Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD defende a adoção de medidas para defesa do rio Tejo
A iniciativa dos sociais-democratas foi apresentada pelo deputado Manuel Frexes.
Manuel Frexes apresentou, esta quinta-feira, o Projeto de Resolução do PSD que recomenda ao Governo que adote as medidas preconizadas no relatório de acompanhamento sobre a poluição no rio Tejo, promova a monitorização do curso do rio e da qualidade da água, promova a revisão da Convenção de Albufeira e assuma posição sobre a Central Nuclear de Almaraz.
Na intervenção, o deputado começou por sublinhar a importância do rio Tejo quer em Espanha quer em Portugal onde desempenha um papel decisivo, em termos económicos, sociais e ambientais. Contudo, adianta, apesar da relevância dada a este tão importante rio, e apesar de algumas melhorias registadas na qualidade da água do mesmo nos últimos anos, continuam a subsistir, de forma recorrente, diversos fenómenos de poluição, alguns de impacto extremo, como sejam águas escuras, mau cheiro, manto de espuma e por vezes mortandade de peixes. “Esta situação, absolutamente inaceitável, exige que todos, mas sobretudo do governo, faça mais e melhor, tanto cá dentro quanto fora das nossas fronteiras. Em primeiro lugar que dê rápida execução às medidas preconizadas no relatório de acompanhamento sobre a poluição no rio Tejo, encomendado pelo próprio governo há mais de um ano, e cujas medidas mais importantes ainda não saíram do papel. Apostar cada vez mais na prevenção e dissuasão destas práticas ilícitas, investindo em novas tecnologias de vigilância e monitorização permanente do rio Tejo. Reforçar as dotações orçamentais dos diversos organismos governamentais a fim de assegurar os meios necessários para o desempenho cabal da sua missão. Estimular o investimento, público e privado, acelerando os mecanismos de apoio previstos no 2020, de modo a concluir importantes obras em curso e outras em fase de aprovação, para completar as redes de tratamento de efluentes domésticos, e contribuir para a modernização de equipamentos industriais de molde a conciliar cada vez mais as atividades económicas com a preservação ambiental do rio Tejo”.
Salientando que o Tejo é um rio ibérico, Manuel Frexes indicou que a iniciativa do PSD defende que é preciso fazer mais e diferente, designadamente: “acompanhamento concertado com as autoridades espanholas dos fenómenos de poluição verificadas no rio Tejo, quando entra em território nacional; Colocar na agenda de discussão bilateral a política de transvases levada a cabo por Espanha, sobretudo da transferência água da bacia hidrográfica do Tejo para outras bacias Hidrográficas mais a sul; Promover uma verdadeira revisão da convenção de Albufeira, no domínio dos caudais a assegurar por Espanha, introduzindo a obrigatoriedade de caudais diários; O Governo de Portugal deve assumir uma posição firme e resoluta, no sentido de tudo fazer para promover o encerramento da Central Nuclear de Almaraz, opondo- se, em 2018, à prorrogação do prazo para o seu funcionamento, já que está obsoleta e há muito que ultrapassou o tempo de validade para a sua laboração”.
A terminar, Manuel Frexes enfatizou que “nestas matérias não há mais lugar a hesitações ou atitudes vigilantes. É sim tempo da firmeza da tolerância zero”.

05-01-2018 Partilhar Recomendar
15-05-2019
Ambiente: preferir os anúncios ao desempenho e a propaganda à ação só pode trazer maus resultados no futuro
    Bruno Coimbra deixou o alerta: “Portugal está na primeira fila dos países europeus que são e serão mais afetados pelas alterações climáticas”.
15-05-2019
Autonomia dos sistemas multimunicipais de água tem sido gravemente prejudicada
    Maurício Marques alerta que a ação do governo está a criar estrangulamentos nos investimentos necessários.
15-05-2019
Seca: medidas velhas que não acompanham as novas realidades
    Sublinhando que Portugal é um país particularmente vulnerável às alterações climáticas, Emília Cerqueira frisou que precisamos de novas abordagens para mitigar estes problemas.
15-05-2019
Berta Cabral: Programa Casa Eficiente 2020 “foi um fiasco e um logro”
    A deputada denunciou que a taxa de execução deste Programa é inferior a 1%.
15-05-2019
Nível de execução do PO SEUR “é um desastre”
    António Costa Silva lamentou que o governo não esteja a aproveitar os financiamentos que são 85% a fundo perdido.
15-05-2019
Declaração de estado de emergência climática é uma ação simbólica ou implica a adoção de medidas concretas?
    Jorge Paulo Oliveira questionou os bloquistas sobre o objetivo das suas propostas.
16-04-2019
“As alterações climáticas constituem um dos maiores desafios que a humanidade tem pela frente”
    O parlamentar sublinhou que o PSD sempre colocou na sua agenda e na sua ação política o ambiente e o clima.
11-04-2019
Berta Cabral: “o ambiente pode contar com o PSD”
    A deputada considera que é fundamental dar continuidade à mudança de mentalidades.
11-04-2019
“Não podemos continuar a privilegiar o descartável num planeta que não o é”
    Bruno Coimbra considera que “o plástico é hoje uma calamidade” e que é preciso agir.
11-04-2019
António Topa: o plástico tornou-se um problema sério para a humanidade
    O parlamentar considera que é urgente atuar e encontrar alternativas ao seu uso.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas