Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Deputados do PSD acusam Governo de irresponsabilidade total na gestão das 35 horas nos hospitais
Duarte Marques, Teresa Leal Coelho e Nuno Serra estiveram no terreno a avaliar as consequências da decisão do executivo.
Os Deputados do PSD eleitos por Santarém reuniram, esta terça-feira, com a Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo com o objetivo de avaliar o impacto da alteração do horário de trabalho semanal das 40 para as 35 horas, em particular dos enfermeiros, assistentes operacionais, assistentes administrativos e técnicos de diagnóstico.
Duarte Marques, Teresa Leal Coelho e Nuno Serra estiveram no Hospital de Torres Novas, onde ficaram a conhecer a difícil situação das três unidades deste Centro Hospitalar. Dos 50 enfermeiros pedidos pela Administração para compensar a alteração das 35 horas, apenas 19 foram autorizados e mesmo esses já praticamente com o novo horário em vigor o que impede a sua contração em tempo útil. Neste momento ainda nenhum destes 19 enfermeiros está contratado.
A somar a estas dificuldades junta-se o atraso do Governo na autorização de substituições de enfermeiros de baixa ou de licença que no caso do CHMT são 70, isto é 10% dos enfermeiros. Ou seja, neste momento dos 120 enfermeiros pedidos pelo CHMT apenas 19 foram autorizados. Entretanto a Administração tomou medidas adequadas à redução de horário de trabalho que passam sobretudo pela redução de camas em várias enfermarias, em particular na unidade de Abrantes.
Segundo Duarte Marques o governo revela uma “irresponsabilidade total quando sabe que estas alterações exigem mais pessoal e deixa para o dia da entrada em vigor da lei a autorização para contratar os enfermeiros necessários e mesmo assim só permite a contratação de pouco mais de 15% do pessoal que faz falta”.
O Deputado do PSD que acompanha as questões da saúde no distrito de Santarém acusa ainda o governo de “não ter acautelado a contratação atempada de profissionais e por isso assistimos agora uma autêntica guerra entre hospitais a tentar contratar os mesmos profissionais” (...) “processos de contratação não se fazem em meia dúzia de dias e as saídas de uns hospitais para outros acentuam toda esta instabilidade”.
Duarte Marques acrescenta ainda que alteração surge na pior fase do ano pois é a que “cria mais impacto nas equipas dos hospitais já que muitos profissionais se encontram de férias e esta alteração a ocorrer agora só vem agravar ainda mais a situação”.
Os Deputados do PSD eleitos por Santarém responsabilizam diretamente o Primeiro-Ministro António Costa por “dar cobertura ao garrote financeiro imposto pelo Ministro das Finanças e por não ter permitido ao Ministro da Saúde acautelar a tempo os impactos das 35 horas nos hospitais.”
Nos próximos dias os Deputados deverão visitar o Hospital Distrital de Santarém com o mesmo objetivo.

04-07-2018 Partilhar Recomendar
04-10-2018
“Só fala constantemente do passado quem tem medo do presente e de assumir as responsabilidades”
    Simão Ribeiro desafiou os partidos da esquerda a assumirem as suas responsabilidades pelos problemas nos serviços públicos.
04-10-2018
Atrasos e dívidas do governo afetam a saúde dos madeirenses
    Sara Madruga da Costa e Rubina Berardo reuniram com o Secretário Regional da Saúde.
04-10-2018
Como vota o PCP se o Orçamento voltar a ignorar as necessidades do distrito de Santarém?
    A questão foi colocada por Nuno Serra à bancada comunista.
01-10-2018
Deputados do PSD reúnem com a Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo
    Os sociais-democratas eleitos pelo distrito de Santarém saíram da reunião preocupados com a falta de investimento e com o fracasso da descentralização.
28-09-2018
O Hospital da Madeira não pode ser arma de arremesso político
    Sara Madruga da Costa lamenta que o governo tenha demorado três anos a tomar uma decisão sobre uma infraestrutura que é fundamental para os madeirenses.
26-09-2018
Os portugueses não podem confiar na palavra do Primeiro-Ministro
    A propósito do Infarmed, Fernando Negrão lembrou a António Costa que “quem não tem palavra não tem credibilidade”.
20-09-2018
Saúde: “a realidade contraria a propaganda do governo”
    Ricardo Baptista Leite considerou “antissocial e totalmente incompreensível” a decisão do governo de excluir todos os doentes com necessidades paliativas da Rede Nacional de Cuidados Continuados.
19-09-2018
Fátima Ramos participa nas cerimónias do 39º aniversário do Serviço Nacional de Saúde
    A deputada destacou a importância destas iniciativas num momento em que o SNS vive várias dificuldades.
18-07-2018
PSD defende o reforço do número de profissionais no Hospital de Cantanhede
    Os sociais-democratas exigem respostas do Ministro da Saúde sobre a situação desta unidade hospitalar.
13-07-2018
“A geringonça está a mutilar o Serviço Nacional de Saúde”
    Adão Silva considera que a atual governação originou um “SNS mutilado, claudicante e sem servir às pessoas”.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas