo anterior governo.
05-06-2019
Passes sociais: uma boa medida, com um mau modelo
    António Costa Silva enfatizou que não é por se repetir muitas vezes a mentira de que o PSD é contra os passes sociais que essa mentira se torna verdade.
05-06-2019
PSD vai apresentar ao país um plano de emergência para o setor dos transportes
    Carlos Silva sublinhou que os sociais-democratas pretendem dar resposta à degradação do serviço público de transporte de passageiros.
15-05-2019
Ambiente: preferir os anúncios ao desempenho e a propaganda à ação só pode trazer maus resultados no futuro
    Bruno Coimbra deixou o alerta: “Portugal está na primeira fila dos países europeus que são e serão mais afetados pelas alterações climáticas”.
15-05-2019
Autonomia dos sistemas multimunicipais de água tem sido gravemente prejudicada
    Maurício Marques alerta que a ação do governo está a criar estrangulamentos nos investimentos necessários.
15-05-2019
Seca: medidas velhas que não acompanham as novas realidades
    Sublinhando que Portugal é um país particularmente vulnerável às alterações climáticas, Emília Cerqueira frisou que precisamos de novas abordagens para mitigar estes problemas.
15-05-2019
Berta Cabral: Programa Casa Eficiente 2020 “foi um fiasco e um logro”
    A deputada denunciou que a taxa de execução deste Programa é inferior a 1%.
15-05-2019
Nível de execução do PO SEUR “é um desastre”
    António Costa Silva lamentou que o governo não esteja a aproveitar os financiamentos que são 85% a fundo perdido.
15-05-2019
Declaração de estado de emergência climática é uma ação simbólica ou implica a adoção de medidas concretas?
    Jorge Paulo Oliveira questionou os bloquistas sobre o objetivo das suas propostas.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas