Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD quer ouvir administração do Hospital de S. João e vai confrontar Centeno com queixas no SNS
Em causa os atrasos na construção da nova ala pediátrica do Hospital S. João que leva a que crianças com cancro estejam a ser tratadas no corredor.
O PSD anunciou hoje que vai pedir esclarecimentos ao Governo e a audição da administração do Hospital de São João sobre os problemas no atendimento pediátrico, prometendo confrontar na quarta-feira o ministro das Finanças com as queixas.
Em declarações aos jornalistas na Assembleia da República, o coordenador do grupo parlamentar do PSD na Comissão de Saúde, Ricardo Baptista Leite, afirmou que, “ao longo dos últimos dois anos, o país tem assistido à degradação dos serviços prestados aos doentes com cancro”.
“Hoje, somos confrontados com a notícia de que no Hospital de São João, onde o governo anterior tinha iniciado a construção de uma nova ala pediátrica para doentes com doença oncológica, muitas crianças estão a ser tratadas em condições que não são dignas do Serviço Nacional de Saúde, que não são dignas do nosso país”, criticou.
O deputado do PSD falou de situações de crianças que estão a receber tratamentos de quimioterapia em corredores ou que são transportadas em elevadores com caixotes do lixo.
“O PSD não pode ficar indiferente e vamos colocar hoje mesmo uma pergunta ao Governo a pedir esclarecimentos e iremos também chamar a administração do hospital de São João para esclarecer o que se está a passar”, apontou.
Por outro lado, o deputado recordou que, há um mês e meio, o PSD já tinha pedido uma audição do ministro das Finanças, Mário Centeno, na comissão parlamentar de Saúde precisamente para responder sobre as dificuldades sentidas no setor. “[Mário Centeno] é de facto o ministro da Saúde em funções, é aquele que está a tomar decisões na saúde e temos um Ministério da Saúde que está refém quer da extrema esquerda quer, sobretudo, das decisões do ministro das Finanças que tem uma agenda pessoal e coloca o défice acima da saúde dos portugueses”, acusou o social-democrata.
Na audição de quarta-feira, o PSD promete confrontar Mário Centeno com este e outros casos “de norte a sul” do país, nomeadamente com a situação do IPO de Lisboa onde acusam o Governo de não ter investido os cinco milhões de euros previstos pelo anterior executivo para a expansão do bloco operatório.
“Os doentes veem atrasos nos tratamentos, nas consultas”, lamentou Baptista Leite.
Na pergunta entretanto entregue na Assembleia da República e que tem como destinatário o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, os sociais-democratas questionam diretamente se o Governo tem conhecimento das condições em que estão a ser realizados os tratamentos de quimioterapia pediátricos no Centro Hospitalar de São João.
“Que medidas foram já tomadas para impedir a ocorrência dessa flagrante violação dos direitos das crianças com doença oncológica?”, questionam, inquirindo se foram apresentadas justificações ou pedidos de desculpa aos pais das crianças.
O PSD interroga ainda o ministro da Saúde sobre “o atraso na realização das obras necessárias no Centro Hospitalar de S. João com vista a permitir a existência de uma nova ala pediátrica naquela unidade hospitalar” e quanto prevê o Governo desbloquear as verbas necessárias para a sua construção.
“Considera o ministro da Saúde que as questões anteriores podem melhor ser respondidas pelo senhor ministro das Finanças?”, acrescentam.

10-04-2018 Partilhar Recomendar
30-05-2019
Governo arrastou o SNS para uma “cruel desumanização”
    Cristóvão Norte enumerou um conjunto de consequências da “terrível provação” a que o governo dotou o SNS.
30-05-2019
“Este foi o governo que menos investiu na área da Saúde desde que estamos em democracia”
    Com esta atuação, refere Fátima Ramos, o executivo está a empurrar as pessoas para os privados.
30-05-2019
Dívidas aos bombeiros: ou a Ministra da Saúde mentiu ao Primeiro-Ministro ou o Primeiro-Ministro mentiu ao Parlamento
    Ângela Guerra lembrou que o Presidente da Liga dos Bombeiros desmentiu a informação dada por António Costa de que a dívida estava paga.
30-05-2019
Doentes com Hepatite C demoram meses a serem tratados
    José António Silva afirma que este problema resulta da alteração ao modelo de financiamento feita pelo governo.
30-05-2019
António Topa acusa o governo de “nada ter feito” pelos hospitais do distrito de Aveiro
    O deputado recorda que durante esta legislatura nada foi resolvido e tudo foi adiado.
30-05-2019
Pedro Alves alerta para o impacto negativo da governação socialista no Centro Hospitalar Tondela-Viseu
    O deputado enumerou um conjunto de situações que levam à perda de confiança das populações numa instituição que tem sido uma referência na região e no país.
30-05-2019
“O Governo tem uma agenda anti-Madeira”
    Sara Madruga da Costa entende que o executivo tem “uma estratégia para desvalorizar a Madeira”.
30-05-2019
“O governo falhou redondamente na gestão do SNS e são os portugueses que pagam a fatura”
    Ricardo Baptista Leite afirmou que a crise grave que está instalada no SNS “veio pela mão do PS”.
13-05-2019
Cativações e cortes no investimento. “Chama a isto boa gestão das contas públicas?”
    Fernando Negrão acusou António Costa de fazer um “brilharete nas contas” à custa de corte no investimento.
08-05-2019
Cristóvão Crespo questiona governo sobre a falta de cumprimento de Contrato com a Fundação Nossa Senhora da Esperança
    O social-democrata quer esclarecimentos da Ministra da Saúde.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas