Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Este governo não tem uma política de educação, mas faz política com a educação”
Amadeu Albergaria lamentou que os alunos não sejam uma prioridade para o Ministro da Educação.
“Na educação o rei vai nu e só a esquerda parece não querer ver. Este governo não tem uma política de educação, mas faz política com a educação. E este debate mostrou que, à cegueira das reversões sob o argumento do «porque sim», seguiu-se agora a cegueira em relação à realidade”. Foram estas as palavras iniciais de Amadeu Albergaria no debate com o Ministro da Educação.
De seguida, o Vice-Presidente da bancada do PSD enfatizou que “os alunos nunca são a prioridade para este Ministro. Se o fossem, não faltariam funcionários nas escolas há 2 anos. Se o fossem, não aconteceria o escandaloso caso de um aluno que ficou sem aulas durante todo um período por ausência de resposta do Ministro. Se o fossem, as escolas não seriam obrigadas a cortar no aquecimento das salas para conseguir pagar as contas no fim do mês. Se os alunos fossem a prioridade não se alterava os regulamentos do desporto escolar impedindo a participação dos alunos. Se os alunos fossem a prioridade não mudava, ao sabor da ocasião e dos humores, a avaliação externa. Se os alunos fossem a prioridade não se enganavam professores”.
Dirigindo-se ao governante, o parlamentar lembrou que “ser prioridade, não é encapotar, encobrir, disfarçar, fazer ações de propaganda ou incitar ao facilitismo para que surjam estatísticas simpáticas”. “Mais de dois anos depois, verifica-se que os alunos que foram sujeitos a provas finais reprovaram menos e tiveram mais sucesso nas provas de avaliação. Há trabalho a fazer? Sem dúvida. Mas não com é atalhos, com facilitismos, que desenvolveremos competências. Ter os alunos como prioridade é, com seriedade e com rigor, trabalhar para garantir que a educação sejam uma ferramenta para que estes possam, no futuro, concretizar os seus projetos de vida. E isso não está a acontecer”.
No que respeita a questões financeiras, Amadeu Albergaria referiu que o Ministro “corta no que não deve, assume mas não cumpre e promete o que não pode. Dizem que o orçamento da educação aumentou, mas então como explicam a quebra do investimento na requalificação e manutenção dos edifícios escolares? Como explicam o atraso nos pagamentos às escolas, às famílias, aos livreiros? Como explicam os atrasos nos concursos para a contratação do pessoal não docente, nos concursos do ensino profissional? Como explicam a falta de condições físicas e materiais para que os professores e técnicos possam trabalhar? Enquanto fazem eloquentes discursos sobre a utilização das novas tecnologias e novas metodologias, nas escolas o parque tecnológico permanece e torna-se cada vez obsoleto. Na Educação os atrasos e dívidas são cronometrados de acordo o ano civil orçamental e nunca com as necessidades dos alunos”.
Face a este cenário, Amadeu Albergaria sentenciou que “na educação o rei vai nu, e só a esquerda não querer ver”.

18-01-2018 Partilhar Recomendar
11-10-2018
Governo das esquerdas “defrauda e engana” os profissionais da educação
    Germana Rocha apelou à seriedade, coerência e responsabilidade dos partidos da esquerda.
04-10-2018
Pedro Pimpão: Educação deve ser a aposta principal para o futuro do país
    Contudo, o social-democrata refere que com este governo a comunidade educativa tem enfrentado sérias dificuldades.
03-10-2018
Educação: cenário cor-de-rosa do PS não coincide com a realidade
    Susana Lamas recordou as consequências das cativações no sector.
21-09-2018
Pedro Pimpão defende valorização dos agentes educativos
    Intervenção do social-democrata no debate parlamentar sobre o início do Ano Letivo.
21-09-2018
Educação: sobranceria e irresponsabilidade do governo originam confusão, instabilidade e incerteza
    Margarida Mano elencou alguns dos problemas que enquadram o início deste ano letivo e pediu humildade ao Ministro.
20-09-2018
“O governo é o campeão das cativações que prejudicam gravemente o Serviço Público de Educação”
    Segundo Germana Rocha essas cativações provocam falhas no apoio aos Agentes Educativos e aos alunos com Necessidades Educativas Especiais.
20-09-2018
Ana Sofia Bettencourt: “temos um governo que ilude, engana e manipula”
    Ana Sofia Bettencourt afirmou que o governo “assina e não cumpre, engana e não assume”.
20-09-2018
Bloco de Esquerda faz críticas públicas enquanto negoceia o Orçamento em privado
    Álvaro Batista quis saber qual o grau de arrependimento dos bloquistas com esta solução governamental.
18-07-2018
Deputada Manuela Tender participa em simpósio na Fundação Calouste Gulbenkian
    Em debate as Políticas Públicas para a Educação Inclusiva.
18-07-2018
Cantinas escolares: “quem apoia este governo tem de ser chamado à responsabilidade”
    Álvaro Batista considera que os partidos da esquerda falharam na obrigação de garantir alimentação de qualidade nas escolas.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas