Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“A Madeira e os madeirenses estão a ser vítimas de um boicote por parte do governo”
Segundo Paulo Neves a atitude do executivo caracteriza-se pelo incumprimento das promessas e da Lei.
O Parlamento apreciou, esta quinta-feira, a Proposta de Lei da Assembleia Legislativa da Madeira que visa alterar a Lei que regula a atribuição de um subsídio social de mobilidade aos cidadãos beneficiários, no âmbito dos serviços aéreos e marítimos entre o Continente e a Região Autónoma da Madeira e entre esta e a Região Autónoma dos Açores, prosseguindo objetivos de coesão social e territorial.
Considerando a Proposta “muito oportuna”, Paulo Neves adiantou que esta é uma iniciativa que atualiza todo o processo de atribuição do subsídio de mobilidade aos residentes no arquipélago da madeira. “Uma atualização que, pelo PSD, já deveria ter sido feita há muito. Elogiamos igualmente o facto desta proposta ter sido elaborada e aprovada por todos os partidos com assento na Assembleia Legislativa da Madeira. Este facto demonstra claramente a importância desta matéria para a Madeira e para os madeirenses. É uma matéria consensual e urgente. O PSD espera que todos os partidos representados na Assembleia da República acompanhem o sentido de voto expresso pelos nossos colegas no Parlamento da Madeira.”
De seguida, o social-democrata enfatizou que “a Madeira e os madeirenses estão a ser vítimas de um boicote por parte do governo da República, um autentico «cerco» às instituições autonómicas. Desde logo uma total falta de respeito institucional para com o governo legítimo dos madeirenses. Com o aproximar das eleições regionais o cerco aperta-se ainda mais. O governo da República, em relação à Madeira, tem manifestado uma estratégia que se pode resumir da seguinte maneira: o que promete não cumpre, o que a lei obriga a cumprir também não cumpre”.
De acordo com as palavras de Paulo Neves, exemplos não faltam: “o governo do PS na República (apoiado pelo Bloco e pelo PCP) recusa-se a pôr ordem na eficiência da TAP em relação à Madeira, recusa-se a obrigar a TAP a ter preços de mercado e não abusivos em relação à madeira, recusa-se a apoiar a mobilidade aérea de mercadorias, recusa-se a apoiar a mobilidade marítima para passageiros e carga e também quanto à legislação que regula o subsídio de mobilidade para a Madeira tem-se recusado, ao longo de toda a legislatura, aceitar as propostas do governo da Madeira e do PSD”.

12-07-2018 Partilhar Recomendar
10-05-2019
Bancadas do PS, BE e PCP “são a lavandaria política do governo socialista”
    No debate sobre o Fundo de Solidariedade Europeu, Rubina Berardo acusou as bancadas da esquerda de branquearem a atuação do governo.
10-05-2019
Sara Madruga da Costa destaca o bom exemplo do funcionamento dos Serviços dos Registos e Notariado na Madeira
    A deputada reuniu com a Conservadora do Registo Predial do Funchal.
26-04-2019
Governo utiliza a precariedade como arma de arremesso político contra a Madeira
    Sara Madruga da Costa deu o exemplo do que se passa com a RTP Madeira e com a Universidade da Madeira.
17-04-2019
Defender o CINM é defender a Madeira
    Os sociais-democratas eleitos pela região reuniram com a Associação dos Profissionais do Centro Internacional de Negócios da Madeira.
11-04-2019
Sara Madruga da Costa lança repto a todos os partidos para a defesa do Centro Internacional de Negócios da Madeira
    A deputada recordou a importância deste Centro para a economia regional e para a preservação dos postos de trabalho nele gerados.
04-04-2019
PSD defende o fim do tratamento diferenciado dos trabalhadores da RTP Madeira
    Os sociais-democratas apresentaram um Projeto de Resolução nesse sentido.
29-03-2019
Brexit: Sara Madruga da Costa exige reforço dos trabalhadores Aduaneiros e do SEF na Madeira
    A deputada enfatiza que o governo não preparou atempadamente o país para os impactos do Brexit.
28-03-2019
Sara Madruga da Costa desafia o governo a seguir “o bom exemplo da Madeira”
    Em causa o descongelamento das carreiras dos enfermeiros e dos professores.
21-03-2019
PSD exige reforço dos funcionários aduaneiros na Madeira e no Porto Santo
    Os sociais-democratas consideram esse reforço crucial para minimizar os impactos do Brexit na Região.
14-03-2019
Deputados contestam exclusão da Madeira da criação de gabinetes de Atendimento a Vítimas de Violência de Género
    Os sociais-democratas querem explicações do Primeiro-Ministro sobre esta opção.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas