Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Municipalização da Carris privilegia despudoradamente o município de Lisboa”
Sandra Pereira criticou a forma “atabalhoada” como a municipalização foi feita e alertou para as injustiças criadas.
“Depressa e bem não há quem. O Governo cheio de pressa, motivado por fins eleitoralistas, foi a correr entregar a CARRIS à Câmara de Lisboa, e fê-lo tão atabalhoadamente que são precisamente os seus parceiros que vêm aqui requerer a Apreciação Parlamentar e corrigir este diploma”. Foi desta forma que Sandra Pereira iniciou a sua intervenção, esta sexta-feira, durante a Apreciação Parlamentar do Decreto-Lei que “regula a transferência para a Caixa Geral de Aposentações, I. P., do encargo financeiro com os complementos de pensão dos trabalhadores da Carris”.
Segundo a deputada, “a municipalização da Carris é um modelo que é da inteira responsabilidade das esquerdas. É um modelo que privilegia despudoradamente o Município de Lisboa, em detrimento de todos os outros, e mais grave, em detrimento daqueles que são servidos pela Carris”.
Dirigindo-se às bancadas da esquerda, a parlamentar pediu a estes deputados para explicarem aos munícipes de Oeiras, de Odivelas, da Amadora, de Loures e de Almada, onde a Carris também opera, o motivo para estes não terem os mesmos benefícios que os Lisboetas. “Porque é que, por exemplo, as crianças de Odivelas não têm também direito a transporte gratuito? São ou não são capazes de explicar porque é que as pessoas com mais de 65 anos que são da Amadora, que são de Almada ou de Loures não têm o mesmo desconto no passe que os lisboetas? Este modelo não só não é justo, como foi precipitado e gera desigualdades entre utentes e entre trabalhadores como aqui se vê”.
No entender da deputada, o governo foi capturado pela obsessão ideológica de uma política de reversões exigida pela esquerda, neste caso pelo Partido Comunista, para manter a sua clientela.
A terminar, Sandra Pereira frisou que o PS e o governo puseram todo o país a sustentar os encargos de uma empresa de Lisboa que só atribui benefícios a munícipes de Lisboa. “Apenas porque a sua preocupação não é gerir o país, apenas alimentar esta solução de governo”, concluiu.
20-10-2017 Partilhar Recomendar
11-10-2017
Transportes: esquerda tem de dar explicações sobre o que anda a fazer
    António Costa Silva frisou que os partidos que suportam o governo têm responsabilidades no que se está a passar com a Soflusa.
11-10-2017
Soflusa é exemplo do caos em que se está a tornar o sector dos transportes
    José Carlos Barros quis saber quais as soluções que o PEV tem exigido ao governo.
03-10-2017
Carris: PS não acautela preocupações do Presidente da República
    Carlos Silva acusou os socialistas de estarem “amarrados à esquerda” e de ignorarem o Presidente.
20-09-2017
Parlamento analisa Petição que solicita a reclassificação de veículos em portagens
    Paulo Rio de Oliveira mencionou os efeitos dessas alterações e lamentou a ausência de respostas do Governo ao Parlamento.
20-09-2017
PSD insta o Governo a avançar com investimentos previstos no Plano Estratégico de Transportes e Infraestruturas aprovado em 2015
    António Costa Silva frisou que estes investimentos vão trazer melhor desenvolvimento, maior sustentabilidade, mais eficiência, mais competitividade e melhor ambiente.
18-09-2017
Governo não fez nenhum investimento público ferroviário
    António Costa Silva frisou que a esquerda está no governo há dois anos e não tem nada para mostrar.
07-09-2017
“É uma vergonha ver o PS suportar iniciativas que são um ataque ao Poder Local”
    Luís Leite Ramos lamentou a posição assumida pelos socialistas no caso da blindagem de uma futura concessão da Carris a privados, medida vetada pelo Presidente da República.
01-06-2017
Plataformas eletrónicas de transportes: “queremos acreditar que o PS não está a fingir que resolve, para nada resolver”
    Paulo Rios de Oliveira considera que a iniciativa do governo não dá resposta às maiores questões que esta atividade pressupõe.
01-06-2017
“Fenómeno das plataformas eletrónicas de transporte é um exemplo por excelência da economia de partilha”
    António Costa Silva elencou as diferenças entre a visão do PSD e do governo.
01-06-2017
PSD quer regular a atividade de transporte individual de passageiros a partir de plataformas eletrónicas
    Segundo Paulo Neves a proposta dos sociais-democratas irá defender o consumidor, quem trabalha e quem presta o serviço.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas