Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Os serviços públicos estão a degradar-se todos os dias. Na saúde é o caos completo"
Hugo Soares aponta o dedo ao governo das esquerdas e alertou para o caos no sector da saúde.
Hugo Soares entende que as declarações da Ministra da Justiça sobre a possível não renovação de mandato da atual Procuradora Geral da República (PGR), Joana Marques Vidal, representam uma forma de condicionar o trabalho da PGR numa altura em que ainda faltam 10 meses para terminar o seu mandato. No debate quinzenal com o Primeiro-Ministro, o líder parlamentar do PSD contestou a forma “leviana” como esta questão foi colocada e frisou que “há um antes e um depois de Joana Marques Vidal na PGR. É a primeira vez que a justiça demonstrou que não é fraca com os fortes. E quando há decisões para serem tomadas de extrema relevância para o país, o que os senhores fizeram foi colocar em causa a autonomia da Dra. Joana Marques Vidal, condicionando o trabalho do Ministério Público. E tudo isto sem falar com o Presidente da República. Não há opiniões de Ministros que não sejam opiniões do governo, ou o senhor desautoriza a Ministra da Justiça, ou esta é a posição do governo e, doravante, o país sabe que a Dra. Joana Marques Vidal, com 10 meses ainda de mandato, está em exercício de funções porque vai ser substituída por vontade política”.
Antes, o social-democrata recordou o acordo de revisão constitucional, assinado em 1997 entre o PS e PSD, quando António Costa era Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, que estabelecida que a PGR teria mandatos de “seis anos sem limitação de renovações”. “Mais claro do que isto não pode haver: o espírito do legislador é claro no que se assinou. Não há limitação de mandatos para nenhum órgão que não esteja expresso na lei”, argumentou o parlamentar.
De seguida, Hugo Soares focou-se nas consequências para os serviços públicos das opções políticas do governo. De acordo com o líder parlamentar do PSD “os serviços públicos estão a degradar-se todos os dias. São escolas que não ligam o aquecimento porque não têm dinheiro para pagar contas, é o contrato de confiança com as universidades que não está a ser cumprido, são escolas profissionais sem dinheiro, com os alunos a adiantar dinheiro do próprio bolso para pagar alimentação e transportes e é, na saúde, o caos completo”. Recorda o social-democrata que, em junho, teve oportunidade de visitar o Centro Hospitalar de Faro e alertar para a falta de condições daquele hospital. “Eu tive ocasião de perguntar ao senhor Primeiro-Ministro, há 3 semanas, no debate quinzenal, se tudo estava a ser feito para preparar o pico da gripe. Hoje, temos notícias de doentes que esperam em macas na receção hospitalar como se isso fosse o internamento e o tratamento das urgências. O hospital de Faro é o que conhecemos, mas é assim nas urgências de todo o país”.
A terminar, Hugo Soares perguntou a António Costa se acha razoável que, no ano 2018, “o governo das esquerdas e o país possa saber que há Centros de Saúde do país que não receberam este mês os medicamentos e outros artigos de tratamento de primeira necessidade, que não conseguem fazer o acompanhamento domiciliário dos seus doentes, porque o Estado não pagou o seguro da frota automóvel”.
09-01-2018 Partilhar Recomendar
15-03-2019
Carreira de Técnico Auxiliar de Saúde: PS criou o problema e insiste em não o corrigir
    Miguel Santos entende que o governo está contra os legítimos direitos desses profissionais.
08-03-2019
PSD favorável a alterações ao Código de Processo do Trabalho que tornem o sistema mais “eficiente, eficaz e célere”
    A posição dos sociais-democratas foi expressa pela deputada Susana Lamas.
27-02-2019
“Está demonstrado o fracasso das políticas deste governo também nas matérias da Saúde”
    António Costa Silva contestou os tempos de espera para consultas em Évora.
27-02-2019
“Na Guarda um doente cardíaco só pode estar doente às terças e quintas”
    Carlos Peixoto alerta que nos outros dias não há nenhum médico disponível.
27-02-2019
Manuela Tender acusa o governo de se esquecer da Região de Trás-os-Montes e Alto Douro
    A deputada considera que esta foi uma “legislatura perdida para esta Região”.
27-02-2019
“Governo tem utilizado todos os expedientes possíveis para adiar a resolução de assuntos muito importantes para a Madeira”
    A acusação foi deixada por Sara Madruga da Costa no debate sobre Saúde.
27-02-2019
Saúde: Distrito do Porto “está doente”
    Luís Vales refere que essa é a consequência das políticas do PS, PCP e BE.
27-02-2019
Cristóvão Norte desafia Ministra da Saúde a dar resposta aos problemas dos algarvios
    Caso contrário, o parlamentar entende que o nome da Ministra passará de Temido para “temida”.
27-02-2019
Adão Silva: “o SNS está a andar para trás”
    O deputado elencou um conjunto de dados que comprovam os falhanços da atual governação.
22-02-2019
Ana Oliveira: “o governo virou as costas ao Serviço Nacional de Saúde”
    A deputada enumerou um conjunto de problemas que colocam em evidência as consequências da governação das esquerdas.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas