Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD quer corrigir os erros e injustiças do concurso de mobilidade interna de professores
Margarida Mano condenou o governo pela atitude de negação do erro, pela violação do princípio de que o Estado é uma pessoa de bem e pela completa insensibilidade às pessoas.
O PSD levou a Apreciação Parlamentar, esta sexta-feira, o Decreto-Lei que “aprova o regime específico de seleção e recrutamento de docentes do ensino artístico especializado da música e da dança e o regime do concurso interno antecipado”. Margarida Mano, em representação do PSD, começou por afirmar que o Governo cometeu um erro em agosto do ano passado, no concurso de mobilidade interna de professores e que com esse erro criou situações de injustiça a cerca de 1000 professores. Aliado a isso, adianta a Vice-Presidente da bancada do PSD, “numa atitude de arrogância, em vez de corrigir o erro, com uma solução justa e atempada que minimizasse as perdas e o sofrimento provocados, decide incompreensivelmente aprovar um concurso que não resolve o problema que o próprio governo criou. Trata-se de uma situação indefensável face a valores de serviço público que infelizmente realça uma atitude inaceitável para quem tem responsabilidades máximas na Educação em Portugal”.
De seguida, a social-democrata recordou que o PSD acompanhou de perto a situação ao longo destes meses: “ouvindo as pessoas, questionando sucessivamente o Governo, alertando para a necessidade de correção da injustiça. Neste percurso o PSD não esteve sozinho: no Parlamento e na sociedade outras vozes se levantaram para clamar a correção do erro. Por isso, quando em fevereiro deste ano o Governo aprova um diploma que não resolve o problema dos professores, os chamados «Lesados de 25 de agosto», antes consolida as injustiças criadas no concurso de 2017, quando aprova um diploma relativamente ao qual o Presidente da República assume lhe «suscitar reticências quanto à expetativas dos docentes na correção dos problemas relacionados com a sua colocação para o ano letivo em curso», nestas condições o PSD só pode coerentemente solicitar a apreciação parlamentar do diploma”.
Dirigindo-se ao executivo, Margarida Mano enfatizou que “o que é imperdoável por parte do Governo neste processo são três atuações: a atitude de negação do erro, a violação do princípio de que o Estado é uma pessoa de bem e a completa insensibilidade às pessoas”.
A terminar, a deputada afirmou que “o PSD confia que o Parlamento cumpra a sua função de salvaguarda de um Estado de Bem, dando ao Governo um aviso e dando ao país um sinal de confiança”.

06-04-2018 Partilhar Recomendar
15-06-2018
“O governo enganou os professores e mentiu ao Parlamento e ao povo português”
    Margarida Mano considera que o clima de instabilidade que se vive na educação resulta do comportamento de um “governo dissimulado nos fins, incompetente na ação e deliberadamente ambíguo nas palavras”.
05-06-2018
PSD desafia governo para “largo consenso” em matéria de natalidade
    Fernando Negrão considerou este “o maior problema do país” e lamentou o “vazio completo” de ideias por parte do executivo.
30-05-2018
Manuela Tender participou na VI Convenção Nacional de Educação
    A parlamentar reiterou o “empenho dos sociais-democratas na construção duma escola de todos e para todos”.
18-05-2018
“Este governo ficará conhecido como aquele que enganou os professores”
    Amadeu Albergaria considera que “chegou o tempo de os professores dizerem basta”.
18-05-2018
Deputados do PSD eleitos por Aveiro exigem requalificação urgente da escola secundária de Esmoriz
    Os parlamentares defendem a programação urgente da requalificação do estabelecimento de ensino, no âmbito do Portugal 2020.
26-04-2018
Manuela Tender participa no III Encontro Nacional sobre Inclusão em Contexto Escolar
    A deputada social-democrata explicou a missão e a atividade do Grupo de Trabalho de Educação Especial.
26-04-2018
Governo diz que virou a página da austeridade, mas as obras nas escolas continuam por fazer
    Joana Barata Lopes deu o exemplo dos problemas das escolas de Agualva-Sintra, Restelo e Alto do Lumiar.
22-03-2018
Com este governo assistimos a muitos anúncios e pouca concretização
    Nilza de Sena considera que essa concretização é crucial para que Portugal não continue a ter o quinto crescimento mais baixo da Europa.
22-03-2018
Greve dos professores também é contra o PCP
    Segundo Álvaro Batista este descontentamento revela que os comunistas estão “a vender o seu apoio ao PS em troca de nada”.
16-03-2018
Os professores não confiam e sentem-se enganados pelo governo
    Germana Rocha acusou a esquerda de apostar numa política do “faz de conta” e de não cumprir com as expetativas criadas.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas