Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD questiona Ministro das Finanças sobre a degradação da Rede Consular
Os deputados consideram que as medidas orçamentais excessivamente restritivas “penalizam fortemente as Comunidades Portuguesas”.
Segundo os deputados José Cesário, Carlos Gonçalves e Carlos Páscoa, desde há bastante tempo que variadíssimos conselheiros das comunidades portuguesas e outros dirigentes comunitários têm vindo a denunciar a delicadíssima situação que se vive na rede consular portuguesa em diferentes países, um pouco por todo o Mundo, com uma degradação assinalável do atendimento ao público.
Recordam os parlamentares que o atual Governo, através dos responsáveis do Ministério dos Negócios Estrangeiros, tem anunciado sucessivas medidas para corrigir esta dificílima situação, “mas a verdade é que a sua execução tem vindo a ser adiada em resultado de medidas orçamentais excessivamente restritivas e desvalorizadoras do serviço público. Desta forma, a redução do horário semanal dos funcionários, o normal processo de aposentação e o desinvestimento na contratualização externa dos centros de atendimento telefónico e eletrónico traduziram-se, nos últimos dois anos, numa redução real de mais de 200 colaboradores da rede externa, o que se repercute hoje no gritante aumento das dificuldades de atendimento”.
Para os deputados, esta situação penaliza fortemente as Comunidades Portuguesas no estrangeiro, que em certos países são obrigados a esperar largos meses pelo simples atendimento para atos administrativos muito simples, e os estrangeiros que pretendem visitar o nosso País, que muitas vezes se veem impedidos de obter os respetivos vistos em tempo útil, com graves implicações para a nossa economia.
Tendo em conta esta realidade, sociais-democratas querem que o Ministro das Finanças,
enquanto responsável pela gestão orçamental de todo o Governo, diga quantos funcionários técnicos e administrativos serão recrutados no corrente ano para os postos consulares portugueses no estrangeiro, quando ocorrerão os sucessivamente anunciados concursos para chefes de chancelaria para os postos que neste momento não possuem chefias intermédias e quantos novos funcionários técnicos e administrativos foram admitidos desde 2016 para os
serviços periféricos externos do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

03-05-2018 Partilhar Recomendar
26-04-2019
PSD questiona governo acerca da situação consular na cidade brasileira de Santos
    José Cesário, Carlos Páscoa e Carlos Gonçalves questionaram o Ministro dos Negócios Estrangeiros.
16-04-2019
Brexit: Projeto de Resolução do PS “é uma crítica clara ao Governo”
    Carlos Gonçalves considera que o PS não está confortável com o trabalho que o Governo desenvolveu nesta matéria.
27-03-2019
Brexit: governo português não atuou de forma atempada
    Carlos Gonçalves lembra que, entre outros aspetos, estão em causa cerca de 400 mil cidadãos portugueses que residem em território britânico.
27-03-2019
Ensino Superior: PSD quer que o governo crie um regime de incentivos para os estudantes lusodescendentes e portugueses emigrados
    José Cesário lamenta que das 3500 vagas, apenas 247 tenham sido ocupadas no último concurso.
15-03-2019
Deputados do PSD estão apreensivos com o futuro do Ensino de Português em França
    Os sociais-democratas querem explicações do Ministro dos Negócios Estrangeiros.
27-02-2019
PSD questiona governo sobre integração dos professores do Ensino Português no Estrangeiro nos concursos do ensino básico e secundário
    José Cesário, Carlos Gonçalves e Carlos Páscoa querem explicações do Executivo.
15-02-2019
Venezuela: “Maduro já não tem condições para continuar no poder”
    Fernando Negrão reiterou o apoio do PSD a Juan Gaidó.
06-02-2019
“Aguardar 1000 dias por uma consulta é fortalecer o SNS?”
    No debate quinzenal com o Primeiro-Ministro, Fernando Negrão lamentou que António Costa não “sinta vergonha de ter feito parte do governo que deixou o país em bancarrota”.
01-02-2019
António Ventura exige solidariedade da França para as Políticas Comuns
   
17-01-2019
Brexit: impreparação do governo fragiliza cidadãos e empresas
    Inês Domingos considera “lamentável” e “inadmissível” a inoperância do governo.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas