Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD quer levantar o véu sobre os favores prestados pela Caixa a projetos que não tinham nenhuma viabilidade
Inês Domingos afirmou que o governo usa “portugueses depositantes e clientes cumpridores como escudo para encobrir os grandes incumpridores”.
“O debate de hoje é pouco mais do que uma encenação, uma tentativa de branqueamento por parte do governo sobre o que foi uma teia de interesses socialista insidiosa que se alastrou na sociedade portuguesa entre 2005 e 2011”. Foi com estas palavras que Inês Domingos iniciou a sua intervenção, esta quinta-feira, no debate de iniciativas sobre a transparência do setor bancário. De acordo com a parlamentar, o governo veio agora tirar da gaveta um diploma com um ano e meio apenas para “desviar um debate sobre a transparência relativamente a grandes créditos em incumprimento, para transformar num debate de uma relação com o Fisco. O Secretário de Estado usa portugueses depositantes e clientes cumpridores como escudo humano para encobrir os grandes incumpridores”.
De seguida, a deputada recordou ao Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais que o problema não são os cidadãos que trabalham e poupam ao longo da vida. “O problema é aumentar a transparência relativamente aos grandes incumpridores e quais foram os custos para a sociedade portuguesa. É por isso que se bate o PSD, e que se deviam bater todos os deputados desta casa. Desde o início da primeira Comissão de Inquérito à Caixa que o PSD tem lutado no Parlamento para que se conheçam os maiores créditos em incumprimento do Banco Público. Os tribunais deram razão ao PSD e exigiram que se cumprisse o nosso pedido. Mas foi talvez por isso, que a maioria socialista, bloquista e comunista rejeitou essa possibilidade fazendo cair a primeira comissão de inquérito.”
Dirigindo-se às bancadas da esquerda, Inês Domingues enfatizou que “o que o PSD quer fazer é levantar o véu sobre que favores foram prestados pelo banco público e pelos bancos que receberam o apoio público a projetos que não tinham nenhuma viabilidade, a troco nem se sabe bem de quê”.
A terminar, a deputada garantiu que “o PSD não se desvia do caminho e acreditamos que no final desta triste história os portugueses vão sair vitoriosos e a democracia será fortalecida e não envergonhada”.

17-05-2018 Partilhar Recomendar
05-04-2019
“Bloco de Esquerda apoia um governo que já injetou mais de 8 mil milhões de euros nos bancos”
    A acusação foi deixada por António Leitão Amaro no debate sobre alterações aos códigos fiscais.
05-04-2019
Previsibilidade fiscal: mais uma promessa socialista que não foi cumprida
    Cristóvão Crespo refere que, em média, o governo muda a lei a cada 3 ou 4 meses.
05-04-2019
“Em 2017 o PSD travou uma proposta do PS que representava uma verdadeira borla fiscal à banca”
    Inês Domingos recordou que em causa estavam alterações ao tratamento dos ativos por impostos diferidos.
15-03-2019
Cativações impediram as entidades reguladoras de efetuar investigações muito importantes
    Para Carlos Silva esta é claramente uma situação lesiva dos interesses do Estado e dos portugueses.
14-03-2019
Para o Bloco a independência do Banco de Portugal só foi efetiva com a presença do Dr. Louçã no Conselho Geral
    Conceição Bessa Ruão criticou a postura dos bloquistas.
13-03-2019
“Governo foge a sete pés da responsabilidade de avaliar a idoneidade de Tomás Correia”
    Adão Silva acusa o executivo de “condescendência” e “cumplicidade”.
07-03-2019
Novo Banco: “queremos conhecer tudo em nome do interesse dos portugueses”
    Adão Silva exigiu explicações a António Costa sobre a “trapalhada” que se revelou a solução encontrada para o Novo Banco.
15-02-2019
Comissão de Inquérito à Caixa: “tudo deve ser apurado, doa a quem doer”
    Duarte Pacheco declarou que o ocorrido na Caixa “é uma verdadeira vergonha”.
06-02-2019
“Aguardar 1000 dias por uma consulta é fortalecer o SNS?”
    No debate quinzenal com o Primeiro-Ministro, Fernando Negrão lamentou que António Costa não “sinta vergonha de ter feito parte do governo que deixou o país em bancarrota”.
30-01-2019
Caixa: “BE, PCP e PS tudo fizeram para que os portugueses não soubessem a verdade”
    Duarte Pacheco frisa que “é tempo de os portugueses saberem a verdade”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas