Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“É imperioso resolver rapidamente os processos de integração dos verdadeiros precários”
Álvaro Batista condenou que o problema da precariedade seja usado como agência de emprego para “jovens socialistas”.
Álvaro Batista lamenta que o Bloco utilize a precariedade como “pantominice política” e para “fingir que não é responsável pela incapacidade e os erros do governo”. No debate sobre o atraso na implementação do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP), o deputado foi perentório em afirmar que “tão culpados são os que governam, como os que ficam à porta da Assembleia a apoiar”.
De seguida, o parlamentar recordou que em setembro de 2017 o atual governo prometia que os primeiros concursos para regularização dos precários do Estado iriam avançar em janeiro de 2018. “É verdade que já passou fevereiro e não há sinal dos concursos para a admissão dos trabalhadores com vínculo precário. A pergunta que se impõe é esta: é para estranhar? Se calhar não é, pois a maioria parlamentar de esquerda, em vez de se preocupar com as situações de precariedade verdadeiras, em vez de resolver a situação dos que há anos satisfazem necessidades permanentes do Estado sem vínculo adequado, quis aproveitar a onda para ir mais longe”.
Recordando que “não foi por acaso” que a Lei veio considerar precários todos os que tivessem exercido funções “entre 1 de janeiro e 4 de maio de 2017 (…) e durante pelo menos um ano à data do (…) procedimento concursal de regularização”, Álvaro Batista recordou que “se os concursos tivessem sido em janeiro, é claro que todos os “jovens socialistas” e outros esquerdistas que entraram para o Estado entre fevereiro e maio do ano passado, ficavam de fora, perdiam a oportunidade de emprego para a vida e isso o governo não ia permitir”.
Face a esta definição, o deputado questionou ao Ministro das Finanças o que levou o governo a chamar precários e incluir neste processo os contratados até maio de 2017, maio do ano passado.
A terminar, Álvaro Batista frisou que “para o PSD é imperioso resolver rapidamente os processos de integração dos verdadeiros precários. O PSD não aceita que este governo esteja a brincar com as expetativas das pessoas, consideramos sobretudo errado que o problema da precariedade seja usado como agência de emprego para «jovens socialistas» e outros esquerdistas”.

07-03-2018 Partilhar Recomendar
15-03-2019
Esquerda governa para os eleitores e não para os portugueses
    Joana Barata Lopes lamentou que estes partidos governem sem pensar no futuro.
15-03-2019
Clara Marques Mendes coloca em evidência a hipocrisia do PCP
    A deputada lembra que os comunistas, apesar de verem as suas propostas chumbadas pelo PS, continuam a viabilizar os Orçamentos.
15-03-2019
Álvaro Batista: “com o governo das esquerdas 1 em cada 4 trabalhadores são precários”
    O social-democrata referiu-se à consciência pesada das esquerdas que prometeram reduzir a precariedade laboral e fizeram precisamente o contrário.
08-03-2019
PSD defende a criação de um Estatuto do Cuidador Informal
    A iniciativa dos sociais-democratas foi apresentada pela deputada Helga Correia.
08-03-2019
Cuidadores Informais querem respostas, não falsas ilusões
    Mercês Borges considera que falta vontade ao governo para dar resposta a este problema.
07-03-2019
Novo Banco: “queremos conhecer tudo em nome do interesse dos portugueses”
    Adão Silva exigiu explicações a António Costa sobre a “trapalhada” que se revelou a solução encontrada para o Novo Banco.
21-02-2019
Rui Cruz: “aquilo que foi dado aos portugueses, foi-lhes tirado por mais impostos, taxas, preços e tarifas”
    O deputado considera que “precisamos de um governo que seja capaz de induzir um crescimento económico robusto e continuado”.
21-02-2019
“Com o governo das esquerdas os trabalhadores precários aumentaram de forma explosiva”
    Álvaro Batista acusou a governação das esquerdas de ter falhado o objetivo de reduzir a precariedade.
13-02-2019
Portugal está a caminho de se tornar o quinto país mais pobre da União Europeia
    Joana Barata Lopes enfatizou que o combate à pobreza “é o único caminho que permitirá às pessoas a liberdade efetiva para construírem o seu plano de felicidade”.
13-02-2019
“Políticas públicas atuais têm falhado na redução da pobreza e das desigualdades sociais”
    Clara Marques Mendes frisou que precisamos de uma geração de políticas que promovam a economia, que enfrentem a demografia e que afrontem a pobreza e desigualdades sociais.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas