Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
José António Silva: “todos os dias somos confrontados com a situação caótica vivida nos Centros de Saúde e Hospitais”
O deputado considera que é tempo deste governo assumir o falhanço das suas políticas.
“700 médicos especialistas da área hospitalar aguardam a abertura de concurso há 1 ano. Até há 2 dias, 110 médicos especialistas da área da medicina geral e familiar aguardavam há quase 6 meses a abertura de concurso. Quem é o responsável por esta situação Senhor Ministro?” Estas foram as palavras iniciais de José António Silva no debate com o Ministro da Saúde.
De seguida, o parlamentar “apontou o dedo” ao governante acusou de ser “responsável pelo atraso das consultas hospitalares, chegando nalguns casos a ser superior a 3 anos. Como é responsável pelo aumento das listas de espera para cirurgias, que ultrapassam os 200 mil utentes. Como é ainda responsável pela falta de médicos nos centros de saúde, onde, nalguns casos, há utentes sem médicos de família há mais de 2 anos. O senhor Ministro é ainda responsável pelo estado caótico a que chegaram os serviços de atendimento nas urgências no SNS, onde trabalham muitos médicos colocados por empresas prestadoras de serviços de saúde, muitos deles indiferenciados”.
Frisando que Bloco e PCP são também responsáveis por este cenário, o social-democrata referiu que, e Norte a Sul, do Litoral ao Interior, “todos os dias somos confrontados com a situação caótica vivida nos centros de saúde e hospitais do nosso País, nalguns casos com tempos de espera superiores a 20 horas para atendimento. Desde a falta de médicos, à falta de enfermeiros, desde retirar enfermeiros dos cuidados intensivos para os colocar nas urgências. Desde os serviços de urgências com os doentes de varias patologias no mesmo local, sem condições e sem controlo de infeção. É tempo deste governo com humildade assumir o falhanço das suas políticas e de deixar de responsabilizar o anterior governo pela degradação que está a alastrar no Serviço Nacional de Saúde”, rematou.


23-02-2018 Partilhar Recomendar
20-09-2018
Saúde: “a realidade contraria a propaganda do governo”
    Ricardo Baptista Leite considerou “antissocial e totalmente incompreensível” a decisão do governo de excluir todos os doentes com necessidades paliativas da Rede Nacional de Cuidados Continuados.
19-09-2018
Fátima Ramos participa nas cerimónias do 39º aniversário do Serviço Nacional de Saúde
    A deputada destacou a importância destas iniciativas num momento em que o SNS vive várias dificuldades.
13-07-2018
“A geringonça está a mutilar o Serviço Nacional de Saúde”
    Adão Silva considera que a atual governação originou um “SNS mutilado, claudicante e sem servir às pessoas”.
12-07-2018
Governo volta a falhar no Hospital de Santarém
    Os deputados eleitos pela Região constataram essa realidade após reunirem com a Administração do Hospital Distrital de Santarém.
05-07-2018
“O INFARMED não se vai deslocalizar para a cidade do Porto”
    A conclusão foi retirada por Ricardo Baptista Leite após ouvir o Ministro da Saúde.
05-07-2018
“Hospital da Madeira continua a não ser uma prioridade para este Governo”
    Sara Madruga da Costa desafiou o executivo a cumprir com a sua palavra e honrar os compromissos que assumiu com os madeirenses.
05-07-2018
Cristóvão Norte apela ao Ministro da Saúde que eleja o Algarve como prioridade
    O deputado lamentou que o Algarve tenha ficado de fora das prioridades do governo para a construção de novos hospitais.
05-07-2018
Fátima Ramos considera que a construção da nova maternidade é crucial para Coimbra
    A deputada lamentou que os anúncios ainda não se tenham concretizado.
05-07-2018
Governo continua a adiar a construção da futura ala pediátrica do Hospital de São João
    Simão Ribeiro lembra que passaram três meses e o concurso para a obra ainda não foi lançado.
05-07-2018
“Governo reconhece que o acesso à saúde está a piorar de ano para ano”
    Segundo Luís Vales esse reconhecimento está patente no Relatório sobre o Acesso aos Cuidados de Saúde no SNS.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas