Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Luís Montenegro: “temos a obrigação de dizer ao povo o que é que falhou”
O líder parlamentar do PSD considera que é imperativo tranquilizar o povo português e devolver-lhe a confiança.
No encerramento do debate, agendado pelo PSD, sobre “a segurança, a proteção e a assistência das pessoas no decurso do trágico incêndio de Pedrogão Grande”, Luís Montenegro afirmou ter ficado “satisfeito e atónito” com o debate. “Satisfeito porque o Parlamento tem a obrigação de representar o interesse da população, o interesse dos eleitores e o interesse daqueles que são os destinatários da nossa ação. E escrutinar as decisões políticas e o funcionamento da administração é um dos principais objetivos de um Parlamento. Por isso, creio que não merece sequer resposta dizer que este é um debate menor. E daí eu estou atónito. Estou atónito pela desvalorização que muitos grupos parlamentares aqui fizeram do debate sobre a tragédia que aconteceu. E atónito com aqueles que teimam em querer desviar as atenções das respostas que o país exige para debater a reforma da floresta e querer intoxicar o debate de maneira a que não se responda ao essencial”.
Recordando que morreram 64 pessoas e que há mais de 200 pessoas que estão feridas, algo que “nunca aconteceu até hoje”, o líder parlamentar do PSD enfatizou que “temos a obrigação de dizer ao povo o que é que falhou, mas temos uma obrigação maior: tranquilizar o povo português e devolver-lhe a confiança”.
De seguida, o social-democrata afirmou que houve uma grande descoordenação, “que ainda há hoje”, com contradições entre as entidades e frisou que “hoje há um governo que tem de assumir responsabilidades e que há grupos parlamentares que apoiam esse governo que também têm de assumir as suas responsabilidades”.
A terminar, Luís Montenegro declarou que os partidos que apoiam o governo têm de ter respeito pela opção de PSD de não silenciar esta situação, de dar tranquilidade às pessoas e de instar o governo, pois impõem-se que haja decisões, que haja respostas e impõem-se que as pessoas possam retomar uma ideia de normalidade.

29-06-2017 Partilhar Recomendar
07-06-2018
Incêndios: PSD questiona o governo sobre reconstrução das casas destruídas
    Os sociais-democratas querem saber qual o ponto de situação da reconstrução das casas de primeira habitação.
17-05-2018
Incêndios: PSD exige saber como serão distribuídas as verbas do Fundo de Solidariedade da UE
    Os deputados do PSD eleitos por Santarém entregaram no Parlamento uma pergunta dirigida ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas.
09-05-2018
"Por que razão o PS demorou mais de três anos a demarcar-se de José Sócrates?"
    Fernando Negrão levou o “Caso Sócrates” ao debate com o Primeiro-Ministro, onde também desafiou António Costa a responder se o País está preparado para os incêndios.
02-05-2018
Carlos Peixoto: “os portugueses têm o direito de saber o que se passou no dia dos incêndios de Pedrógão”
    Perante as notícias de que foram destruídos documentos sobre o incêndio de Pedrógão Grande, o social-democrata solicitou ao governo a divulgação do relatório.
13-04-2018
Maurício Marques exige ao que governo apoie os pequenos agricultores afetados pelos incêndios
    O deputado defendeu a abertura de uma nova fase de candidaturas para apoiar os “lesados pela incompetência do governo”.
13-04-2018
“Estamos a um mês da época de incêndios e ninguém sabe quais são os meios operacionais disponíveis”
    Duarte Marques alerta que, mais uma vez, “está tudo atrasado”.
13-04-2018
Prevenção de incêndios: PSD pede ao governo que seja mais expedito e menos panfletário
    Carlos Peixoto sublinhou que os sociais-democratas não vão descansar enquanto não assegurarem que as populações estão muito mais seguras do que estiveram em 2017.
10-04-2018
Incêndios: PSD acusa o governo de discriminação na distribuição de apoios
    Os sociais-democratas contestam a opção do governo de distribuir de forma diferenciada os apoios aos concelhos afetados pelos incêndios.
05-04-2018
Cultura: governo não honrou a palavra dada
    Fernando Negrão saudou os agentes culturais por terem desencadeado a maior onda de contestação na Cultura das últimas décadas.
04-04-2018
Incêndios: “temos hoje um país sem meios e sem uma estratégia sustentável para combater os fogos”
    Nuno Serra lamenta que “o Governo continue fechado na sua propaganda, desprezando qualquer conselho ou proposta da oposição”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas